Guarani-SP 2×0 Remo (Arthur, Felipe Gedoz, Lucas Siqueira e Neto Moura)
Guarani-SP 2×0 Remo (Arthur, Felipe Gedoz, Lucas Siqueira e Neto Moura)

A derrota do Remo para o Guarani (SP) teve uma inegável contribuição do técnico Felipe Conceição. No futebol, por vezes, o impulso de inventar pode ser desastroso.

Sem agressividade no ataque, submisso à força de marcação do adversário no meio-campo e vulnerável na defesa, a equipe se deixou dominar com facilidade, embora tenha iniciado o jogo tentando pressionar pelos lados.

O placar de 2 a 0 é mais revelador dos problemas do Remo do que das virtudes do Guarani (SP), cujo grande mérito foi a insistência nas finalizações. O primeiro gol nasceu em lance acidental, aos 17 minutos. Júlio César bateu rasteiro da entrada da área, a bola desviou em Rafael Jansen e entrou no canto direito, sem chances para Vinícius.

Quando se esperava que o Remo se organizasse para encorpar o bloqueio no meio, o time desandou a errar passes, principalmente com Marlon e Arthur. O ataque deixou de existir, pois só Matheus Oliveira partia em direção à área, mas se perdia no excesso de dribles. Lucas Tocantins, pouco acionado, ficava refém da marcação.

Vamos às invencionices. Desde o começo, ficou evidente a falta que Pingo e Raimar faziam. Marlon, que tinha demonstrado segurança como zagueiro, voltou mal ao antigo posto na lateral-esquerda. O volante estreante Neto Moura, desentrosado, foi responsável pelo buraco na marcação à entrada da área.

A situação se agravou com a teimosa opção por Arthur na faixa direita do ataque. Sem qualquer cacoete de jogador de lado, ele a todo instante voltava para buscar passes recuados e sem objetividade com Lucas Siqueira e Matheus Oliveira. Um equívoco injustificável, pois Felipe Conceição tem Jefferson e Ronald no elenco, que poderiam ser aproveitados na posição.

Como a saída era deficiente, a transição não se efetivava e o Guarani (SP) retomava todas as bolas na intermediária. Inconstante na busca pelo ataque, o Remo perdia tempo em excesso trocando passes de arrumação junto à área. Cercava, rolava a bola e não aprofundava o jogo. Nessa toada, acabou sofrendo o segundo gol em um descuido coletivo da zaga, aos 43 minutos, quando Bruno Sávio cabeceou entre 3 defensores remistas.

Espantosamente, a atuação ruim não motivou o técnico a fazer mudanças durante o intervalo e Felipe Conceição esperou até 12 minutos do segundo tempo para corrigir os erros da escalação. Entraram Raimar, Pingo e Rafinha substituindo Lucas Siqueira, Neto Moura e Matheus Oliveira, mas o estrago já estava feito.

O Remo só atacou com mais insistência a partir da metade da etapa final, mas os lances acentuavam a falta de coordenação e objetividade. As poucas manobras eram prejudicadas pelo último passe. Jefferson e Renan Gorne entraram nos minutos finais, sem consequência prática.

A atuação foi apática, desfocada e longe da sonhada regularidade, contra um adversário que pouco esforço fez para vencer. Sem seu principal atacante, Victor Andrade, o Remo exibiu inconstância e não teve forças para reagir, nem mesmo quando era melhor em campo no segundo tempo.

Técnico admite rendimento “abaixo do esperado”

Perder não é o fim do mundo, é parte do jogo. O problema está na falta de mentalidade vitoriosa. Fica a impressão de que, quando vence 2 partidas seguidas e tenta ampliar a sequência, o Remo sempre tropeça nas próprias pernas. O jogo morno, de toques improdutivos, comum nos tempos de Paulo Bonamigo, sempre reaparece nesses momentos.

Depois da partida, Felipe Conceição admitiu que a atuação foi “abaixo do esperado”. Foi pior que isso. Além do pífio desempenho técnico, o time mostrou desligamento e falta de foco, pecados capitais em uma competição que não perdoa o descompromisso.

O técnico só não explicou as razões que o levaram a desarrumar uma formação que vinha obtendo bons resultados, com Raimar na lateral-esquerda e Pingo na cabeça de área.

