Remo vence Cruzeiro-MG com golaço de Victor Andrade

14
826
Remo 1×0 Cruzeiro-MG (Erick Flores, Victor Andrade e Igor Fernandes)
Remo 1×0 Cruzeiro-MG (Erick Flores, Victor Andrade e Igor Fernandes)

O Clube do Remo conquistou sua 3ª vitória seguida na Série B do Campeonato Brasileiro ao vencer o Cruzeiro (MG) por 1 a 0 na noite desta terça-feira (20/07), no Baenão, em Belém. O gol, ou melhor, o golaço da partida, foi marcado pelo camisa 9 azulino, Victor Andrade.

O Leão não teve problemas para garantir mais 3 pontos, mesmo tendo recuado após o gol, ainda no primeiro tempo. O time mineiro não ofereceu perigo e ainda ficou com um jogador a menos aos 24 minutos da etapa final, o que dificultou ainda mais as coisas. Felipe Gedoz teve as melhores chances para matar o jogo, mas não conseguiu marcar.

Os 45 minutos iniciais foram bem faltosos. Remo e Cruzeiro (MG) fizeram 25 faltas, sendo os visitantes os mais imprudentes, com 14 ao todo. No mais, a partida foi, de certo modo, equilibrada, com os azulinos sendo melhores até o momento do golaço de Victor Andrade, que acertou um voleio, mandando a bola no ângulo esquerdo do goleiro Fábio.

Na jogada do gol, o próprio camisa 9 remista aproveitou saída errada do rival e tocou para Felipe Gedoz que dominou, girou e lançou nas costas do lateral-esquerdo Jean Victor para Thiago Ennes, que fez um belo cruzamento para os azulinos abrirem o placar no Baenão.

Com o gol, os mineiros chegaram aos 23 gols sofridos nesta edição de Série B do Brasileirão, sendo a defesa mais vazada da competição. Além disso, não deram nenhum chute ao gol na primeira etapa.

O Cruzeiro (MG) se mandou para o ataque, mas faltava criatividade. O Remo se defendia sem problemas e conseguiu duas boas oportunidades com Felipe Gedoz, que mandou ambas para fora.

As coisas se complicaram mais ainda para a Raposa aos 24 minutos, quando o volante Matheus Barbosa tomou um chapéu do camisa 10 azulino, fez falta e recebeu o segundo cartão amarelo, sendo expulso.

O jogo foi se desenhando para o final e nada acontecia. O Cruzeiro (MG) seguia sem criatividade, tentando uma pressão, mas sem sucesso. Os remistas aguardavam e tentavam um contra-ataque.

Aos 39 minutos, em troca de passes entre Felipe Gedoz e Wellington Silva, Fábio fez uma grande defesa e evitou que Gedoz ampliasse o placar.

Com o resultado, o Leão pulou para a 11ª colocação na classificação com 16 pontos, enquanto que a Raposa permanece em 16º lugar, com 11 somados, podendo terminar a rodada na zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, o Remo vai até o interior do Paraná, onde irá enfrentar o lanterna Londrina (PR), no estádio do Café, nesta sexta-feira (23/07), a partir das 16h, valendo pela 14ª rodada da Série B.

Diário Online, 20/07/2021

14 COMENTÁRIOS

  1. O Remo no primeiro tempo joga pra cima, e muito bem, só que no segundo tempo, não dá para entender, deixa o adversário dominar um bom tempo do jogo, eu acho que deveria jogar pra cima, assim põe respeito e medo ao adversário. Mas parabéns ao grande Remo, mostrando que tem condições de estar mais acima da tabela, e dá orgulho ver jogar.

  2. Mais 3 pontos na conta, acho que sexta-feira da pra trazer mais 3 pontos e se afastar de vez do Z4, só uma observação ao Felipe Conceição, mexeu errado o remo estava precisando de um jogador rápido para puxar contra-ataque e Lucas Tocantis seria esse jogador e não o Wellington, fora isso controlamos o jogo. Pra cima LEÃO!

  3. Um gol desse precisa ser muito comemorado, os outros jogadores precisam ir lá parabenizar o autor, afinal, não é todo dia que se faz um gol assim. Mesmo o autor dizendo que não interessa se o gol é feio ou bonito, mas é legal extravasar.

  4. Já foram três vitórias consecutivas (Brusque, P.Preta e, Cruzeiro) e, há mais quatro potenciais na sequência; Londrina, Avaí (atrasada), CSA e, Operário.

    Caso obtenha exito na empreitada, o LEÃO AZUL dará um salto gigantesco na tábua de classificação.

  5. Vitória categórica do Remo jogando bonito, com os jogadores muito guerreiros e obedientes no inteligente esquema tático do Felipe Conceição. O placar poderia ter sido uns 3×0.

    O setor defensivo foi muito seguro com os zagueiros jogando bem protegidos pelos volantes, sem quase dar chances ao adversário, o Vinícius foi mais expectador. O meio de campo muito bem posicionado, marcando e nos toques rápidos aos contra-ataques. Faltou só capricho nas finalizações ao gol do Fábio.

    Maiores destaques: ROMÉRCIO como um cherifão ganhou todas; UCHÔA seguro na proteção da zaga. ERICK FLORES estava em toda parte do campo, habilidoso, veloz e garçom. GEDOZ novamente brilhou na armação, sempre perigoso como falso 9. VITOR ANDRADE muito habilidoso, agudo, fez um gol de pintura em bela triangulação com o Gedoz e Ennes.

    Craque do jogo ENNES, sempre vibrante, ganhou todas as disputas defensivas, efetivo nas jogadas pela ponta e foi dele o cruzamento do golaço do Vitor Andrade.

    Acredito que o golaço do Vitor Andrade é o mais bonito da série B até o momento, principalmente pela jogado como um todo.

    Obrigado Nossa Senhora de Nazaré pela proteção e por mais essa vitória do querido Clube do Remo!

    • O Tiago Ennes não cruza, ele dá passe pra gol. Lembro do Mazinho lateral direito. Hoje em dia é raro jogador assim, eu gostava do Ricardo Luz porque ele dava assistência, mas mais dentro da área, no fundo e rasteira. Mas o Tiago Ennes me conquistou e já estou até chata de elogiá-lo.

  6. O Leao esta dando um show na marcacao. Esse ja era o ponto forte com o Bonamigo, mas o Felipe Conceicao ainda conseguiu aperfeicoar.
    Esta muito dificil entrar na defesa do Remo, tanto pelo meio, quanto pelas laterais. O Uchoa esta perfeito na marcacao no meio e os dois laterais marcam demais.
    Bom demais ver o Remo jogando bem, defendendo, tocando bola e atacando com naturalidade e velocidade.

    • So que na epoca do Bonamigo o Uchoa não marcava ninguem, tanto no paraense quanto na serie b, agora ele sabe se posicionar e sem fazer falta (que ele quando tentava marcar na epoca do Bonamigo fazia), ele se antecipa e dá o bote na bola. Prova-se que não precisa de um jogador como o Capanema ou Ilailson que batiam muito (só como exemplo), basta o jogador se posionar bem, mesmo sendo baixinho, veste a camisa 5 como veste o Kanté (guardadas as proporções), que dá um show nessa posição.

  7. Vamos trazer mais 3 pontos de londrina;essa e a hora de compensar os empates/derrotas dentro de casa!!!

Comments are closed.