Paulo Bonamigo
Paulo Bonamigo

O Clube do Remo voltou a jogar mal e tropeçou em casa na tarde desta quarta-feira (16/06), ao empatar pelo placar de 0 a 0 contra o Vitória (BA), em jogo válido pela 4ª rodada da Série B. Os azulinos foram pouco produtivos na partida.

A criatividade azulina é uma questão que vem sendo bastante criticada. Em um esquema de 4-3-3, o Leão vem tendo poucas chances de gol durante os jogos. A falta de qualidade na transição ofensiva, após roubada de bola, vem sendo um problema, segundo o técnico Paulo Bonamigo, que destacou o esquema defensivo usado pelo adversário e se disse frustrado com o empate.

“Tem momentos que nossa transição fica com ligações diretas. Não temos um time com características dessas bolas lançadas para a frente. Estamos com essa dificuldade. Roubamos a bola na faixa central, mas não conseguimos surpreender o adversário. O Vitória (BA) fez um encaixe com um 5-3-2 ou 5-4-1. Temos que buscar trocar as posições para criar facilidades dentro do jogo com uma movimentação mais intensa e rápida para termos a possibilidade de chegar ao gol”, disse.

“Ficamos frustrados. Queríamos a vitória para ficar em uma posição mais confortável dentro da tabela de classificação”, completou.

Questionado sobre a mudança no sistema tático da equipe, o comandante azulino disse que o problema não é usar o 4-3-3 ou o tradicional 4-4-2 na busca pelas vitórias, mas a atitude que a equipe azulina deve ter dentro das quatro linhas. Ele lamentou a falta de tempo para realizar treinamentos para testar novas variações no esquema do time.

“Atuamos em um modelo de 4-4-2, com variação para o 4-3-3 em alguns momentos de ataque. O esquema tático não é o problema pelo que estamos passando. Acima do sistema tático está a atitude da equipe. A estratégia tem que ser seguida. Uma mudança exige treino e o calendário não nos permite. Estamos tendo só jogo praticamente. Não estamos tendo treinos táticos para criar uma plataforma de variação com 3 zagueiros, por exemplo. Até temos perfil para isso, mas nesse momento é preciso atitude. Não sofremos gols. Tivemos ótima concentração, mas nos faltou força ofensiva. Faltou mais agressividade para pressionarmos o adversário”, apontou.

O próximo desafio do Clube do Remo será contra o Avaí (SC), que venceu o Vasco (RJ) em São Januário, nesta quarta-feira (16/06). A partida será realizada no estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC), no próximo sábado (19/06), às 16h30. Os azulinos viajaram às 03h desta quinta-feira (17/06).

O comandante falou sobre pontuar fora de casa e do equilíbrio que a Série B vem mostrando nesse início.

“Quando não se consegue vencer em casa, vamos ter que sair e buscar os pontos fora, como já fizemos contra o CRB (AL). É amadurecer como equipe para buscar a melhora coletiva. Vamos começar a estudar o Avaí (SC). Foram campeões catarinenses e a Série B, às vezes, é muito traiçoeira. Temos que buscar descansar os jogadores que estão jogando, praticamente, a cada 48 horas. As lesões de esforço estão aparecendo. Temos que buscar recuperar os pontos que perdemos em casa. É claro que queremos jogar bem, mas independente de performance, queríamos, acima de tudo, a vitória. É pensar em melhorar no jogo seguinte”, afirmou.

Perguntado sobre reforços, Bonamigo falou que o clube procura jogadores pontuais para acrescentarem na equipe, mas não revelou as posições. Ele também falou sobre ter iniciado a partida com o meia Felipe Gedoz no banco de reservas, dando lugar a Rafinha.

“Vínhamos reconstruindo a equipe desde a final da Série C. É notório que estamos parcialmente reconstruindo a equipe do Clube do Remo. Temos as reuniões entre comissão técnica e diretoria para buscarmos peças que possam acrescentar qualidade à equipe. Está sendo mostrado o equilíbrio na competição. Tirando o Náutico (PE), que vem se destacando nesse início, as equipes estão niveladas”, observou.

“É importante fazer ajustes para termos a matemática em nosso favor. Tivemos que dar um descanso para o Gedoz, o que é normal. A energia dele nos últimos jogos esteve muito abaixo. Rafinha entrou e acrescentou na parte técnica. Não é questão que falte criatividade. Precisamos ser mais contundentes quando tivermos a posse de bola, para buscarmos a vitória”, encerrou.

Diário Online, 16/06/2021

23 COMENTÁRIOS

  1. Manfa o bonanigo embora e com ele manda gorne, carius, kiss, jansen e contrata um bom tecnico e bons jogadores, isso nao é time pra serie b porra ninguem ve isso

    • É provável que o Treinador Paulo Bonamigo mantenha o mesmo esquema tático usado até o momento, sendo fiel à sua convicção.

      Então, a alternativa será mexer as mesmas peças.

