Felipe Conceição
Felipe Conceição

Neste domingo (08/08), o técnico Felipe Conceição completa o seu primeiro mês à frente da comissão técnica do Clube do Remo, com um trabalho interessante e produtivo como a cabeça pensante à beira dos gramados, apesar da derrota em casa, por 1 a 0, na última sexta-feira (06/08), para o Operário (PR).

Em 8 jogos, foram 4 vitórias conquistadas, 12 pontos somados e um salto fundamental no objetivo azulino em se manter na Série B do Campeonato Brasileiro, ao sair da lanterna para a parte intermediária da tabela de classificação.

Contratado pela diretoria justamente pelo seu retrospecto recente em trabalhos de resgate na própria Série B, como foi com América (MG) e Guarani (SP), em 2019 e 2020, respectivamente, aos poucos, o treinador vem desenvolvendo seu trabalho.

Confiante em galgar feitos pela única equipe da região Norte do País nesta edição da competição nacional, considerada a maior e mais difícil de todos os tempos, Felipe Conceição reiterou a humildade em atingir com primazia a meta de manutenção na competição, ao valorizar, também, o empenho de seus jogadores.

“Acho que a gente está construindo uma coisa forte para o Remo. É essa entrega, dedicação, que está nos trazendo resultados. Como um todo, a gente está reagindo bem”, avaliou, pouco antes da derrota para os paranaenses.

Com base no que tem encontrado frente aos adversários, o comandante deu o seu parecer sobre o que foi analisado dentro e fora do Baenão.

Após 1 mês de trabalho à frente da comissão técnica azulina, como fica sua avaliação nessa parceria com o Remo?

Tem sido muito proveitoso, pela entrega dos atletas. A gente vem conseguindo evoluir, dar um padrão à equipe e colocar as ideias que a gente trouxe, melhorar cada um deles, mas isso tudo não aconteceria se não fosse a entrega e aplicação dos atletas.

Qual foi a fórmula adotada para ajudar o time a sair da lanterna e a conquistar pontos importantes na competição desde a sua chegada?

O importante foi essa boa recepção dos atletas com o trabalho, aceitação. Eles compraram as ideias de se unirem, mas o mais importante é que estamos levando que a cada jogo é uma decisão. A dedicação deles têm sido o principal para conseguir o que temos conseguido, sair do último lugar.

Em um contexto geral da Série B, cada vez mais disputada, quais equipes têm chamado a sua atenção e por quais motivos?

As equipes que chamam atenção são as que têm o trabalho de médio a longo prazo. Isso fica de exemplo a todos os clubes do nosso país. Fora isso, foco mesmo é no Remo. A gente está buscando crescer cada vez mais na competição e o nosso foco é esse.

O fim do primeiro turno está próximo. Como você enxerga o desenvolvimento da competição e do próprio Remo?

A gente enxerga com bons olhos o segundo turno. Quanto mais tempo estivermos juntos, agora que está fazendo um mês de trabalho, mais tempo vamos evoluir, crescer. Vamos ter esse desenvolvimento com o tempo e por isso a perspectiva para esse segundo turno é boa.

O objetivo azulino, até então, é na briga pela manutenção na Série B ou já se pode abrir espaço para novas metas?

O foco nosso agora é se distanciar ainda mais da zona do rebaixamento. Estamos com uma boa vantagem e esperamos finalizar o turno com uma boa distância, entrando no bloco intermediário no campeonato. Nossa ideia é entrar de vez no bloco intermediário e depois visualizar o quanto de campeonato tem e até onde a gente pode ir.

Felipe Conceição no Remo

8 partidas – 4 vitórias e 4 derrotas
6 gols marcados e 5 gols sofridos

Diário do Pará, 08/08/2021

16 COMENTÁRIOS

  1. Professor,desejo TODO SUCESSO DO MUNDO para NÓS,mas,gostaria que o Senhor treinasse mais “bolas paradas”e jogadas ensaiadas (pode ser chuveirinho)entre alas e atacantes;precisamos de alternativas para jogos dificeis;dê uma cara nova para esse Time,é td o que queremos!!Boa sorte!!

