Rony
Rony

O atacante paraense Rony está em tratativas de renovação de seu contrato com o Palmeiras (SP) por mais uma temporada. O jogador já possui vínculo até 2024 e esse novo contrato se estenderia até 2025. Porém, uma proposta do Atlanta United (Estados Unidos) no valor de R$ 80 milhões, pode tirar o jogador do clube paulista e ainda beneficiar o Remo.

Rony iniciou a carreira no Baenão. Por isso, o Leão receberia um valor nessa possível negociação. O presidente Fábio Bentes brincou com a situação e informou o percentual que os azulinos teriam direito nessa transação com Rony.

“Acho lindo (a negociação). O Remo teria um percentual de 2%”, disse Bentes.

Essa porcentagem renderia aos cofres do Leão um valor interessante, ainda mais nesse momento de pandemia. Se confirmados os valores da proposta do clube americano, o Remo arrecadaria R$ 1,6 milhão.

Com 26 anos, Rony foi o principal destaque do Palmeiras (SP) em 2020, assim como na atual temporada. Natural de Magalhães Barata, o jogador atuou na base do Remo e subiu para o profissional em 2014, conquistando os títulos do Parazão em 2014 e 2015.

Em seguida, foi vendido ao Cruzeiro (MG), atuando pela base do clube mineiro e sendo emprestado ao Náutico (PE), onde ganhou maior projeção e destaque nacional, realizando uma ótima campanha na Série B.

No clube pernambucano, Rony marcou 14 gols em 51 partidas, que renderam uma negociação com o Albirex Niigata (Japão). O ex-azulino retornou ao Brasil em 2018, para defender o Athletico (PR).

Nesta volta ao Brasil, mais experiente, Rony conquistou uma Copa Sul-Americana, um Campeonato Paranaense e uma Copa do Brasil com a camisa do Furacão.

Em 2020, chegou ao Palmeiras (SP) e foi campeão do Paulistão, da Copa do Brasil e da Libertadores.

Segundo informações, Rony recusou a primeira proposta feita pelo Palmeiras (SP), que passaria seu salário de R$ 600 mil para R$ 700 mil. Representantes do jogador buscam um maior reconhecimento e, consequentemente, um aumento salarial mais significativo.

A proposta do Atlanta United (Estados Unidos) é considerada baixa para o Palmeiras (SP), mas não para o jogador, que pode ganhar R$ 12 milhões, além de um contrato atrativo e bonificações como luvas.

Como o Palmeiras (SP) negocia o retorno do atacante Dudu, que estava no Al Duhail (Catar), com salário em torno de R$ 1,5 milhão, Rony não abriria mão de um bom aumento para seguir no clube.

O Liberal.com, 25/05/2021

15 COMENTÁRIOS

  1. Dinheiro bom pra ser investido no CT, caso se concretize. Além disso , o fato do Rony ter sido um dos últimos da base a ser destaque em cenário nacional corrobora ainda mais nesse direcionamento do valor.

  2. O garoto remista Rony está brilhando cada vez mais e já merece, há tempo, convocação para a seleção brasileira, pois atualmente é o melhor atacante velocista do Brasil.

    Mas, em princípio não seria 2%, pois não são 5% ao clube formador em caso de venda internacional? Se confirmar os 5%, com uma suposta venda do Rony ao clube dos EUA por 80 milhões, o Remo receberia 4 milhões como o formador.

    • O percentual é proporcional ao tempo e idade (dos 12 aos 23 anos) em que o jogador passou pela base e/ou time profissional.
      Veja como são divididos os 5% do mecanismo de solidariedade da Fifa:
      – Temporada do 12º aniversário: clube leva 5% (0,25% da compensação total)
      – Temporada do 13º aniversário: clube leva 5% (0,25% da compensação total)
      – Temporada do 14º aniversário: clube leva 5% (0,25% da compensação total)
      – Temporada do 15º aniversário: clube leva 5% (0,25% da compensação total)
      – Temporada do 16º aniversário: clube leva 10% (0,5% da compensação total)
      – Temporada do 17º aniversário: clube leva 10% (0,5% da compensação total)
      – Temporada do 18º aniversário: clube leva 10% (0,5% da compensação total)
      – Temporada do 19º aniversário: clube leva 10% (0,5% da compensação total)
      – Temporada do 20º aniversário: clube leva 10% (0,5% da compensação total)
      – Temporada do 21º aniversário: clube leva 10% (0,5% da compensação total)
      – Temporada do 22º aniversário: clube leva 10% (0,5% da compensação total)
      – Temporada do 23º aniversário: clube leva 10% (0,5% da compensação total)

      • Rony passou pouco tempo na base, acho que um só. Mas valeu. Qualquer valor é bem vindo e o CT está logo ali.

        • Se foi na base ou no profissional, não importa para o cálculo. O que interessa é a idade do atleta, contando dos 12 aos 23 anos. No total, Rony acumulou para o Remo um percentual de 2% (no máximo seriam 5%).

  3. Lendo essa matéria aí, do remo 100%, não deu pra entender , porque a pouco tempo atrás foi publicado aqui mesmo neste site do clube do remo . A CBF muda o percentual de direito do clube formador de 2 para 5% cinco por cento foi o que eu entendir messa matéria não estava explicando absolutamente nada sobre tempo de direito de porcentagem, simplesmente falava direto de 2 para 5 por cento . Mais na atual situação seja 2 ou seja 5 o valor é para o clube e não para dividir entre os torcedores . Ufffs

    • Já explicamos em um outro comentário como funciona a distribuição desses 5%. Dá uma olhada, ok?

  4. É uma pena que daquela boa geração 2013/2014 o Rony seja o único que virou craque, apesar de ter sido o menos lapidado na base, o Rodrigo, por exemplo, parecia ser bem melhor, porém se precipitou em sair do Remo e desapareceu. Mas isso prova que com um bom CT e estrutura o Remo pode revelar mais jogadores.

  5. E isso ai,agora o Helio Borges vai jogar a serie A pelo Ceará….grana a vista la na frenre tbm!

Comments are closed.