Vila Nova-GO 1×0 Remo (Neto Pessoa)
Vila Nova-GO 1×0 Remo (Neto Pessoa)

O técnico Felipe Conceição demonstrou bastante incomodo com a desatenção do Remo no lance que resultou o gol do Vila Nova (GO), que rendeu a vitória para o time goiano por 1 a 0, nesta sexta-feira (08/10). As duas equipes se enfrentaram pela 29ª rodada da Série B do Brasileirão, no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA), em Goiânia (GO).

“Sair atrás do placar, no campo do adversário, um adversário forte, que está buscando o objetivo que estamos próximos dele também. Faltou essa atenção no início do jogo e temos que acordar para isso”, frisou o treinador.

O Leão foi melhor na partida, principalmente por ter ficado com um a mais desde o fim do primeiro tempo, após a expulsão do lateral-esquerdo Bruno Collaço. Para Conceição, o Remo dominou o jogo após a saída do jogador, mas que não foi o suficiente.

“Sabíamos da dificuldade de jogar aqui, tivemos uma bobeira no início do jogo onde permitiu um contra-ataque e uma jogada que o Vila faz bastante. Acabamos deixando acontecer, tomamos o gol. A partir da expulsão, ao meu ver, começamos a dominar a partida. Antes estava uma partida perigosa dos dois lados. Chegávamos e o Vila também, estava um jogo igual. Tentamos, finalizamos, enfim. Fizemos tudo, menos o gol”, lamentou.

“Nos portamos bem, conseguimos controlar o adversário com um a mais. Lembro do jogo contra o Operário (PR), há 2 meses atrás, onde tivemos um jogador a mais e não conseguimos criar essa quantidade de gols. Ou seja, demonstra uma evolução. Fomos agressivos o suficiente, buscamos o empate, empurramos o adversário para trás e a bola não entrou. O que me entristece mais, o que me chateia mais é a desatenção no início do jogo, porque deu a vantagem para o adversário”, ressaltou Felipe Conceição.

Apesar do resultado negativo, um ponto pode ser destacado no lado azulino. O atacante Neto Pessoa finalmente estreou na equipe. Ele já havia sido relacionado para outras 3 partidas, mas apenas agora entrou em campo.

“Neto chegou há pouco tempo. Temos uma estrutura de jogo, algumas dinâmicas ofensivas e defensivas que o Neto ainda está se adaptando, isso é normal. O único jogador que chegou tendo que jogar, mas pela falta de jogador na posição, foi o Raimar. Todos os outros estão se adaptando. Não é fácil chegar no meio do campeonato para o fim, entrar no ritmo da equipe e entender tudo que construímos em 3 meses. É um atleta que veio para ajudar, que tem qualidade. Hoje entrou bem, vai crescer”, concluiu.

O Remo retorna a Belém e só se reapresenta na segunda-feira (11/10). O próximo compromisso da equipe será contra o Brusque (SC), na sexta-feira (15/08), a partir das 16h, no estádio Augusto Bauer, casa da equipe catarinense.

Globo Esporte.com, 08/10/2021

22 COMENTÁRIOS

    • Não adianta de nada o Treinador Felipe Conceição ficar “chateado”.
      Adiantaria muito, ele ter atitude de vencedor.

      Se ele admira muito o Lucas Siqueira, deveria poupá-lo. Até para não queimar o restinho de boa imagem construida pelo atleta nas competições do ano passado.

      No momento atual, o meio-campista não está rendendo para o time. Não é de bom alvitre, o treinador mantê-lo na onzena inicial.

      Pense bem Conceição,…..pense muito bem Conceição!

  1. É só deixar o Gedoz no banco. Entrar com o Jefferson desde o início e deslocar o Matheus Oliveira pro meio.

