Remo 6×2 Manaus-AM (Hélio Borges)
Remo 6×2 Manaus-AM (Hélio Borges)

Com 20 anos, o atacante Hélio Borges lida com o momento mais relevante da sua carreira profissional. Em 2020, além de titular na equipe azulina que obteve o acesso à Série B, Hélio se firmou como uma realidade, deixando de lado o status de “revelação”.

No jogo contra o Manaus (AM), válido pela semifinal da Copa Verde, o azulino assinalou 2 gols dos 6 gols, além de uma participação tática fundamental no aspecto movimentação e troca de passes precisos. O próprio atleta admitiu a satisfação com o nível de atuação.

“Tenho que estar sempre marcando gols e dando assistência aos outros atacantes”, afirmou.

Próximo de disputar mais uma final de campeonato com a camisa do Remo, o atacante reafirma que o desejo é obter seu primeiro título entre os profissionais.

“Nosso grupo vem trabalhando forte e esse título é para corar o nosso trabalho”, disse o atacante, que não atuou na final da Série C, por ter contraído Covid-19.

Além do Leão, Hélio também acumula uma passagem pelo Palmeiras (SP), ainda nas categorias de base, entre os anos de 2018 e 2019, reconhecendo que os dois clubes fizeram parte da sua formação.

“Foi importante no amadurecimento, joguei torneios internacionais e nacionais. Palmeiras (SP) tem uma base forte, uma das mais importantes do Brasil”, frisou.

O Liberal.com, 19/02/2021

6 COMENTÁRIOS

  1. Excelente jogador, tem boa velocidade, bons dribles, como seria bom se continuasse no leão, jóia rara da base. Continuaria fazendo uma boa dupla de ataque com Wallace, que seria na série B. Continuando na torcida que fique.

  2. O Hélio vai ou não vai renovar contrato com O Remo, se não for será um grande perda pro Leão. A base do Remo está cheio de garotos bom de bola a prova foi a goleada sobre o Manaus.

  3. Em vez de ficar tentando trazer jogadores de fora como aposta, a diretoria do Remo deveria trabalhar fortemente na retenção do Hélio para jogar a série B, por sua importância tática para o time do Remo. Possivelmente o Hélio ficaria se a diretoria o oferecer um salário digno de jogador de série B.

  4. Que o Hélio vá pra onde ele acredite que será mais feliz, seja aqui ou em outro lugar, porque é melhor nos arrempermos do que fizemos do que não fizemos. Que seja feliz. Renovar com o Remo não depende só do Remo, mas dele também, e que escolha a melhor decisão.

  5. Creio que o Hélio esteja fazendo um caminho com menos visibilidade. Pois preterir jogar uma série B com todos esses grandes times que estarão, para jogar um D, só por causa de Dinheiro, e o dono der o Marcelo, não seria o melhor pra ele.
    Vale lembrar que pouco tempo atrás, ele esteve na academia do Palmeiras, e não vingou. Somente com a exposição que o Bonamigo deu para ele nesse esquema de jogo, foi que evoluiu.
    Então, creio que esteja trocando os pés, pelas mãos.
    Renova com um valor melhor e fica na exposição da B, jogando pelo Remo e perto da família.

Comments are closed.