O Guarani (SP) foi um time aplicado, apesar de cometer seguidos erros na defesa e nas laterais. Compensou isso com disciplina e dedicação na busca pela vitória.

No caso azulino, o triunfo permitiria abrir distância e encurtar caminhos rumo ao topo. Nesse caso, garantiria a entrada no Top-10. Sob todos os pontos de vista, a começar pelas escolhas do técnico, a importância do jogo parece ter sido subestimada.

Blog do Gerson Nogueira, 22/09/2021

25 COMENTÁRIOS

  1. INVENCIONICES, PALHAÇADA ETC… NÃO QUERER JOGAR PRA GANHAR, ENTÃO PEDE PRA SAIR SEU ANTA. INVENTAR UM REMO QUE NEM EM TREINO ESSE PORRA USA, VEM COMOCAR MARLON NA ESQUERDA E DEIXAR O NOVATO DE FORA. DISSE E REPITO !! DEIXA DE PALHAÇADA OU CAI FORA DO LEÃO.

    • Eu já escrevi aqui que este treinador deveria ter sido demitido logo após o jogo devido a este festival de burrice que ele fez no time caberia ao Fábio Bentes tomar as devidas providencias mas nestes momentos ele fica omisso é o técnico que tem pedir pra sair como aconteceu com Bonamigo.

    • Pois é Ruberval, não é fácil a vida de treinador em clube grande como o Remo.

      O Conceição não foi feliz na estratégia e escolhas no último jogo, mas ele tem feito a diferença no comando do Remo, pois mesmo com toda dificuldade de má fé de arbitragem, ausência de jogadores titulares e limitação do plantel, o Remo tem se mantido muito bem na tabela de classificação, se aproximando cada vez mais da confirmação de sua vaga na série B em 2022, e é o que importa no momento.

      • Exatamente Garral Azul, o Conceição tem muito mais mérito de demérito, ele errou ao escalar a equipe? Errou. Ele demorou a mexer e ainda poderia ter mexido melhor? Sim. Mas no geral ele está fazendo um bom trabalho. Agora não há trabalho que seja bom quando você tem 4 ou 5 jogadores muito mal na partida, foi o que aconteceu contra o Guarani. O mais importante agora e retomar a confiança e o comprometimento tático, como em algumas partidas já demonstrou.

  2. Técnico muito fraco de ideias de um vencedor, monta um time cheio de improviso, que já se tornou corriqueiro, invenções que só regride a imagem de um clube, pois quando temos a oportunidade de estar no top 10, ele comete esses abusos na escalação ( que não é a primeira vez ) usando jogadores de no mínimo em condições duvidosa de atuar, Arthur, Marlon, ( como zagueiro cometeu dois pênaltis infantil ) não apresentam menor condições de serem titulares, até pra reserva com alguma ressalva talvez sirvam, invenções que tem nos custado caro com derrotas para times com qualidade muito abaixo do plantel do Remo, o pior é que temos que aturar jogadores sendo colocado em todo jogo em posição que não rende, na dele já é uma negação, situação essa que parece que diretoria dá tampinhas nas costas, aplaude os erros cometidos, precisa ser dado um choque de realidade no Baenão pois estamos bem na tabela, mas qualquer descuido pode custar caro nessa reta final da série b, seriedade é algo que no futebol tem que ser tratada com serenidade, objetividade é sinônimo de competência, pois só conquistamos a vitória com muito empenho e trabalho, tem horas que o jogares do Remo fogem a essa responsabilidade, inadmissível que um clube do norte acostumado a temperatura na casa dos 33 graus com sensação de 40 no Baenão nos jogos das 16:00 hrs, o time parece ser do sul, não consegue jogar, nesse horário em Belém, tivemos derrotas e empates, fora só derrotas, isso é no mínimo curioso é duvidoso, repensem suas atitudes pois queremos um time competitivo, de atitude e que os jogadores respeitem essa instituição. Saudações azulina.

  3. Gostei da colocação da” FALTA DE MENTALIDADE VITORIOSA “.

    Tem atleta que quando o time ganha dois jogos, o mesmo não sente mais o chão sobre seus pés, um orgulho medíocre e escalafobético, haja vista que a mentalidade de um VENCEDOR é ganhar, depois ganhar, ai sim depois pensar em ganhar.
    E que as derrotas sirvam apenas como um degrau para a eterna busca da Glória …

    *Só um ponto de vista.