      Vinícius.
      Tiago Ennes, Romércio, Kevem e, Igor Fernandes.
      Rafinha, Lucas Siqueira e Felipe Gedoz.
      Dioguinho, Renan Gorne e, Lucas Araguaia-Tocantins.

      As opções para o decorrer da partida, serão:
      Vinícius Kiss, Edson Cariús, Jefferson, Gabriel Lima e, uma surpresa seria o RONALD, pela esquerda.

      É esperar pra ver!

  2. Realmente não é o esquema tático, são os jogadores que são de baixo nivel técnico pra disputa de uma Série B!!!!!

  3. Bonamigo, tiveste tempo de treinar esse esquema tático antes de começar o brasileiro,então não me venha com desculpas.
    As viagens e os jogos estão apertados para todas as equipes.

  4. Realmente o Leão é o único representante do Norte, se formos considerar as distâncias a única alternativa é fazer reposição, neste caso precisamos de 36 a 40 craques aptos a fazer revezamentos. Por exemplo: devem ter viajado em torno de 18 craques para o duelo contra o Avaí, então os craques que ficaram em Belém podem ficar treinando visando a 6ª rodada que será no Baenão assim pelo menos cinco dos Jogadores que ficaram em Belém devem iniciar o duelo em Belém pela 4ª rodada, gostei do revezamento em que o Gedoz iniciou no Banco pela 4ª rodada, foi uma excelente estratégia do Bonamigo apenas faltou o gol da vitória, posso concluir que o Professor não arriscaria iniciar em Belém deixando no banco cinco dos que viajaram para o Sul, principalmente se o Leão vencer, e o craque titular exigir que não quer iniciar no Banco. Vejam que a folha de pagamento do Leão é alta porque a competição exige jogadores para revezamento. O nosso maior adversário perdeu rendimento e foi rebaixado porque não tinha como manter uma folha mensal com jogadores a altura de revezamento. o Leão tem um bom Time com jogadores a altura de revezamento, acredito que ainda não temos arrecadação para contratar um centroavante fora do Pais que seja goleador a altura dos maiores goleadores da série A do Brasileirão.

  5. O Bonamigo é o autêntico técnico bombeiro, igual aos demais treineiros do Brasil. Eles têm um único esquema tático que costuma dar certo no início, porém, ao ficar marcado pelos adversários, entram em espiral negativa e nunca têm um plano B. O caso do Remo é ainda mais grave porque o elenco é horroroso.

  6. BONAMIGO DIZ QUE E ESQUEMA TATICO, ESCALA MAL O TIME, ENTÃO, ESCALOU O DIOGUINHO NA POSIÇÃO ERRADA ESSE JEFERSON NÃO PRESTA, UCHOA MATANDO, RAFINHA MORTO EM CAMPO, JANSEN FALHANDO COMO SEMPRE, CARIUS NÃO PRESTA, GABRIEL LIMA BICHADO, NÃO TEM MEIA O UNICO TA CANÇADO PRA FINALIZAR ESTAMOS BEM SERVIDO E AGORA DIRETORIA, TAMOS FU FU.

  7. Muito me preocupa essa frase de que ” Não é o esquema tático o motivo para o baixo rendimento da equipe. Tem que lembrar o que aconteceu contra a Tuna nas semisfinais do paraense. Assumir não é defeito. Permitir os acontecimentos sem mudanças e estratégias é no mínimo ser teimoso.

    Mas assim mesmo acredito na redenção do meu glorioso clube do Remo.

  8. Realmente é muito cansativo clube do norte fazer dois jogos semanais, praticamente não dá tempo para treinar. A a CBF deveria fazer uma tabela mais inteligência sempre com jogos semanais, então fazer duas rodadas fora e duas em casa quando tiver dois jogos na mesma semana.

    Bonamigo tem tirado leite de pedra, mas tem sido muito paizão e teimoso. Não concordo que não houve tempo de implementar esquemas táticos diferenciados a serem utilizados em situação de jogo e conforme adversário, por exemplo, entrar com três zagueiros em jogos fora. Vai começar quando as variações táticas? Tem que pensar daqui pra frente, fazer as mudanças táticas e por as peças mais adequadas para exercer as funções no determinado esquema.

    Concordo que falta atitude dos jogadores para vencer os jogos, mas também é preciso afastar do time as laranjas podres e não insistir em jogadores que estão descompromissados com o Remo, como a “estrela cadente” Dioguinho da balada.

  9. Realmente não é esquema e sim escalação: kis, Jeferson, Rafinha, Gorne, são as perebas de estimação desse técnico burro, o Wallace e o Curua não foram nem relacionados são muito melhores que essas perebas…

  10. O esquema tático não e motivo mesmo, a péssima qualidade dos jogadores, aí sim taí o motivo. Técnico não ensina ninguém a jogar bola.no elenco ainda não vi ninguém que vá emplacar nessa série B.

