Remo 3×0 Manaus-AM (Matheus Oliveira, Neto Pessoa e Neto Moura)
Remo 3×0 Manaus-AM (Matheus Oliveira, Neto Pessoa e Neto Moura)

O Remo goleou o Manaus (AM) por 3 a 0, na noite desta quarta-feira (24/11), no Baenão, pelo jogo de volta das quartas-de-final da Copa Verde. Os gols foram marcados por Neto Pessoa (2 vezes) e Erick Flores. Como o primeiro duelo terminou empatado em 1 a 1, o Leão ficou com a vaga na próxima fase, onde vai encarar o Paysandu, no clássico Re-Pa.

O Remo veio com algumas mudanças e os retornos do atacante Lucas Tocantins e do meia Felipe Gedoz, que teve participação nos 2 primeiros gols azulinos.

Aos 33 minutos, o meia cobrou falta na área, Neto Pessoa subiu mais alto que a defesa, cabeceou para o gol e abriu o placar.

A noite artilheira de Neto Pessoa teve continuidade aos 42 minutos, em nova jogada aérea. Desta vez, foi o atacante que retribuiu o cruzamento na área para Felipe Gedoz, que não alcançou a bola, que passou direto e surpreendeu o goleiro amazonense, indo morrer no fundo das redes.

No segundo tempo, foi a vez do Manaus (AM) tentar ensaiar uma pressão, nas bolas paradas, mas quando o Remo precisou, o goleiro Vinícius apareceu, com boas defesas.

Apesar das tentativas do adversário, foi o Leão que marcou mais uma vez e “matou” a partida, aos 28 minutos. Jefferson tabelou com Neto Pessoa na entrada da área e chutou para a defesa do goleiro Gleibson. O rebote sobrou para Erick Flores que, sem ninguém à frente, só empurrou para fechar o placar em 3 a 0.

Com a classificação garantida, agora o Remo foca na Série B do Brasileirão. No domingo (28/11), às 16h, o Leão recebe o Confiança (SE), pela 38ª rodada da competição. A equipe azulina depende apenas de si para confirmar sua a permanência na edição 2022 da competição.

O Liberal.com, 24/11/2021

2 COMENTÁRIOS

  1. A partida serviu para da uma confiança a mas aos jogadores,estavam precisando disso, vencer! Estavam jogando bem as outras partidas, mas o resultado positivo não vinha. Por incrível que pareça acho que o melhor jogador do Remo na partida foi o L. Siqueira, calando a boca dos críticos, inclusive a minha.

Comentários