CBF
CBF

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou na noite desta quarta-feira (21/09), o calendário de competições para 2023.

A pré-temporada dos clubes vai começar no dia 14/12 deste ano, antes da final da Copa do Mundo do Catar, sendo finalizada no dia 14/01.

Primeira competição oficial do calendário brasileiro, os Estaduais terão início no dia 15/01. A tendência é que o Parazão inicie entre o dia 14/01 e 15/01, com a final prevista para o dia 09/04. Ao todo, a CBF reservou 16 datas para os jogos das competições estaduais.

Durante a disputa do Campeonato Paraense, Remo, Paysandu e Tuna vão jogar a 1ª fase da Copa do Brasil a partir do dia 22/02. A novidade para 2023 é que as finais da competição serão disputadas aos domingos.

O Campeonato Brasileiro terão início na segunda quinzena de abril. Com 38 datas reservadas, as Séries A e B vão começar no final de semana de 15 e 16/04, terminando, respectivamente, nos dias 03/12 e 25/11.

Com Remo e Paysandu na disputa, a Série C do Brasileirão terá início no dia 23/04. Com 27 datas reservadas, mantendo o atual formato de disputa, a competição será finalizada no dia 12/11.

A Série D de 2023 terá Tuna e Águia de Marabá como representantes paraenses, que vão iniciar a briga pelo acesso no dia 30/04. A final da será no dia 29/10.

Confira o calendário completo:

Pré-Temporada – 14/12/2022 a 14/01/2023 (31 dias)
Estaduais – 15/01 a 09/04 (16 datas)
Supercopa do Brasil – 28/01 (01 data)
Copa do Brasil – 22/02 a 23/09 (14 datas)
Série A – 16/04 a 03/12 (38 datas)
Série B – 15/04 a 25/11 (38 datas)
Série C – 23/04 a 12/11 (27 datas)
Série D – 30/04 a 29/10 (24 datas)

A CBF vai divulgar em outubro as datas da Copa Verde 2023. O calendário oficial de competição do próximo ano ainda não consta o período em que vai acontecer o torneio que reúne clubes das regiões Norte e Centro-Oeste e do Espírito Santo. A Copa do Nordeste também ainda está sem período definido para acontecer.

Entre as Federações que disputam a Copa Verde, o desejo é para que a competição aconteça no primeiro semestre. No início deste mês, o presidente da Federação Paraense de Futebol (FPF), Ricardo Gluck Paul, revelou que foi feito um acordo com a CBF para que o torneio seja mantido, a partir de 2023, no início da temporada do futebol brasileiro.

“Precisamos que o campeonato seja no primeiro semestre e foi esse o entendimento da CBF e dos 12 presidentes de Federações. Colocar o campeonato de 2022 em 2022, para que o de 2023 venha para o primeiro semestre”, disse.

“Diria que foi quase uma condição (que a Copa Verde seja no primeiro semestre de 2023). Foi feito tudo isso para que o próximo ano seja no primeiro semestre. É uma Copa que acredito muito. O presidente Ednaldo (Rodrigues, da CBF) também tem carinho pelo campeonato, quer fazer com que aconteça melhor. Precisamos nos unir para fortalecer o campeonato”, completou Gluck Paul.

A tendência é que a Copa Verde 2023 seja realizada entre a reta final dos Estaduais e o início do Brasileirão, permitindo que as equipes possam disputar com suas equipes principais e já com ritmo de jogo.

Neste ano, a Copa Verde será disputada entre os dias 25/10 e 15/11. Das 24 equipes com direito de participar da competição, somente 17 confirmaram presença e estarão na briga pelo título de 2022. Remo, Manaus (AM) e Atlético (GO) foram algumas das equipes que abriram mão de suas participações no torneio deste ano.

Roma News, 22/09/2022

4 COMENTÁRIOS

  1. Tudo jogada desse ex presidente da mucura e agora da FPF… Tirando proveito da eliminação precoce do Remo…mais ele não contava que o timinho dele tb fosse eliminado alguns jogos depois…kkķkkk…agora vai ficar mais de 40 dias pagando salário para o plantel da mucura sem jogar…cobra dele presidente Estinger.

  2. O Remo não deveria participar dessa mísera CV enquanto for essa patifaria da CBF.

    Essa CV é um limbo, não passa de um caça níquel que a CBF implementou para calar a boca de clubes nanicos, um torneizinho que não agrega nada a história do Clube do Remo.

    O Remo tem condições de faturar mais de 2 milhões passando de fases na CB, é muito mais negócios do que investir em uma CV desprezível da CBF.

  3. O pior de tudo é que teremos a mesma fórmula na serie C, portanto como ficamos em 12o, dos 19 jogos, faremos 10 fora de casa e 9 em casa, e destes em casa, ainda tem o risco de ser o Re x Pa, o que é clássico e, portanto, será me Belém mesmo, sem vantagem para nenhum lado. Resumindo, o formato imbecil proposto pelo Remo para a série C de 2022, pensando em ter vantagem, acabou prejudicando e muito o clube para 2023. ë por essas e outros que o FB deve apenas administrar o clube e deixar o futebol para pessoas que entendam do esporte.

Comentários