Volt é a nova fornecedora de material esportivo do Clube do Remo
Volt é a nova fornecedora de material esportivo do Clube do Remo

A nova parceria entre Remo e Volt, empresa fabricante do material esportivo do Leão no Campeonato Brasileiro, está gerando bons frutos.

Segundo o Diretor de Marketing do clube azulino, Renan Bezerra, mais de 10 mil camisas foram vendidas em menos de um mês após o lançamento do novo uniforme. O diretor atribuiu o sucesso da marca à melhora do clube na Série B e à nova política de sustentabilidade que existe no material.

“A gente tem tentado posicionar o clube no mercado. Estamos muito felizes com o resultado. Para um primeiro lançamento, está sendo muito positivo”, disse.

Sobre o dinheiro arrecadado com a venda das camisas, Renan explicou que ajuda a compensar os déficits causados pela ausência de bilheteria. Além disso, ele ressalta que o clube possui projetos e que eles devem ser elencados, de acordo com a prioridade. O diretor ainda revela que, no próximo mês, um novo plano, visando a estruturação do clube, será anunciado.

“O clube tem um projeto grandioso, que é a questão do CT. Vamos lançar no final de setembro outro projeto muito importante, que está sendo estudado desde o final de 2019. Tudo ainda é uma surpresa, mas será anunciado em breve. Os projetos são grandes, visando a estruturação pro futuro”, explicou.

De acordo com o diretor, o retorno da torcida tem sido mais surpreendente devido ao contexto da pandemia. O Brasil ainda segue com uma grave recessão econômica, devido às medidas restritivas impostas pelo vírus. Segundo o IBGE, 14,7% dos brasileiros estão desempregados.

“A gente conhece a nossa torcida e esperávamos um bom resultado. Inclusive, ‘vendemos’ essa situação para o nosso parceiro. Dentro desse contexto da Covid-19, a aceitação da forma que está sendo é algo bastante positivo”, avaliou.

A próxima partida do Remo pela Série B será na próxima terça-feira (10/08) contra o Goiás (GO), fora de casa. A partida começa a partir das 21h30, no estádio Hailé Pinheiro, na capital goiana.

O Liberal.com, 07/08/2021

14 COMENTÁRIOS

  1. Muito bom, só tem um problema, se o carro chefe não ajudar, o time, logo logo isto vai se perder, o amor sucumbi quando a barriga constantemente doei.

  2. Eu já comprei a minha, e irei continuar contribuindo no que for necessário, pois o CLUBE do meu coração não pode ser penalizado pela incompetência de um time de futebol, não irei descarregar o meu descontentamento e criticas pelo mau desempenho até aqui. Fica o meu registro aqui.

  3. Assim como a venda das máscaras foi um sucesso. Pensem naquelas bandeirinhas pra carros. A torcida que ostentar produtos com a marca do clube.
    Façam ações de marketing. Levem uma caravana de torcedores pra assistir a um treino no CT.
    Mesmo com a pandemia, é possível. Com todos usando devidamente as máscaras. O maior patrimônio do clube é o torcedor.

  4. Ora camisa!!

    Eu quero é Títulos e vitórias…

    Fomos dominados pelo time de operários do operário.

  5. Se continuar jogando como jogou contra o Operário, adeus planejamento, pois na série C os recursos nos já sabemos que são escassos. ACORDA DIRETORIA!. Investindo em 3 boas peças para o elenco há tempo de entrosarem e nos mantermos na B.

  6. Certamente o Clube do Remo é o maior parceiro da marca VOLT.

    Assim sendo, a parceria tem que beneficiar os dois lados, igualmente.

    O FENÔMENO AZUL fará sua parte, não há dúvidas.

  7. Vou falar uma coisa: o que essa torcida do Remo compra de camisa, não é fácil meus amigos. Pra vocês terem uma ideia estou tentando comprar e não consigo. Agora vou fazer aquela pergunta que muitos não gostam de ouvir: Qual o lucro do remo com as vendas?

    • Por força de contrato, os percentuais não foram revelados, mas a diretoria garante que é muito maior que os valores repassados pela Kappa, que era de 34,9% do líquido.
      A única informação repassada sobre a Volt é que o repasse é em cima do valor bruto, isto é, em cima do valor da etiqueta de preço que está na loja.

  8. Departamento de marketing mt parado, vcs deviam vender ingressos virtuais com sorteio de algo pra atrair. Se esforcem mais, ñ adianta só pedir dinheiro, tem que retribuir também.

  9. Só falta os jogadores levarem mas a sério a série B, cada jogo e como fosse uma final….

  10. Mesmo com a derrota para o Operário na sexta-feira, comprei uma para dar de presente ao meu pai. Mas o time tem que melhorar muito, jogo ridículo. Espero que seja o suficiente para ao menos nos manter na B sem sustos, estar sempre no mínimo a 06 pts da zona. Quanto a notícia, considerando o valor de R$ 229,90 a unidade. O bruto arrecadado em 1 mês chega ao montante de R$ 2 MILHÕES E 300 MIL aproximadamente. Considerando, por baixo, que o Remo fique com 10% do bruto, dá uns 230 mil reais, o que ajuda bastante no pagamento da folha. Agora, uma dúvida que eu tenho é, em quanto está atualmente a folha salarial do Remo?

Comments are closed.