Rafael Jansen, Pingo e Arthur
Rafael Jansen, Pingo e Arthur

Por que o Remo não sente tanto os desfalques? Porque as funções fazem a engrenagem funcionar. Quem entra, cumpre as funções treinadas, a serviço do coletivo.

Por isso, a competência do todo está elevando a competência de cada um, em um time que mantém regularidade no desempenho, embora não seja igualmente regular nos resultados.

Nesta terça-feira (21/09), 16h, o Leão fará o seu jogo nº 400 na Série B. Dentro da sua clara identidade, o time de Felipe Conceição vai repetir o seu sistema 4-1-4-1, com as variações táticas programadas para este jogo.

É um dos times mais táticos do Leão nos últimos anos, muito bem encaminhado para a permanência na Série B. Méritos de Felipe Conceição, um profissional tão discreto quanto competente!

Engrenagem

A engrenagem tática do Remo ajudou Uchôa a se reabilitar e está sendo determinante para o sucesso do garoto Pingo, de 19 anos, peça utilíssima neste campeonato. Se seguir nessa evolução, Pingo fechará 2021 como principal revelação do futebol paraense na temporada.

Volta do torcedor

Na sexta-feira (24/09), a partida do Remo contra o Náutico (PE), marcará a volta do público aos estádios em Belém, exclusivamente para quem já tem vacinação completa, com prioridade para sócios-torcedores adimplentes. É só o começo da retomada, mas já vale como sinal de que a vida está voltando gradativamente ao normal.

Coluna de Carlos Ferreira, O Liberal, 21/09/2021

3 COMENTÁRIOS

  1. Dizem q era REMISTA,mas ao ser contratado pela emissora mucurenta,resolveu “babar ovo” dos patrões!!!!

Comments are closed.