  2. Tá cometendo o mesmo erro do cruzeiro seu Felipe conceição. Teimosia de mais de sua parte deixar esse esquema onde sempre o remo joga mal o primeiro tempo e sai perdendo, aí a tática do segundo com centro avante resolvia mais agora nem isso funciona mais. Muda esse esquema vc tem elenco. Tem centroavante de origem. Perdi um ótimo meia que o gedoz o colando de falso 9 . Aí não dá não, a torcida não aguenta mais ver esse time horrível do primeiro tempo se arrastando com Siqueira no meio. Disparado o Siqueira é oque vem jogando pior de todos e ninguém entende sua titularidade. Da a faixa pro goleiro que é mais velho no time. Thiago ou Vinícius e saca esse lesma do time . Põe o gedoz no meio por favor velho, e põe Jeferson de titular. Poderia tirar Matheus Oliveira também e começar no ataque com Jeferson. Tocantins e Vitor Andrade

  3. Discurso chato, deixa o Artur até 18 minutos do 2⁰ tempo, não produz uma jogada de continuidade, sempre para o ritmo, porque acreditou que nos 15 minutos finais faria o gol com as substituições.

    • Também não vejo qualidade de futebol no Arthur para estar no Remo, muito menos entrando jogando em todos os jogos. Deve ser dedicado nos treinos. Esse jogador na Tuna jogava como primeiro volante, fixo na frente da zaga. No Remo entrou na função do Erick Flores, que na melhor forma se contundiu e pelo jeito, até voltar a forma, vai jogar os dois últimos jogos do campeonato. O Erick é bem superior na qualidade de futebol comparado ao Arthur, que nessa função não marca, não arma jogadas, fica visivelmente atrapalhado em campo, não sabe o que faz.

  4. Falta de qualidade em setores como zaga, meio e ataque pesam nos momentos decisivos. Nao deu pra trazer ao menos um zagueiro como esse Donato do Vila, um meia como o Rafael do Coritiba e um centroavante centroavante dai e isso casinha aberta sempre no primeiro tempo.

  5. Continua no início da partida o time displicente, errando passes e entregando bola, numa dessas saiu o único gol bobo do Vila Nova.

    O Conceição colocou o time bem ofensivo praticamente todo o segundo tempo, parecia treino de ataque contra defesa (posse de bola de 70% do Remo contra 30% do Vila). Em dado momento tinham 4 atacantes em campo (Victor Andrade, Tocantins, Jefferson e Neto Pessoa), inclusive com centroavante especialista e pontas ofensivos abertos. Depois o treinador ainda tirou um zagueiro (Jansen) para colocar mais um atacante (Ronald), ficando o time com 5 atacantes. As chances foram abundantes porém os atacantes pecaram nas finalizações, faltou qualidade e competência para fazer gol, além do goleiro goiano estar em um dia de “muita largura”, futebol é bola na rede.

    Ficou claro que não adianta encher de atacantes jogando desordenadamente. Particularmente, acredito que o Conceição não deveria ter tirado o Gedoz, mas sim o recuado para jogar mais próximos aos volantes, sacado do time o Lucas Siqueira e colocado em seu lugar o Neto Pessoa, isso imediatamente quando o Vila Nova teve um expulso no primeiro tempo. No intervalo já entraria com o Tocantins no lugar do Arthur, assim o jogo funcionaria melhor na transição (Gedoz e Matheus Oliveira) e organização das jogadas ofensivas (Victor Andrade e Tocantins pelas pontas com Neto Pessoa na grande área adversária).

    Mas o treinador tem em mente a estratégia e faz as substituições mais adequadas conforme sua percepção.

    Aproveito para desejar à todos manos remistas daqui um Feliz Círio de Nazaré.

    Obrigado Nossa Senhora de Nazaré por ajudar o querido Clube do Remo!

    • Era isso mesmo pra ter feito! Tão lógico, mas o treinador não enxerga. Ponto positivo de tudo isso é que a diretoria do Remo estava prestes a renovar com Conceição para 2022. Provavelmente neste momento eles já não tem a mesma certeza que ele realmente é o melhor nome para o próximo ano.

  6. Felipe Conceição quem tem acordar é vc, tem saber escalar o time para começar jogando, para não levar gol no primeiro tempo de jogo e, em vez de levar gol fazer gols no primeiro tempo e deixar o adversário correr atrás do prejuízo.

