Fábio Bentes
Fábio Bentes

O Remo é o único representante do Norte na Série B de 2021, que vem sendo considerada a “maior Série B de todos os tempos”.

Para o retorno do Leão, a diretoria segue montando uma estratégia para formar um elenco forte, para que o clube obtenha uma boa campanha. O presidente Fábio Bentes falou sobre alguns pontos como folha salarial, procura por atletas e despesas, relatando as dificuldades encontradas nesse processo.

O mandatário remista sabe que a tarefa é difícil e espera contar com o apoio do torcedor, mesmo que ainda esteja proibida presença de público nos estádios.

“O desafio de fazer a Série B sem torcida é para todos, mas entramos com vantagens. A primeira é sair de uma situação sem recurso (Série C), para uma com cota (Série B). Isso dobra nossa capacidade de investimento. É diferente de quem saiu da Série A com investimento de R$ 30 milhões e cair para R$ 6 milhões”, comentou.

“Temos uma torcida engajada e vamos trabalhar com isso. O lançamento do sócio-torcedor passa por isso, para montarmos um time competitivo”, disse.

Bentes afirmou que o investimento neste momento é limitado, mesmo com a cota de R$ 6 milhões, já que o valor será recebido em 10 parcelas, mas garantiu que a folha será próxima de R$ 1 milhão na Série B.

“Não será um time de R$ 2 milhões, esperamos ficar entre R$ 800 mil ou um pouco mais, dependendo das arrecadações, mas não é só isso que se gasta no futebol. Temos comissão, funcionários, o dia-a-dia e os jogos. Uma partida custa em torno de R$ 30 mil e, sem bilheteria, o clube é obrigado a tirar do bolso. Estamos, literalmente, pagando para jogar”, contou.

O Leão está atento às negociações no mundo da bola. O clube busca reforços nesse momento e tenta já deixar engatilhados pré-contratos com atletas que disputam o Paulistão, principal centro dos atletas nesse período de Estaduais.

“Mantivemos a base, chegaram jogadores que julgamos ter um bom nível para a Série B e outros que são apostas, que estamos avaliando, que podem ficar ou não. Temos um ‘número mágico’ de 7 atletas, que estamos trabalhando no mercado para trazer após o Parazão”, revelou.

O Liberal, 31/03/2021

10 COMENTÁRIOS

  1. Vamos lá presidente FB, competência tem mostrado e estamos acreditando na campanha na série B e que será montado um time dentro de um planejamento criterioso.

    • É isso! Presidente já demonstrou que é possível administrar com os “pés no chão “, sem atropelos e de forma eficiente. Acredito em uma boa campanha na série B. Indentifico que o trajetória para isso está sendo realizada com bons critérios e responsabilidade. Torcer pelo Remo é torcer também pelo êxito na gestão do clube.

  2. Isso mesmo, pés no chão. Lança o sócio torcedor com sorteio de prêmios, que a torcida abraça a causa.

  3. Ao melhor presidente e diretoria disparada dos últimos 20 anos ,trabalhando com honestidade,transparência e competencia que faltou aos dirigentes anteriores…falta um homem assim na política do estado do Pará que seja honesto e competente ,pois só temos corruptos e aproveitadores.

  4. Nesse sócio torcedor deveria ter um plano que todo início de temporada garantisse uma Camisa da nova temporada pra quem tivesse pago a temporada toda de sócio torcedor.

    • Já teve isso na temporada 2020. A expectativa é que se mantenha com os novos planos em 2021.

  5. Remo 100% eu acho o lukinha um moleque bom de bola porque não trazer ele para a série b ele iria ser um bom meia atacante de beirada ia nós ajudar bastante!!

Comments are closed.