  4. Certíssimo Gerson,,, a importância do jogo foi subestimada pelo Conceição por calsa das suas invenções,,,, subestimou o jogo isso pra não dizer diretamente irresponsabilidades ,,, não vi futebol nesse cabeça de área novato que chegou pode até ser que vingue mas quando é pra vingar é como o raimar chega dando as cartas e mostrando que veio pra ser titular jogando bom FUTEBOL com vontade. Maasss vamos ver mais pra crê,,,de gente ruim de bola o REMO tá. Cheio é MELHOR não contratar mais ninguém mesmo ,,, pra contratar ruim , basta os que estão.

  5. Estamos jogando com 2 jogadores a menos Lucas Siqueira e Mateus Oliveira passam errado e não marcam ninguém e não são sacados do time. Porque???????????????????????

    • Concordo. É lastimável ver Lucas Siqueira errando tudo e pingo no banco pra ele e pro novato neto Moura totalmente desentrosado com time.

  6. Nosso tecnico não é um mau técnico, so que entrou com medo no jogo, com quatro homens com caracteristicas de marcação e esqueceu de atacar, prejudicando o futebol de Gedoir que é o homem de criação do remo, ele não é atacante, não sabe jogar de costas pros zagueiros.
    Temos time para ir mas além no campeonato, mas tem que colocar o time certo, já percebi que ele não gosta de jogar com centro avante, então pra que contratam?

  7. Gostaria de entender a mente do Felipe. A ideia é que o técnico arme o time pra vencer, mas ele, absurdamente, armou para perder. Tbm não entendo a teimosia com o (ruim) Gedoz que só atrasa e engessa o ataque. Tenha Santa Paciência em aturar essa atitude. O Remo é um gigante e não um time de várzea para se fazer experiências infantis, Felipe. Deixe de enrolação, mostre sua importância pra Nação azul.

  8. Perfeita colocação do Gerson Nogueira, explicou em palavras nosso time.
    Eu queria ser um zagueiro jogando tranquilo contra o Remo. Não ter um atacante pra infernizar.
    Contrataram o Neto Pessoa, e nem relaciona o cara pra viajar?
    Já o Neto Moura, colocou o cara pra ser titular com dois treinos!
    Ainda joga com dois laterais velhos pro futebol.
    Vai entender!
    Felipe, tua batata já está de molho.
    Sinceramente, queria nessa reta final o Hélio dos Anjos, se conseguisse implementar o futebol que vinha no Náutico, chegaríamos na série A.

    • Com certeza. Sou a favor da substituição imediata desse treinador teimoso e lunático pelo hélio dos anjos. Felipe conceição falando parece inteligente. Porém agindo é pior que uma mula. Só faz besteira no time

    • Conceição precisa ser demitido o quanto antes pois com ele o Remo voltará à série C eu tenho a impressão que as coisas irão piorar pro Remo com a permanência de Siqueira, Gedoz,.

      TÉCNICO IDEAL PARA O REMO AGORA SERIA HÉLIO DOS ANJOS QUE NO PRIMEIRO TURNO LEVOU O NÁUTICO AO TOPO DA TABELA MAS O BENTES VAI PERMANECER COM CONCEIÇÃO.

  9. Se não ganhar o náutico espero que saia logo do remo. Empate ou derrota pro náutico é o cúmulo. Se não trouxer outro resultado sexta que não seja a vitória espero que vá fazer suas invenções de maluco pra outro time. O problema maior do remo é ataque, aí o seu conceição vem e promove a estreia de neto Moura e deixa pingo de fora que tá voando. E no ataque permanece com gedoz que não funciona pra não promover a estreia de neto pessoa. Sinceramente é duro torcer pro remo certas horas com esse treinador que tem peças mais inventa. O gedoz não vai dar certo de falso 9 uns quinhentos jogos mais na cabeça do Conceição vai tá bom o esquema com gedoz de atacante. O Siqueira não joga bem desde a primeira rodada da série b e sempre é titular. Se for titular e matar vai ser vaiado talves assim fique no banco de uma vez por todas. Jogador lento que erra vários passes. Não ajuda no ataque e muito menos na defesa. Tudo filhão do Conceição. Se não ganhar o náutico vão ver se no próximo jogo vai ter torcida. Espero que ninguém compre mais ingresso nenhum se for ficar na palhaçada desse treinador e desse diretores de futebol médiocres que pensam pequeno . Pior de tudo é teu que ouvir esse treinador lunático dizer que o Guarani não se impos. Tá no mundo de Nárnia é porra. Parece que quis entregar o jogo pro Guarani seu ex time com esse time medíocre que montou.

