Goiás-GO 1×1 Remo (Victor Andrade)
Goiás-GO 1×1 Remo (Victor Andrade)

O técnico Felipe Conceição gostou do que viu no empate em 1 a 1 do Remo com o Goiás (GO), no estádio Hailé Pinheiro, pela 17ª rodada da Série B. O Leão fez uma partida equilibrada e foi buscar o empate já nos minutos finais do jogo.

“Não merecíamos sair daqui com a derrota, muito pelo contrário. Enfrentamos uma equipe que briga pelo G4 e é postulante ao título da Série B. Jogamos uma grande partida, de igual para igual, no campo desse grande adversário. A equipe está de parabéns!”, disse.

“O resultado foi justo, mas na maior parte do tempo o Remo foi superior, no meu ponto de vista”, completou.

Mesmo que a vitória não tenha vindo, Conceição frisou a atuação do Remo durante os 90 minutos e afirmou que a equipe voltou a ser aquilo que ele vem treinando desde que chegou ao Baenão.

“Foi um grande resultado. O que fica de mais importante é voltar a ter desempenho. Voltamos a jogar no padrão que estamos construindo, dentro da disciplina tática que estamos montando dentro da equipe e isso me deixa muito satisfeito”, apontou.

O Remo não terá muito tempo para descansar para o próximo compromisso na competição. Nesta sexta-feira (13/08), às 21h30, o time azulino já recebe o Vasco (RJ), no Baenão. Para essa partida, Felipe Conceição não poderá contar com o meia-atacante Felipe Gedoz, que recebeu o terceiro cartão amarelo, podendo ter ainda mais desfalques.

“Isso é Série B. A cada 3 dias estamos jogando, viajando. Isso demonstra também sinais através de lesões. Estamos vendo também que os cartões amarelos estão dando suspensão para vários atletas. Temos que gerir esse ciclo de vários jogos, pontuar o máximo possível, como fizemos hoje (terça-feira), para terminar o turno bem”, concluiu o técnico.

Globo Esporte.com, 11/08/2021

10 COMENTÁRIOS

  1. Porque que o Remo não consegue manter esse padrão de jogo, não dá pra entender se todos os jogadores participam do mesmo treino. Uma pergunta pôr que o treinador não tá usando o Curua, acho importante colocar o jogador pra jogar ir pegando ritimo de jogo.

  2. ADMINISTRADOR DO SITE. POR QUE MINHAS POSTAGENS SOBRE TABELA/CLASSIFICAÇÃO DA SERIE B NÃO FORAM PUBLICADAS, FORAM CENSURADAS: QUAL A RAZÃO/CRITÉRIO?

    • Nenhuma mensagem está sendo censurada. Procure novamente. Atualize a tela. Limpe o cache do navegador.

  3. A verdade que o remo tem um time bom, mais não tem um elenco bom, se sair um ou dois jogadores dos titulares ja cai bruscamente o padrão de jogo, esse ano acho que vamos sofrer um pouco (tomara que não), mais o objetivo vai ser alcançado e ano que vem vamos pensar em subir PRESIDENTE F.B!

  4. Realmente o Remo foi competitivo e foi um partida muito boa para se assistir. O Conceição entrou com um esquema 4x1x4x1, o time do Remo controlou o jogo, chegou a dominar e merecia ter saído com placar favorável no primeiro tempo. O jogou do Remo caiu no segundo tempo, levou o gol, aí o Conceição mudou para 3x4x3 com as adequadas substituições, voltou a equilibrar o jogo e passou a ser mais ofensivo, foi premiado pelo gol do empate e se tivesse mais tempo poderia ter até virado o placar em favor do Remo.

    Mas o time precisa parar de tomar gol bobo por falha individual, precisa ter liderança dentro de campo para chamar atenção durante o jogo para evitar vacilos. O jogo Lucas Siqueira tem que ser resgatado, ele anda muito apático, está muito aquém do que pode produzir em campo.

    Também é preciso treinar muito batidas de faltas, pois houveram pelo menos três ótimas chances próximas a grande área e que foram muito mal cobradas pelos jogadores do Remo, e em jogos difíceis falta decide.

    No geral ontem o time do Remo foi guerreiro e obediente a proposta tática, as mudanças de esquema e peças foram determinantes para o bom resultado contra o Goiás, mostrando a competência do Conceição de mudar durante o jogo e para vencer. Isso é muito bom!

    • Justamente o time foi bem porque cumpriu o esquema tático e isso velou algumas falhas individuais (Uchôa, W Silva batendo cabeça, Jansen que foi driblando e em outro lance ao invés de soltar a bola, resolveu driblar e perdeu, quase resultando no segundo gol do Goiás, o Vinícius salvou, e Artur que perdeu uma bola e quase complica). A aplicação tática escondeu a atuação discreta de uns e o esforço maior de outros. É preciso ter equilíbrio. O Resultado foi justo.

  5. Muito embora cada profissional tem um estilo e/ou característica; o nosso treinador tem ser mais vibrante na beira do campo para não deixar o time cair de produção ou de intensidade. Voz de comando mais enfática pode ajudar alguns jogadores a não diminuir o ritmo.

  6. O Remo não tem sede de vitória, sempre joga da mesma forma fora ou em casa, por isso vamos brigar para se manter.

    O leão precisa mudar essa mentalidade, senão vamos só viver de campeonato paraense e vitória em REPA o que é muito pouco para um time centenário…

  7. Gostei do Remo,no 1′ tempo principalmente,qdo poderiamos ter feito o placar da partida!

  8. Entrar com Rafael Jansen foi pedir para não ganhar. O Sueliton foi titular, mostrou firmeza, já está recuperado e não entra. Será que ninguém viu como ele foi apavorado em cima do Nícolas. Ele só tem feito besteira, total falta de controle e continuam escalando ele. O que ele precisa fazer mais para mostrar que não está em condições emocionais???

Comments are closed.