Fábio Bentes
Fábio Bentes

A novela sobre o retorno do público aos estádios paraenses continua. Após o Governo do Pará liberar 30% da capacidade, a Prefeitura de Belém divulgou uma nota informativa que estabelece apenas 20%, o que não agradou a diretoria do Remo.

O presidente Fábio Bentes disse que essa decisão vai dificultar ainda mais a volta da torcida e que não há como ter jogos com esta restrição na liberação imposta pela Prefeitura.

“Acredito que se torna inviável a partida (com público), porque os ingressos vão ficar caros demais. Com 20%, mal se consegue dar conta daqueles que têm direito à gratuidade. O que sobrar de ingressos para vender, vai gerar um custo muito alto para o jogo, em virtude das exigências que estão sendo colocadas. Vamos tentar dialogar para ver se prevalece a estimativa que foi feita pelo Governo do Estado”, opinou.

A diretoria do Remo tinha a esperança de que o jogo contra o Botafogo (RJ), neste sábado (04/09), às 19h30, no Baenão, fosse aberto ao público. Contudo, o clube não teve o aval da CBF, que não tem previsão para a realização de um Conselho Técnico sobre o assunto.

A decisão de 20% da capacidade nos estádios da capital é uma orientação da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma). O Governo Estadual havia divulgado 30% no Decreto nº 800/2020, atualizado em 30/08/2021 com as últimas modificações, mas os municípios podem estabelecer regras específicas de acordo com a realidade local.

Globo Esporte.com, 02/09/2021

11 COMENTÁRIOS

    • Não existe isso. Gratuidade é mais certeza de ter do que ingresso a venda. É obrigatório por lei. Primeiro gratuidade, se sobrar, coloca pra vender. Por isso que é inviável ter apenas 20%, vai tudo com gratuidade e ST. O clube vai ter despesas com segurança, funcionários, etc., sem ter receita pra pagar por isso.

      • Negativo. O número.de gratuidade disponibilizada deve ser proporcional ao número de ingressos disponíveis para o evento.

        • Sim, está certo. Gratuidades sempre vão existir, independente do número de ingressos. O que não pode é NÃO ter as gratuidades, como alguns sugeriram.

  1. com 30% pode gerar prejuízo imagina com 20%, é preferível nem liberar se for só isso de público.

  2. Devemos compreende a Prefeitura, neste caso o torcedor também deve compreender o nosso querido Clube, ou seja não haverá gratuidade nestes duelos com 20% da capacidade do Estádio sendo assim teremos 3.000 torcedores pagando bilhete a R$ 80,00, seria então o jogo das luzes, ou então adiasse o Jogo das Luzes para outro duelo e todos comprariam seu ingresso a R$ 80,00 e o sócio torcedor teria o desconto conforme seu Plano, e se confirmado que o jogo com 3.000 torcedores só seria viável com o bilhete a R$ 100,00, vai depender da torcida aceitar pagar esta quantia.

  3. Na verdade existem casos em que podem ter exceções a regra, quanto a Prefeitura limitou em 20% a capacidade de Público, automaticamente a lei não permiti que o Clube tenha prejuízo, então a exceção a regra para os duelos de 20% da capacidade do Estádio seria não ter gratuidade afim de que o Clube não tenha prejuízo. Observem que 20% do Mangueirão seria 7.000 torcedores que daria aproximadamente 45% do Baenão Banpará, neste caso a Clube do Remo teria direito de pleitear 7.000 torcedores nos primeiros duelos com Público, neste caso o Bilhete poderia ser vendido a R$ 60,00.

  4. É BOM LEMBRAR QUE A GRATUIDADE TÁ DESTINADO ESPECIFICAMENTE AO PÚBLICO À CIMA DE SESSENTA ANOS, JUSTAMENTE ESSE PÚBLICO QUE PERTENCE AO GRUPO DE RISCO. NÃO SERIA MAIS COERENTE PRESERVAR ESSE GRUPO DEIXANDO-OS MAIS SEGURO EM CASA OU NÃO ?

  5. Sabe o que isso minha gente? QUANDO QUE NÓS NESTA TERRA PODERÍAMOS IMAGINAR QUE ESTÁVAMOS VIVENDO UMA SITUAÇÃO DESSA, E QUANTAS DESSAS NÃO VIRÃO AI PELA FRENTE? Quanto a essa questão da liberação de público nos estádios, eu tenho algo a dizer quanto mais as pessoas poderem agir de uma forma contrária ao que é coreto e justo assim vão proceder, pois eu concordo plenamente que não tem condições do PRESIDENTE FABIO BENTES aceitar essa ideia de 20 % vinte por cento, talvez os 30 tivesse possibilidades ainda que a margem fose ainda pouco favorável ao clube, mais o caso é esses órgãos de saúde, esquerdista ,petista, comunista do diabo, vão todo tempo puchar para o lado deles , quanto mais eles poderem prender o povo e ver o povo sofrer na mão deles assim eles vão proceder pode ter certeza ,porque negocio de covid não mais pra isso , que resta é a torcida ajudar o clube na medida do possível, infelizmente todos nós estamos na mão desse injustos , e torcer pra que um dia isso acabe . Deus seja louvado. LEÃO 3X0

Comments are closed.