  2. O Conceição tem uma campanha de 50%, suficiente para o time se manter na série B. O grande problema foi antes, até ele chegar a campanha girava em torno de 23% é saldo negativo de gols, que a campanha dele ainda não conseguiu superar. É como começar o jogo já perdendo. Portanto, é preciso ter mais paciência com ele. Ele já fez jogos bons e ruins, a questão deve passar pelos jogadores também, que são muito irregulares, ora jogam bem, ora jogam mal, assim é muito difícil achar uma constância. Jogadores, assumam responsabilidade dentro de campo.

  3. Sendo que os últimos 4 jogos foram 3 derrotas e uma vitória, a última derrota foi vexame. Pelos números não está tendo evolução nenhuma.

  4. NÃO É UM TÉCNICO COMPATÍVEL, EXPERIENTE PARA AS NECESSIDADES DE GRANDEZA HISTÓRICA E MASSIVA PARA A INSTITUIÇÃO CLUBE DO REMO, COM TODO RESPEITO AO PROFISSIONAL, BASTA VERMOS SEU DESEMPENHO ATÉ O PRESENTE: 8 partidas – 4 vitórias e 4 derrotas 6 gols marcados e 5 gols. JÁ DESCONTANDO A BAIXA QUALIDADE TÉCNICA DO PLANTEL.TRATA-SE DE UM PROFISSIONAL EM INÍCIO DE CARREIRA, E, NÃO DEIXA DE SER UMA “EXPERIÊNCIA”/APOSTA QUE O CLUBE FAZ AO PROFISSIONAL. O CLUBE NÃO PODE SE DAR AO LUXO DESSAS AVENTURAS. E NÃO É A PRIMEIRA VEZ QUE A DIRETORIA USA DESSE MODUS OPERANDI, OUTROS TÉCNICOS RECENTEMENTE TAMBÉM JÁ SERVIRAM DE EXPERIÊNCIA NO CLUBE E O RESULTADO SABEMOS MUITO BEM NO QUE DEU..

  5. Tinha torcedor que estava até fazendo conta para subir para serie A, agora o time é sem vergonha e bla bla bla, a realidade é essa brigar para não cair, ainda temos 6 pontos na frente do Z4, o campeonato vai ser assim, so resta torcer!

  6. A melhor estratégia e duelar fechadinho porque a vitória virá por um gol e assim jogar contra o Vasco e contra o Confiança. Vejam que está é a melhor estratégia para permanecer na B, podemos ´tentar ir sempre para o ataque neste caso a probabilidade é de vencer um e perder dois que é o mesmo que três empates, porém é arriscar muito para quem já alcançou 19 pontos com o objetivo maior de permanecer na B, o que estou propondo é mais estratégico ´para que nos últimos três duelos do primeiro turno alcancemos; 01 derrota, 01 empate e uma vitória, vamos lutar pela vitória porém com um olho voltado para permanência na B. Para aguentar pressão e ir sempre para o ataque requer muito preparo Físico, e caso o Professor Felipe Conceição confie na capacidade Física dos nossos craques então vá prá cima, ainda assim eu entendo que o nosso Leão tem que aprimorar o entrosamento para que não vacile muito nos passes

  7. O Remo não tem elenco pra chegar no G4. Não se iludam. Time que pensa em G4 é regular e não fica desperdiçando pontos em casa. Nosso time só ganhou uma partida fora de casa e perdeu pontos essenciais para times fracos em casa.

    A meta do time é jogar para se manter.