  7. OS VOLANTES NÃO MARCAM NINGUEM.
    AS BOLAS PARADAS DO REMO NÃO EXISTEM.
    JOGOU COM UM JOGADOR A MAIS, POR ISSO A FALSA SUPERIORIDADE.

  8. Treinador, tu tem que acordar pra outras coisas também, deixa de ser teimoso, faz o feijão com arroz.

    • Com certeza. Muito chateada a torcida com essa teimosia de gedoz falso 9 . Siqueira e Artur mal de titular. Enquanto Jeferson sempre entra bem. Pingo. Tocantins e deixa os caras no banco. Faz o feijão com arroz não inventa põe um centroavante e recua gedoz pro meio e tira esse Siqueira

  9. O que mais ficou na minha memória neste jogo foi uma bola que deram um passe de 5 metros para o Arthur, ele tentou dominar com a perna direita na lateral do campo, e deixou a bola sair para trás dele, impressionante como um volante não sabe dominar uma bola.

    Qual a importância de um bom domínio de bola por um volante?

    Resposta: o Gol do Vila. Saída mais uma vez de bola ruim do senhor Jansen nós pés do Arthur deles, que colocou rapidamente para a velocidade do bom jogador Willian marcar.

    Parabéns ao Felipe Conceição:
    Primeiro por ter coragem de tirar o Gedoz
    Segundo por mexer no time, deixando bastante ofensivo, tínhamos 6 atacantes em jogo.
    Neto Pessoa mostrou que é bastante perigoso dentro da área.
    Não empatamos, pq não era o dia da bola entrar pelas duas belas defesas do grande goleiro que eles tem.

    O Felipe precisa rever esse time titular.

  10. Remo perdeu pra técnico. Sim. Perdeu pra técnico. Já começa com um esquema tático de três volantes, mas que deixa espaços em excesso no meio, e com Gedoz de falso nove. Lucas Siqueira e Arthur não tem como jogar de titulares nesse meio-campo do Remo. Depois, demora a mexer (Tocantins era pra ter entrado muito antes, logo no intervalo) e quando mexe, ainda mexe errado. Tirou o Gedoz justamente quando ele estava tendo a chance de jogar na posição certa, e deixa o Matheus Oliveira. Queria entender a cabeça desse técnico, sinceramente, porque eu começo a achar que ele tá sabotando o próprio time, só pode. Ou então, é só burrice e teimosia mesmo.

  11. esse treinador alguem entende o que ele treina mexe mal parece perdido mas que os jogadores teimoso não sabe treinar e muito menos escalar time deixa acaba esse brasileiro e troca esse tecnico por favor

  12. Ensinamentos deste resultado:

    1. Precisa rever o time titular;
    2. Gedoz é substituível;
    3. Neto Pessoa precisa estar no ataque;
    4. Arthur não consegue dominar uma bola;
    5. Jansen como sempre inconstante;
    6. Esquema do Remo é para contra ataque;
    7. Não sabe jogar com 1 a mais;
    8. Tem que calcular o tempo parado de jogo;
    9. Precisamos de um batedor de faltas.
    10. Para com esse falso 9 urgente.
    11. Campeonato está terminando.

    Obs: se o Neto Pessoa tivesse jogando nos últimos 4 jogos desde quando foi contratado, já deveria ter deixado 1 ou mais gols.

  13. O técnico está chateado com o gol que o Remo sofreu. O problema são os gols que não foram feitos na maioria dos jogos. O Remo fica dependendo dos “lampejos” de um ou outro jogados. Faltam jogadas de linha de fundo, ensaiar faltas, escanteios, etc. O time é fraco, temos que rezar pelos “lampejos”.

  14. Tomar gol de contra ataque com 4 volantes em campo???Vão aprender a bater falta,arrematar de fora da área e treinar finalização!!

  15. Esse treinador teimoso fica chateado? Kkkkk.
    Ele tem que se mancar e escalar um time competente, que não fique esperando a sorte chegar pra fazer gol.
    Sera que só o GEDOZ (o sanguessuga) pode ser escalado para cobrar falta? E cobra muito mal. Parece que nao há treinamento para esse fundamento.
    Te manca, treinador.

Comments are closed.