Vila Nova-GO 5×1 Remo (Vinícius e Julio Rusch)
Vila Nova-GO 5×1 Remo (Vinícius e Julio Rusch)

Pela primeira partida da final da Série C, Vila Nova (GO) e Remo mediram forças no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia (GO). Além do troféu de campeão da competição, a partida serviu como tira-teima no confronto entre as equipes, que na primeira fase da competição não passaram de dois empates sem gols.

Em um ritmo frenético, o Remo precisou de apenas 9 minutos para abrir o placar. Felipe Gedoz cobrou escanteio aberto e Gilberto Alemão subiu mais que a defesa goiana para abrir o placar, de cabeça.

Apesar do gol, o Remo caiu de produção logo em seguida. Com mais posse de bola, o Vila passou a pressionar a área azulina em busca do empate, que veio aos 25 minutos.

Celsinho cobrou escanteio e após a bola desviar em Fredson, sobrou para Talles dominar e bater no canto, deixando tudo igual.

A reação do time da casa não parou e, aos 36 minutos, em mais uma bobeira da zaga azulina, Talles recebeu livre na entrada da área e bateu de primeira, no canto, virando o placar.

Nos minutos finais do primeiro tempo, Lucas Siqueira derrubou Alan Mineiro na entrada da área. Ele mesmo foi para a cobrança e colocou a bola no ângulo, ampliando o placar.

O segundo tempo seguiu o que aconteceu no primeiro. Enquanto o Vila Nova (GO) buscava o jogo, o Remo não conseguia sair do campo de defesa.

Aos 10 minutos, o Vila ampliou o marcador com Henan, que foi lançado em profundidade e tocou por cobertura, na saída de Vinícius: 4 a 1.

Aos 24 minutos, o 5º gol dos goianos. Celsinho trouxe para o meio e bateu cruzado. De cabeça, Henan desviou a trajetória da bola e marcou o último gol da partida.

No próximo sábado (30/01), as equipes voltam a se encontrar. Desta vez o duelo será no Mangueirão, em Belém, às 17h. O Vila Nova (GO) pode até perder por 3 gols de diferença que ainda assim será tricampeão da Série C. Para o Remo, só resta vencer por 4 gols para, pelo menos, levar a decisão para os pênaltis.

O jogo é válido pela partida de volta da final da Série C e terá transmissão ao vivo e exclusiva pela DAZN. Clique aqui para fazer sua assinatura agora e ganhe 30 dias grátis.

Roma News, 23/01/2021

30 COMENTÁRIOS

  1. Não tem desculpa. Faltou vontade do Eduardo Ramos e do Gedoz, principalmente. Por serem considerados craques tinham que chamar a responsabilidade pra eles. Vergonhoso

  2. Infelizmente o resultado não foi que imaginamos, mais o objetivo final, já conseguimos, o que vier é lucro. Valeu Leão, a serie B é nossa.

    • Nossa que visao merda desse torcedor o que vier e lucro kkkkkkk desse jeito vai ser so bater e voltar egua meu Deus.

  3. Muita vergonha assistir o jogo onde não se via nenhuma garra ou vontade dos JOGADORES…pareciam que estavam satisfeitos!!! Será que nem treinando os que estavam bem fisicamente não poderiam suportar a pressão??? Muitos que jogaram nem se esforçaram e isso serve para avaliação final assim que acabar o campeonato…mandar pelo menos uns 7 jogadores embora e contratar jogadores com mais garra…atitude e disposição!!!!

  4. A estratégia foi errada. Hoje não era jogo pra atacar e sim perder de pouco. Hoje o esquema retranqueiro do Mazola ajudaria e muito. O time teria que ter entrado com um esquema mais cauteloso possível para atrapalhar o adversário jogar, uma vez que não havia reservas com o mesmo nível técnico dos titulares. O time teria que ser esse: Vinícius, Kevem, Gilberto Alemão e Fredson; Ricardo Luz, Lucas Siqueira, Julio Rusch, Lailson e Gedoz; Tcharles e Wallace.

