Rafael Jansen e Paulo Bonamigo
Rafael Jansen e Paulo Bonamigo

A principal dúvida do Remo para o jogo deste domingo (10/01) é se Rafael Jansen terá condições entrar como titular. O zagueiro ficou fora da partida passada, contra o Ypiranga (RS), por causa de uma torção no joelho direito, mas está em transição desde quarta-feira (06/01) e corre contra o tempo para ganhar condições físicas de estar em campo.

Sobre o assunto, o técnico azulino Paulo Bonamigo não quis cravar nenhuma situação a respeito de escalação.

“Em relação a nomes dentro do clássico, de começar o jogo, fica muito mais para a torcida. Às vezes, a gente vê algumas situações de alguns atletas que não estão jogando e muita gente não sabe o que acontece aqui dentro; ou os que vão jogar, porque vão jogar. Isso tudo é questão estratégica. Temos uma base que foi construída desde chegamos e essa base deve ser mantida. Esperamos motivá-los da melhor maneira possível”, despistou.

A entrevista coletiva virtual foi realizada antes do treino desta quinta-feira (07/01). Além das preocupações de praxe, como jogadas ensaiadas e bolas aéreas, Bonamigo frisou que a parte psicológica será decisiva.

“Em clássico, sempre falo que é importante você ter equilíbrio emocional, para ter o cognitivo, a inteligência de jogo. É importante saber o que vai fazer, saber onde a gente pode encontrar soluções. Evidente que, pelo tamanho da responsabilidade que existe nesse momento, as duas equipes brigando por um acesso, tem um peso emocional enorme. O que a gente vai procurar trabalhar, nesse momento, é esse controle. Tendo controle, você consegue ter uma visualização melhor do que acontece nos 90 minutos”, ponderou.

“Acima de tudo, nesse momento, acho que temos que saber que esse jogo vai ser construído em cima de detalhes. Dentro daquilo que a gente trabalha, dentro daquilo que a gente procura organizar a equipe, mas muito em cima do emocional, da vontade, do desejo, com inteligência”, apontou Paulo Bonamigo.

O treinador do Leão ainda afirmou que, independente se haverá vencedor ou não, será um grande jogo.

“Respeitamos muito o nosso adversário. A gente sabe que clássico não tem favorito, independente do momento. O momento das duas equipes é muito bom, são as duas que até estão brigando pela liderança da chave. Esperamos um grande jogo, que o Remo possa, realmente, fazer uma partida brilhante. É ter foco, determinação, vontade e merecimento. Ninguém chega ao acesso sem ter méritos. São duas equipes que cresceram muito dentro da competição, estão muito fortes, são as duas melhores pontuações dos dois quadrangulares. Clássico de grande equilíbrio e vamos motivar nossa equipe para vencer”, avaliou.

O Leão volta a campo neste domingo (10/01), a partir das 18h, para enfrentar o Paysandu, no Mangueirão. O jogo é válido pela 5ª rodada do quadrangular do acesso na Série C e terá transmissão ao vivo e exclusiva pela DAZN. Clique aqui para fazer sua assinatura agora e ganhe 30 dias grátis.

Globo Esporte.com, 07/01/2021

5 COMENTÁRIOS

  1. TEM QUE GANHAR E JOGAR A MUCURA PRA DISPUTAR A SEGUNDA VAGA, ESTIVEMOS SEMPRE NA FRENTE NÃO É AGIRA QUE VAMOS DEIXAR ESCAPAR O ACESSO.

  2. Domingo o Bonamigo tem que escalar um time para ganhar,eles nao vao ter o lateral direito vai estar improvisado um dos zagueiros,Wallace era uma boa opçao caindo pela esquerda,apesar de que um empate nao e uma tragedia ,bora LEAO VENCER

  3. Jogar contra a mucura nao tem segredo,e so anular o Nicolas bota alguem p marcar ele individualmente que ele se aborrece porque gosta de jogar solto,cola nele e pronto nao deixa ele subir sozinho p cabecear,e depois e so bota eles na roda e subir p serie B

Comentários