Nei Pandolfo
Nei Pandolfo

A contratação do meia Soares, de 24 anos, que jogava a Série B pelo Sampaio Corrêa (MA), foi a última do Remo para a Série C. O prazo para inscrições na competição se encerrou nesta quarta-feira (03/08).

Após o anúncio, o executivo de futebol do Leão, Nei Pandolfo, falou sobre o encerramento do mercado de transferências para os azulinos. O dirigente contou um pouco da estratégia adotada para as contratações para esta reta final da Série C.

“O principal fator para as nossas contratações era (conseguir) atletas que estavam em atividade. Todos eles vinham jogando ou participando regularmente em seus ex-clubes. Os atletas que estão chegando já estão prontos para nos ajudar. A comissão técnica está fazendo seu trabalho como tem que ser feito e todos estão envolvidos para que a gente busque a classificação”, garantiu.

Além de Soares, o Remo anunciou nos últimos dias as contratações do goleiro Victor Lube, do zagueiro Wendel Lomar, do volante Pablo Roberto e do atacante Thiaguinho. Os reforços chegam para tentar manter a equipe dentro do G8 da Série C, restando 2 rodadas para o fim da fase classificatória.

O Leão volta a campo neste domingo (07/08), a partir das 17h, para enfrentar a Aparecidense (GO), no estádio Baenão. O jogo é válido pela 18ª rodada da Série C e terá transmissão ao vivo e exclusiva pela DAZN. Clique aqui para fazer sua assinatura agora e ganhe 30 dias grátis.

O Liberal.com, 03/08/2022

8 COMENTÁRIOS

  1. Soares deve estar vindo ganhando ouro, sair de série B para C, não foi pouca coisa.
    Agora a pergunta, pq tanta contratação errada? Jogadores para se recuperar, outro para cirurgia, outro que não jogava há 8 meses. Não seria mais fácil jogadores que fazem a diferença. Dou como exemplo o Vinícius leite do Avaí. Caia como uma luva nesse ataque.

      • Tem que ver se a proposta no início era boa. Jogador é quanto tá pagando. Se não trás no início por um valor menor, vai pagar mais caro, no final.

  2. Quer enganar quem com essa história de estratégia? O Pandolfo (gerente de futebol) e o Galvão (assessor de futebol) já deviam ter recebido bilhete azul pelos prejuízos ao Remo em contratação de um monte de estrelões caros, que vieram só para ganhar dinheiro do Remo.

  3. Obviamente, estamos todos na maior expectativa pela classificação. Mas a gestão tem de ser racional, além de passional. Remo 100%, sabes que tipo de contrato firmaram? Pq se em 10 dias estivermos fora, como ficam essas pendências trabalhistas?

  4. As contratações do goleiro Vitor Lube, do zagueiro Wendel Lomar, do volante Pablo Roberto e do atacante Tiaguinho, que se mostram necessários no elenco, infelizmente retratam os equívocos no planejamento e nas contratações que ocorreram durante o ano. Como multi vezes registrado nesse espaço por diversos torcedores, foi uma avalanche de contratações de jogadores sem compromisso com a instituição, de técnica incompatível com a história do clube, que receberam as benesses dos serviços de recuperação física e técnica que o Clube disponibilizou, mas que infelizmente não atenderam aos objetivos traçados. São erros contumazes do Remo, ano após ano se repetindo, que põe em dúvida a competência e seriedade dos gestores. Lamentável. Mas vamos acreditar no que possa vir. É o que nos resta.

Comentários