Wallace
Wallace

O atacante Wallace se despediu do Remo nesta terça-feira (30/11), em uma publicação em sua conta pessoal no Instagram. Em fim de contrato, o jogador agradeceu pela oportunidade de defender o clube desde as categorias de base.

“Minha passagem pelo Clube do Remo chegou ao fim. Tenho um orgulho tremendo de ter vestido essa camisa por tanto tempo, de ter me tornado um admirador ainda maior desta instituição e de fazer parte da história desse grande clube”, escreveu.

“Nossos caminhos se separam neste momento, mas nem de longe será um adeus. Isto é apenas um até breve. Obrigado por tudo”, continuou Wallace.

Wallace comentou sobre a sua saída do clube de coração, afirmou estar triste, mas sem mágoas de ninguém no Leão.

“Cumpri o meu contrato até hoje (terça-feira). Não fui procurado por ninguém, pelo menos para tratar de renovação, até para extensão de contrato. Não sei como vai ficar a minha carreira, quero descansar alguns dias. Não fica nenhuma mágoa, passei 3 anos profissionalmente no clube. Estou lá desde 2015, fui artilheiro em todas as categorias. Gostaria de ficar. Infelizmente, as coisas não são como queremos, mas saio de cabeça erguida”, disse.

O jogador agradeceu ao Remo e a diretoria por ter realizado o sonho de se tornar jogador de futebol profissional e falou do carinho que possui pelo Leão.

“Tive altos e baixos dentro do clube, passei dificuldades desde a base, mas sempre lutei pelo meu espaço, sem passar por cima de ninguém. Agradeço aos funcionários, diretoria, que esteve ao meu lado. Tenho um carinho enorme pelo Remo e pelas pessoas que fazem o clube, como as meninas da cozinha, portaria, o staff, só agradecer por tudo. Minha carreira não acaba aqui”, falou.

Em 2018 Wallace foi emprestado ao Palmeiras (SP) após se destacar na Copa São Paulo pelo Remo. O jogador explicou que o Remo queria pagar algumas dívidas e que o atacante seria uma “moeda de troca”, mas o clube paulista exigia um vínculo maior, que os azulinos, na gestão de Manoel Ribeiro, não aceitaram.

“O Remo passava por um momento ruim. Tinha disputado uma Copa São Paulo e despertou interesse de alguns clubes e o Palmeiras (SP) foi um deles. O Remo não queria me liberar, entramos em um acordo que acabei indo e passei 3 meses, mas o Palmeiras (SP) queria um empréstimo igual ao do Hélio Borges, com um tempo maior. O Remo queria um valor para ser dessa forma, acabou que tive que retornar a Belém”, contou.

Wallace afirmou que o clima dentro do clube estava tranquilo, que não entende os motivos do baixo rendimento da equipe nos últimos jogos da Série B e confirmou que os salários estão em dia. O atacante também revelou o valor da premiação em caso de permanência.

“Estávamos confiantes na permanência do Remo na Série B. O clima estava bom, com a diretoria dando o apoio. Nunca faltou nada. Infelizmente, não foi como esperávamos. Tínhamos acertado o valor de R$ 250 mil no início da temporada e, agora, na reta final, mais R$ 250 mil, em caso de permanência”, finalizou.

Globo Esporte.com, 30/11/2021

7 COMENTÁRIOS

  1. Não dá pra acreditar , será que a imundície do Jeferson é mais jogador que o wallace?
    Vtnc diretoria amadora

    • Égua não tem cada um que vou te contar. Acabou o ciclo do cara não é mais o mesmo jogador que disputou a série c, ficava nítido quando wallace recebeu oportunidade em jogos pela série b mostrou pouco interesse em conquista seu espaço dnovo. O único jogo que ele demonstrou interesse foi no jogo contra o amador time do galvez. Então cara nesse ponto a diretoria acerta em não renovar fica melhor assim.

  2. Bom os críticos de plantão, lerem essa reportagem, pra lembrarem de como eram as antigas gestões no Remo.
    Valeu Wallace, as vezes precisamos de outros ares pra sermos mais felizes.
    Volte mais amadurecido e artilheiro!
    Obrigada pelo acesso a série B. Não esqueço aquele gol de cabeça contra o Manaus!

  3. Muitos jogadores sai do cenário por causa de empresários, me lembro quando o Wallace estava se destacando na serie C, o Remo queria prolongar o contrato dele por mas 3 anos, e o empresário dele preferiu so mas 1 ano, agora o Wallace não esta se destacando, porque a diretoria tem que renovar? O Remo está certo!

  4. Os jogadores da terra e da base nunca são valorizados. o Wallace joga mais que a maioria dos atacantes que rebaixaram o Remo. Sem contar que é novo e pode melhorar tecnicamente.
    Wallace vai brilhar em outro clube. Pode apostar! O Clube vai pagar caro por mais esse erro! É lamentável!
    Nunca se tem paciência com os garotos. Ontem no REPA mostraram mais uma vez que são mais úteis que os importados. E seus salários são bem menores que os ex jogadores que chegam as montes todo ano em Belém.

  5. Esse desinteresse por renovar com o Wallace, deve passar pela contusão no púbis, com um longo período de recuperação.
    Mesmo assim, imagino que seria interessante ter renovado com o atacante, seria útil para a temporada 22.

Comments are closed.