  8. Desculpa Felipe Conceição!,mais um Time que dar um ou 2 Chutes no Gol,durante 90 minutos e mais os descontos, não pode está evoluindo, e sim regredindo!,precisamos urgentemente de um Maestro,um Lateral Esquerdo e um Atacante Matador!,foto Executivo e Diretores de Futebol, o Presidente Fábio Bentes, tem que pensar já na Série B do Ano que vem,e não ficar com medo de onerar Folha Salarial e voltar ao descenso que é voltar a Série C!,tem que colocar a Cabeça pra Funcionar e Contratar!,Pastor Ricardo Oliveira,com uma perna só, é melhor que todos os Atacantes que o Remo tem!,e só com Gedoz, como Referência no meio,não vai nos levar a lugar nenhum!

  9. se voce é um critico sem base, fica na sua, nao atrapalha. se é somente critica, calado! vamos acreditar! saimos da lanterna e todos tem altos e baixo. ex. flamengo perdeu de 4. e agora!

  10. Treinador que acaba de levar peia com um jogador a mais o jogo todo e ainda fala que esta evoluindo, e triste!!

  11. Se está mensagem chegar ao técnico devia rasgar a fantasia e chutar o balde, muito BLA BLA BLA vamos ser rebaixados com os perna de pau que estão afundando o time .
    GEDOZ NAO ACERTA UM PASSE E SO CHUTA PARA ARQUIBANCADA , ERICK FLORES NAO TEM GARRA NEM PASSE SABE FAZER , WELLINGTON SILVA SÓ ENTRA PARA PREJUDICAR O REMO LEMBREM O GOL DO.OPERARIO FOI CULPA DELE E O PENALTY PERDIDO DISPLICENTE , AQUELE JUNIOR QUE JOGOU NO VASCO PODE VOLTAR E MANTER GORNI NO ATAQUE E COISA DE CEGO QUEM.NAO QUER VER O TIME MELHORAR, GANHAM UMA FORTUNA E MANDEM EMBORA POR FAVOR IA ESQUECENDO O DIRETOR QUE CONTRATA ESTAS BOMBAS ARRUMA A MALA TAMBEM POIS NAO ENTENDE DE FUTEBOL , LAMENTAVEL BENTES BOM PRESIDENTE NÃO QUER FAZER NADA E DEIXA A TORCIDA NA BRONCA …..

  12. Nao se iludam , time ruim , técnico não enxerga que GEDOZ, ERICK FLORES , WELLINGTON SILVA , RENAN GORNE , RAFINHA , não em garra nem.qualidade para chutar ou passar a bola . Diretor que contratou estás BOMBAS vai embora também, presidente Bentes considerado renovador do clube use autoridade estamos cansados destas bombas .lamentável

  13. O Felipe Conceição tem 50% de aproveitamento com um time que era lanterna da competição, irregular, em um clube que acabou de subir e desde o começo anunciou que o objetivo principal é permanecer na segunda divisão.

    Aí vem o Zé Pereirinha da esquina, formado achismo, dizer que o cara não presta e é um péssimo profissional pq não é um velho que tá no futebol há 100 anos. Fala sério…

    Felipe tá vc tirando leite de pedra com esse time.

    Imagina o cara olhar pro banco de reservas e ver um Wellington Silva de opção… Deve bater uma tristeza horrível, por isso que ele tem essas olheiras.

  14. Gostaria que o treinador colocasse os jogadores para , treinarmos jutes ao gol, pois a maioria só chuta pra fora, isso quando chutam.

  15. Ainda tenho confiança na equipe do Remo, mas precisamos de reforços que sejam de nível melhor que os nossos atletas. O Wellington Silva não deu combate imediato ao Tomaz e o gol saiu. Os jogadores do Remo têm de dificultar ao máximo bolas como a que resultou no gol. Não devem ter medo de levar dribles e deixar de marcar com o olho, encostando imediatamente no adversário. Espero que o comportamento da equipe seja outro, pois o Goiás tem qualidade, mas temos que mentalizar a grandeza do Remo e da sua torcida. Sorte ao Leão Azul.

Comments are closed.