CSA-AL 1(5)×(6)1 Remo (Lucas Siqueira e Dioguinho)
CSA-AL 1(5)×(6)1 Remo (Lucas Siqueira e Dioguinho)

O Clube do Remo está na 3ª fase da Copa do Brasil!

Na noite desta terça-feira (13/04), o Leão visitou o CSA (AL), no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). No tempo normal, os donos da casa saíram na frente com Dellatorre e os azulinos empataram com um gol de Anderson Uchôa. A decisão foi para os pênaltis e os paraenses acertaram todas as cobranças. Nas alternadas, Vitor Costa perdeu para os alagoanos.

Paulo Bonamigo escalou o Leão com força máxima para enfrentar o CSA (AL) fora de casa e começou pressionando no ataque! Logo aos 4 minutos, Dioguinho recebeu a bola e lançou na área adversária. Norberto errou o corte e a bola sobrou para Lucas Tocantins, que ajeitou e bateu forte, raspando a trave esquerda de Darley.

Aos 17 minutos, o Leão teve mais uma chance de abrir o placar. Dioguinho avançou até a entrada da área do CSA (AL) e bateu forte de perna esquerda, obrigando o goleiro Darley a fazer boa defesa.

O Leão era melhor no jogo e tinha as finalizações mais perigosas. Em mais uma jogada ofensiva azulina, Lucas Siqueira lançou Marlon na esquerda. O lateral foi na linha de fundo, cruzou para trás e Felipe Gedoz chegou batendo para mais uma bela defesa do arqueiro adversário.

Porém, quem não faz, leva. Aos 35 minutos, Dellatorre foi lançado na área do Remo nas costas do zagueiro Fredson, tirou do goleiro Vinícius e chutou para o gol, abrindo o placar para os alagoanos.

Precisando do empate para levar a decisão para os pênaltis, o Remo continuou bem na partida, com as melhores chances de gol, mas quase levou mais um com Marco Túlio, que soltou a bomba de longa distância, obrigando Vinícius a fazer uma grande defesa.

Aos 28 minutos do segundo tempo, o empate veio com Anderson Uchôa, que arriscou de muito longe, a bola quicou na frente de Darley, o goleiro do CSA (AL) falhou e a bola morreu no fundo da rede.

Em mais uma jogada ofensiva, Edson Cariús recebeu, arriscou da entrada da área do CSA (AL), a bola desviou em Matheus Felipe e passou raspando o poste direito de Darley, quase resultando na virada do Leão.

O Remo pressionava o CSA (AL) em busca do segundo gol, que selaria a classificação para a 3ª fase, quando os alagoanos ficaram com um jogador a menos. Em um lance de ataque remista, o volante Geovane tentou proteger a bola e acabou exagerando, acertando o braço no rosto de Lucas Siqueira.

Em desvantagem numérica, o time da casa passou a jogar recuado, tentando segurar o resultado. Acabou conseguindo e o jogo terminou empatado, levando a decisão da vaga na 3ª fase para os pênaltis.

O Leão acertou todas as cobranças. Edson Cariús, Renan Oliveira, Marlon, Rafael Jansen e Felipe Gedoz marcaram. Nas cobranças alternadas, Wallace marcou para o Leão e Vitor Costa isolou para o CSA (AL).

Com a classificação, o Remo embolsou R$ 1,7 milhão como premiação. O próximo adversário dos azulinos será definido em sorteio entre os classificados desta fase, somados às entradas dos times da Libertadores e os campeões da Série B, Copa Verde e Copa do Nordeste.

O Remo volta a campo no próximo domingo (18/04), diante do Águia de Marabá, no estádio Zinho Oliveira, em Marabá, pelo Campeonato Paraense.

Roma News, 13/04/2021

12 COMENTÁRIOS

  1. Tem muito tempo que não vejo o Remo entrando em campo com uma postura tão dominante como agora. Os jogadores dão entrevistas antes das partidas prometendo atacar e quando a bola rola, de fato, atacam e muito. Na Curuzu, o Leão jogou tranquilo e goleou. No Rei Pelé, dominou a partida contra um CSA que quase se classificou para a série A recentemente. Tudo isso pode até parecer, mas não é só vontade. É planejamento, organização. A vitória começa de fora para dentro das quatro linhas. Em anos anteriores a torcida cobrava garra, mas os jogadores não tinham qualidade e os salários viviam atrasados. Que o Leão continue valente!

  2. O Remo fez uma grande partida contra o CSA, o time foi muito competitivo como deve ser em toda série B, inclusive merecia sair com a vitória no tempo normal.

    O setor ofensivo do Remo criou várias oportunidades, poderia ter feito mais gols. O setor defensivo foi bem mais seguro, a única falha foi no gol do CSA devido a saída vacilante do Vinícius.

    Tocantins, Dioguinho e Sequeira novamente foram destaques positivos.

    Destaque especial ao Uchôa, que foi muito combativo dando a segurança aos zagueiros, no final foi premiado com o gol importantíssimo, ele mostrou o seu futebol no momento certo.

    Craque do jogo Gedoz, comandou o time em campo, honrou o manto e jogou pelo Fenômeno Azul.

    Bonamigo foi brilhante no esquema montado, nas suas escolhas e na liderança do time.

  3. Feliz em ver a evolução do leão!!! Se continuar assim vamos fazer uma excelente série B. Eu acredito!!!

  4. No final das contas aquele pênalti perdido pelo Wellington Silva contra o Brasiliense acabou sendo uma boa em termos financeiros pro REMO:
    o Remo já havia ganhado R$ 560 para disputar a 1ª fase e depois recebeu outros R$ 675 mil por jogar a 2ª fase. Ou seja, até agora o time recebeu premiação total de R$ 2,93 milhões.
    O Brasiliense por jogar apenas a 3ª Fase da CB vai receber 1,7 milhão.
    Ou seja, o penlati perdido do Wellington Silva nos rendeu R$ 1.230.000 (apesar de perdermos um título) mas nessa reconstrução do trabalho pra série B, vale mais esse milhão na conta.

    • Eu acho que a conta não é bem assim, mas não posso afirmar, não pesquisei. Mas acho que quem entra na terceira fase com uma classificação antecipada, não ganha os mesmo valores daqueles de quem jogou outras fases. Tu achas que os times grandes de séria A vão ganhar 1mi e 700? Acho que não. O que sabes Remo 100%?

        • Eu vi, pesquisei, é “só” 1,700 mi. Nas duas primeiras fases alguns times ganham mais porque pertencem ao grupo 1 e 2, o Remo é do 3. Tem time que já pode chegar nessa fase com mais dinheiro, acho que foi isso que eu vi no passado e me confundi. Obrigada.

          • Exato. A CBF prioriza os clubes da Série A com uma cota maior nas 2 primeiras fases, depois tem um grupo intermediário e só depois vem o grupão, com a menor cota. A partir da 3ª fase, todos ganham a mesma coisa.

      • A conta é exatamente essa. No caso das cotas que “seriam” do Brasiliense se ele fosse jogar a primeira fase (e eventualmente a segunda caso passasse) foram redirecionadas para o Real Brasília (time do DF que herdou a vaga com a classificação do Brasiliense direto para a 3ª Fase).
        O Real Brasília recebeu somente a cota da primeira fase, pois foi logo eliminado.

    • Perfeito André Valente, quando o objetivo zerar dívidas e reconstrução do clube é oportuno e fundamental obter a maior receita possível.

Comments are closed.