  10. Só lembrando às DORINHAS azulinas do país das Maravilhas que o REMO só está aonde está por causa do ótimo e muito competente técnico Filipe Conceição.
    Quiçá ele pudesse dar continuidade e montar o seu plantel desde o início pra 2022.
    Junto com Bonamigo e o falecido Giba, os 3 melhores técnicos do Remo em 21 anos.
    Errou?
    Talvez.
    Não sabemos os motivos pelos quais ele modificou o time e não entrou com o time que a torcida “acha” ser o melhor.
    Somos apenas PALPITEIROS. Não sabemos do dia a dia do elenco. Hoje há inúmeros fatores que são analisados para pôr um time em campo.
    Ele mexeu para acertar.
    Qualquer um que levantar a hipótese em contrário, estará demonstrando hipocrisia ou até pior: leviandade.
    Claro que ele escalou o que na cabeça dele, seria o melhor. Ele conhece o plantel do Gaurani melhor que qualquer um daqui.
    Será que se aquela bola desviada no azarado Jansen não entra, e o Remo consegue trazer um bom resultado de Campinas, vcs estariam vomitando essas sandices?
    Ou estariam enaltecendo a grande de visão de jogo do técnico? São os videntes do passado. Só antevêem o que já ocorreu.
    Eu acredito que nosso objetivo MAIOR é permanecer na série B. Para isso, faltam 10 pontos. Vamos alcançar e fazer mais de 55 pontos.
    Em 2022, com mais dinheiro em caixa, com maior poder de barganha, com o aprendizado deste ano, com uma base melhor com jogadores melhores, aí sim, poderemos almejar algo MAIOR.

  11. quando vejo comentarista dizer que Matheus oliveira é um bom jogador fico a me perguntar se realmente entendo de futebol, pois na minha humilde opinião, pelo menos no clube do remo, ele não joga nada. Até que tem habilidade mas tem medo de partir pra cima do adversário para dar dribles e erra mais passes do que acerta e além disso demonstra em campo um jogador sem sangue na veia, sem vontade.
    o meu time ideal atualmente para entrar nos jogos seria:

    1. Vinicius
    2. Thiago Ennes
    3. Romércio
    4. Kevin
    5. Pingo
    6. Raimar
    7. Erik Flores
    8. Rafinha
    9. Neto Pessoa
    10. Gedoz
    11. Victor Andrade

  12. Jogo fora desfalques e dizer que o treinador é ruim pq não deu certo contra o guarani. Ou é Mucura ou pensa que é série c

  13. SABE QUE EU JÁ VI ESTE FILME NÓS TEMOS TIME PRA PEEMANECER NA SÉRIE B, MAS SE BOBEAR, VAI ACABAR DESCENDO, É MELHOR NÃO DEIXAR FROUXO ESTE TÉCNICO E JOGADORES,POIS DO CONTRÁRIO VAMOS DE NOVO NOVAMENTE,AMARGAR DERROTA. QUANDO VEJO UM TIME JOGANDO MAU NÃO FAZENDO JUS A CAMISA QUE VESTE, EU JÁ FICO DE NOVO SOFRENDO ANTECIPADO, O PRESIDENTE DEVE CHAMAR A RESPONSABILIDADE SENÃO VAI PAGAR UM PREÇO ALTO, O TÉCNICO RECEBENDO CONVITE PARA DEIXAR O TIME, O TIME JOGANDO MAL, PORQUE É RIDÍCULO E ABSURDO JOGAR DAQUELE JEITO, PRA MIM JÁ É UM SINAL QUE TEM ALGO PODRE NESTE BONDE. AÍNDA TA TUDO BEM, POIS O TIME JOGANDO MAL, TEM OUTROS QUE JOGAM PIOR, MAS ATÉ QUANDO ISTO.
    DIRETORIA É MELHOR MANDAR EMBORA LOGO, POIS DÁ TEMPO PRA OUTRO VIR É FAZER O QUE DEVE SER FEITO. A FENÔMENO TÊM QUE COBRAR AGORA.

Comments are closed.