    • É inadmissível pensar em “perder de pouco”. Todos os jogadores são profissionais e, em qualquer empresa, um profissional que substitui um outro sabe da responsabilidade que terá para fazer jus ao seu salário, o que poderá demonstrar que não é competente para trabalhar em nenhuma outra empresa. No futebol, a carreira profissional é curta, por isso, uma visibilidade negativa sobre o desempenho do jogador, irá desvalorizar o seu rendimento salarial em outro clube. Além disso, um jogador tem de estar sempre preparado para substituir um titular, principalmente num período de Pandemia. Portanto, não adianta minimizar o vexame da equipe. Perder faz parte da competição, mas perder demonstrando desinteresse no jogo é vergonhoso demais para um grupo que está decidindo um título nacional. Por isso, o Fábio Bentes deverá ser contundente no estabelecimento de regras tanto para os que continuarão quanto para os novos contratados para jogar na Série B e nas outras competições paralelas. Exemplo são o Ceará e o Cuiabá (este, um clube quase sem torcida) em que os seus jogadores fazem jus aos seus salários sendo realmente profissionais em suas atitudes.

  5. Titulo e importante nao acreditavamos nem na subida quanto mais no titulo e duro perder titulos fique muito triste com a perda do tri paraense se formos somar as finais que ja perdemos veremos que o Remo era pra ser recordista de titulos do norte.

  6. Infelizmente o time do vila nova tem mais valores que nosso time! tem Zaga, ja nós só temos Zagueiro Rafael Jansen.

  7. Espero sinceramente que não transformem o mérito, o sucesso total e conquista do principal objetivo que sempre foi o acesso a série B, em uma crise, culpando jogadores por um resultado atípico, com um plantei desfigurado.
    O momento é de alegria e apoio.
    Inconcebível qualquer coisa diferente de aplausos e reconhecimento de um trabalho bem feito por todos.

  8. Renovação de 80% desse elenco pelo amor de Deus!
    Remo não viu a bola, Vila Nova jogou com vontade de serem Tri campeões!

  9. O que tiramos de lição deste jogo foi a fatia de responsabilidade é que o Remo tem que montar um elenco de série A, para se manter na B. Um elenco não um time.

  10. Nosso time é muito ingênuo, todos os times não respeitam o limite da barreira, o nosso a barreira fica muito atrás, pegamos o gol de falta por falta inteligência e malandragem.
    Agora essa derrota veio pra provar que tem jogadores nesse elenco sem condições de disputar uma série B, impressionante o descanso de certos jogadores.
    Eduardo Ramos, Gedoz, Júlio Rushel etc…, tão de brincadeira com a nação, simplesmente vergonhoso, apesar dos desfalques, como profissionais teriam que honrar o seu nome e principalmente a instituição Clube do Remo!

  11. Vergonhosa derrota. Jogadores jogaram sem nenhum compromisso, como se o campeonato tivesse terminado com a classificação e esse jogo fosse entrega de faixas. Time totalmente desatento, desligado, desmotivado, desinteressado. Sem garra, sem raça. Vergonhoso desempenho, reitero. Ok que o primeiro objetivo, o acesso foi alcançado. Mas, é o nome do Clube do Remo em uma final de um campeonato brasileiro sendo notícia no país. Pegar de 5. Pô! Mais uma humilhação na história do Clube, somada aquela para o Cuiabá. Ok sobre o acesso. Mas, 5×1, como Remista fiquei envergonhado e muito chateado, mesmo com o impedimento não marcado no gol de empate do Vila. Estou feliz pelo acesso, mas a conduta do time ontem não pode ser irrevelada, na minha opinião.

  12. Começamos a perder o campeonato com a atitude irresponsável de todos os envolvidos (jogadores e torcedores) que desrespeitaram as medidas de segurança contra a pandemia e foram comemorar na doca. A partida de ontem também nos faz pensar o quanto a equipe do Imperatriz sofreu dentro da competição em vários jogos que tiveram que fazer desfalcados de seus jogadores e resultou em problemas internos de outra ordem, comprometendo completamente o desempenho daquele clube ao longo da competição. Agora, definitivamente, que isso sirva de exemplo para a diretoria do Remo, para que fatos como esse não se repitam. Saudações azulinas!!!

