Diego Ivo
Diego Ivo

O Clube do Remo continua ativo no mercado da bola e segue na busca por contratações para a temporada 2023. Até o momento, 4 novos atletas já foram confirmados no Leão, dentre os quais, o zagueiro Diego Ivo, de 33 anos, que causou surpresa entre os azulinos.

Se o técnico Marcelo Cabo – que indicou a contratação – o vê como segurança e proteção ao setor defensivo, para boa parte dos torcedores, ele ficou marcado pelo grande número de lesões.

Após ser anunciado no último final de semana, logo veio à tona a recente passagem do zagueiro pelo Paysandu, entre os anos de 2017 e 2018. Embora tenha jogado 60 partidas pelo time bicolor e marcado 7 gols, no qual ficou notabilizado com boas atuações na equipe, principalmente no Parazão, Copa Verde e na Série B, durante o segundo ano no clube, especulou-se a existência de um problema físico crônico.

Porém, essa informação nunca foi confirmada. Para que qualquer contratação seja anunciada, é preciso que se tenha rigorosa análise médica no atleta e no Remo isso não é diferente.

“A partir da avaliação, não só do Diego Ivo, mas de qualquer atleta, se a gente encontrar alguma alteração, isso é discutido com o atleta, com a comissão técnica e também com o presidente do clube, para definir qual vai ser a conduta”, destacou o chefe do Departamento Médico azulino, doutor Jean Klay.

Em abril de 2021, já atuando pelo CRB (AL) com o técnico Marcelo Cabo, Diego Ivo sofreu uma ruptura no tendão patelar associada a uma lesão do retináculo medial, que fez o atleta até mesmo pensar que não poderia mais voltar a jogar profissionalmente.

Após um período de recuperação no local do procedimento cirúrgico que precisou ser realizado, o zagueiro teve uma surpreendente recuperação e, na temporada 2022, terminou a disputa da Série B como titular absoluto na equipe alagoana.

“Qualquer atleta que chega no Remo, passa por uma bateria de exames. O protocolo do atleta Diego Ivo segue o mesmo de todos os demais atletas, ou seja, avaliação. Claro, com um atleta que já tem histórico de lesão, isso é um fator a mais que a gente leva em consideração na avaliação, mas basicamente, o protocolo é o mesmo, independente de quem seja”, finalizou o médico.

Diário Online, 17/11/2022

2 COMENTÁRIOS

  1. O Senhor o técnico indicou então tá indicado, ele é o profissional., é responsável e tem competência, cabe portanto, a nós torcedores dar um voto de confiança e aguardar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor informe seu comentário!
Por favor informe seu nome aqui