Igor Fernandes e Jefferson
Igor Fernandes e Jefferson

Nesta quarta-feira (24/11), contra o Manaus (AM), o jogo da habilitação para 2 clássicos Re-Pa na Copa Verde. No domingo (28/11), o jogo do ano para o Remo, contra o Confiança (SE), no fechamento da Série B. O Leão está com um olho lá e outro cá, nesta semana plena de emoções.

O time “mesclado”, mas com maioria titular, como Eduardo Baptista prefere, é plenamente capaz e tem um relativo favoritismo para avançar na Copa Verde.

O time amazonense, depois de muitas perdas, trouxe apenas 17 jogadores para Belém, mas vem muito determinado a se classificar. A decisão já testa os corações azulinos para o que virá no domingo (28/11), na jornada de torcer pelo Remo e, ao mesmo tempo, secar os concorrentes Londrina-PR (contra o Vasco-RJ) e Vitória-BA (contra o Vila Nova-GO).

Se o Leão vencer, estará livre do rebaixamento. Se empatar, vai precisar que o Londrina (PR) não ganhe do Vasco (RJ). Se perder, vai depender de empates ou derrotas do Londrina (PR) e do Vitória (BA).

O Confiança (SE), já rebaixado, além de Vasco (RJ) e Vila Nova (GO), ambos sem riscos de queda e sem chances de acesso, serão os fiéis da balança na decisão de rebaixamento na Série B. O trio vai entrar em campo com missão de honrar os interesses de terceiros e a própria dignidade. Fita métrica da ética em campo!

Suspensos

O Londrina (PR) vai ter 3 desfalques na última rodada. O zagueiro Marcondes, o lateral-direito Matheus Bianqui e o atacante Salatiel, todos suspensos pelo 3º cartão amarelo, não vão enfrentar o Vasco (RJ).

No Vitória (BA), quem está suspenso é o volante João Pedro. Por ter recebido um cartão vermelho, o jogador não enfrenta o Vila Nova (GO).

Ex-Remo

O lateral-esquerdo Dudu Mandai e o volante Júlio Rusch, atletas do Remo na temporada passada, voltam ao Baenão como adversários. Por conta de uma lesão que demorou para curar, Dudu fez apenas 11 jogos pelo Leão em uma temporada inteira, mas já atuou em 25 partidas pelo Manaus (AM).

Ao contrário, Júlio Rusch fez 23 jogos pelo Leão em 2020, mas tem somente 9 participações pelo time do Amazonas.

Luta

Clubes de futebol avançam na cruzada contra o racismo. Sete clubes da Série A (Bahia-BA, Bragantino-SP, Ceará-CE, Corinthians-SP, Cuiabá-MT, Internacional-RS e Palmeiras-SP) estão incluindo cláusulas nos seus contratos prevendo multa, suspensão e até demissão, por atos de injúria racial ou de racismo.

O exemplo vai ser seguido por outros clubes e seria importante que clubes paraenses também abraçassem a ideia. É importante que essa “patrulha” comportamental envolva também a questão da homofobia.

Coluna de Carlos Ferreira, O Liberal, 24/11/2021

3 COMENTÁRIOS

  1. Faço aqui meu comentário sobre a questão racismo, é de maneira inaceitável que as pessoas por falta de conhecimento da criação de Deus não conseguem entender que todas foram feitas pelo mesmo criador, e que todas são de maneira valorosas para o seu criador, Deus . O ser humano natural nenhum nesta terra é melhor do que outro diante de Deus, pois Deus enviou o seu filho unigênito para morrer e salvar a todos , todos os que creem no seu nome e se tornarem filhos de Deus, sendo de qualquer que seja a sua…..cor, raça, idioma ou nacionalidade.
    Quanto a homofobia tenho a diser algo, o homem hoje infelizmente deseja ser certas coisas que vai contra a natureza de Deus,,,,,, eu não tenho absolutamente nada contra escolhas de certos indivíduos, só não dou apoio nem concordo nas coisas que se opõem contra Deus é sua natureza , ENTÃO eu tento ser como foi JESUS amar o pecador porquê também SOU pescador, mas reprovar o pecado e que o criador Deus tenha missericodia de todos nós. 3×0 em cima do Manaus hoje.

    • Comentário infeliz de cunho homofóbico.

      Como o racismo, a homofobia mata, ambos são crimes, e é blasfêmia usar o nome de Deus para justificar o seu preconceito diante dos desígnios do Criador, muito além de dogmas religiosos criados por falsos profetas.

      O Grande Arquiteto do Universo com a sua imensa sabedoria nos dá a oportunidade de evolução espiritual na vida terrena sob as leis do Livre Arbítrio e da Causa e Efeito, portanto, fazer o mal contra um irmão (ex: o preconceito e o ódio) terá suas consequências com penalidades na vida terrena e principalmente da involução espiritual.

Comentários