  13. O Wallace está sendo punido por ter feito dois gols decisivos para Remo (Contra Mucura e Manaus). Só pode ser!
    O jogo serviu para constatar que alguns jogadores não tem nível para Série B. São eles: Alemão, Fredson, Lailson, Rush etc..

  14. O Remo jogou fora a chance real de mais um título nacional. Essa vergonhosa derrota para o Vila Nova e perda do título da C é consequência da irresponsabilidade dos jogadores e dirigentes na farra da DOCA, pois são profissionais e ainda havia jogos da decisão à cumprir. Comemoração de acesso é para torcedor, jogadores e dirigentes devem ir para farra após último jogo realizado e com o título na mão.

    Mas devemos agradecer pelo acesso à B, isso foi uma grande conquista pela equipe atual do Remo.

  15. A questão não foi o peso dos desfalques e sim a falta de vontade de uns (ER e Gedoz), somado a falta de condições (qualidade técnica de outros). A foto da matéria representa muito bem isso. É inadmissível o que o Júlio Rusch fez no primeiro gol do Vila Nova, adversário matou no peito, escolheu o canto e chutou, e ele olhando sem saber o que fazer. Keven jogou muito melhor que o Laílson na lateral esquerda. Eron já pode ir, não conseguiu dominar uma bola, entregava todas pro adversário.
    A verdade é que atualmente temos um time titular e umas três ou quatro opções de banco e a Covid19 impediu a maioria.
    Pra série B, que é um campeonato longo, o Remo precisa de um elenco de qualidade, peças de reposição.

  16. Senhores só fica bem e rico sendo o segundo em formula 1, Em futebol tem que ser CAMPEÃO. ?

  17. Parecia um time de profissionais jogando contra um time de meninos…infelizmente estávamos sendo representados pelos meninos.

  18. A questão não foi o peso dos desfalques e sim a falta de vontade de uns (ER e Gedoz), somado a falta de condições (qualidade técnica de outros). A foto da matéria representa muito bem isso. É inadmissível o que o Júlio Rusch fez no primeiro gol do Vila Nova, adversário matou no peito, escolheu o canto e chutou, e ele olhando sem saber o que fazer. Keven jogou muito melhor que o Laílson na lateral esquerda. Eron já pode ir, não conseguiu dominar uma bola, entregava todas pro adversário.
    A verdade é que atualmente temos um time titular e umas três ou quatro opções de banco e a Covid19 impediu a maioria.
    Pra série B, que é um campeonato longo, o Remo precisa de um elenco de qualidade, peças de reposição.

  19. Tudo o que eu gostaria de saber é que mal o Wallace fez pra essa comissão técnica do Remo, tendo à frente o grande Bonamigo, para merecer tamanho castigo dos mesmos, a ponto de, em um jogo com tantos desfalques, o jogador ser preterido pelo medonho Eron…! (Pasmem!).
    Não posso me negar a afirmar que o Bonamigo, infelizmente, melindrou o futebol desse garoto, que eu tenho certeza, poderia estar lutando pela artilharia do campeonato e funcionando como uma válvula de escape para o Leão nesse período de grande aperreio, como no caso de ontem.
    Fica o meu desabafo.

  20. Foi um jogo atípico
    Digam um jogo do remo na série c que o Leão levou mais de 2 gols? Nenhum!!!
    Os jogadores com covid é lesionado fizeram muita falta.
    Ricardo luz sem o Hélio ajudando na marcação ficou totalmente perdido, o Wilson já não faz a função dele direito, imagina a dos outros,Júlio rusch é muito poeta pra jogar futebol,não chegou com a vontade que deveria chegar no empate deles,tava com medo de encostar no atacante
    A zaga do remo tava dormindo desde o início do jogo,passava tudo
    É acima de tudo,deu tudo certo pra eles

Comments are closed.