  11. Remo 100%, o Bonamigo recebe nossos comentários? Se não recebe deveria receber, pra sentir como bate um coração azulino e ter a consciência de sua responsabilidade para com a torcida.

  12. Estou em dúvida se esse grupo é de torcedores do Remo,porque só tem reclamações,só tem secador fazendo comentários que não vê nada de positivo no time,que torcida fora do contexto,parece que vivem em outro mundo no mundo dos sonhos …a nossa realidade é outra ,acordem que vocês estão perdidos em devaneios, vão torcer para o real Madrid então…o clube do Remo estava a 14 anos sem disputar uma série B e muitas vezes nem conseguimos vaga na D,o clube estava sem estádio,sem renda e sem calendário,voltamos agora e estamos no meio da tabela de 20 clubes com 1 vitória,1 derrota e 2 empates, não estamos fazendo feio não,torcida só fala em contratação,cadê o dinheiro? Voces vão bancar?muita gente sem noção,até acho que são mucurentos querendo tumultuar o ambiente,vamos melhorar gradualmente,campeonato muito enquilibrado e toda vitória tem de ser muito comemorada e vamos nos manter esse ano na série B sim.

    • Eu também acho que tem mucurentos infiltrado aqui, tem camarada pedindo a saída do professor Paulo bonamigo, vamos com calma, se não querem ajudar, então não atrapalhem.

      • Concordo plenamente. Os caras não podem comprar um Toyota e querem uma Ferrari. Se abracem com um Fusca usado, dei manutenção adequada que ele anda muito bem, é só alegria

  13. Por que não tentar um esquema 4-4-2 (2 meias (Gedoz e Rafinha e 2 volantes (Lucas Siqueira e Uchôa e 2 atacantes (Gorne e Dioguinho pelo lado)? Só o Gedoz ali não dá…

  14. O CLUBE DO REMO TEM AINDA EMBORA QUE CORRA RISCO DESNECESSÁRIO, ATÉ PELO MENOS A 10ª. RODADA. PARA TOMAR AS DEVIDAS PROVIDÊNCIAS:

    – UMA MUDANÇA RADICAL, TROCAR DE TÉCNICO. Bonamigo CUMPRIU SEU CURTO E PROVEITOSO CICLO CONTRIBUINDO PARA O ACESSO A SÉRIE “B”.

    – ‘DISPENSAR’ QUASE UM TIME COMPLETO E SEM QUALIDADE DE CONTRATADOS, E REFAZER CONTRATAÇÕES CRITERIOSAS (MESMO QUE O MERCADO ESTEJA ESCASSO JÁ COM O SEGUIMENTO DOS CAMPEONATOS).

    – MUDAR/VARIAR (COISA QUE Bonamigo NÃO ESTÁ REALIZANDO) ESQUEMA TÁTICO COM A VINDA DE OUTRO TÉCNICO.

    – DEVIDO AS DESCULPAS DAS “LONGAS E CANSATIVAS VIAGENS DE NORTE A SUL” (OS ADVERSÁRIOS TAMBÉM NÃO VIAJAM? OU JOGAM VIRTUALMENTE?), TREINAR E ESCALAR JOGADORES DA BASE, “SUB-20”, PARA TAMBÉM JOGAREM DURANTE AS “VIAGENS LONGAS E QUE SÓ CANSAM E DESGASTAM O CLUBE DO REMO”.

  15. Não somos técnicos e nem temos a experiência do Bonamigo no futebol, somos apenas torcedores e torcedoras, porém, da mesma forma que não precisamos ser cozinheiros e cozinheiras pra saber que um alimentos está salgado, doce, azedo ou amargo, conseguimos, na maioria das vezes, observar que o time está jogando muito mal. Essa série B está de baixíssimo nível, é verdade, jogos horríveis, os times .ais arrumados, vão se destacar e descartar no início e nós não estamos entre eles, somos mais um. Esse esquema tático, arrisco a dizer, é completamente inadequado no momento atual, o melhor, na minha opinião, era mudar para o conhecido 442, e quando não estivesse com a bola fazer as duas linhas de 4 e quando fosse atacar deixasse os dois atacantes livres pra isso. No esquema atual, o Dioguinho por exemplo, e isso aconteceu com o Tocantins, está sendo muito prejudicado porque tem que ficar marcando a toda hora, marca mais que ataca. Eu não usaria o 352 que pode se transformar em 541 porque é muito mais complexo e não temos zagueiros pra isso, pra jogar em linha de 3. O velho e bom 442 já ajudaria muito. Porém, os atletas precisam se comprometer também, nenhum esquema faz por eles, ajuda, mas não faz. O Remo teve sorte até agora, enfrentou equipes muito fracas também, mesmo o Botafogo não jogou nada, mas nos ganhou de 3, Vitória fez um jogo horrível e a rodada nos favoreceu. Até quando?

  16. Boa pergunta Flávio, mas, acho difícil chegar até ele senão já tinha se manifestado, não custaria nada ouvir um pouco a torcida.

  17. Eu acho intrigante essa quase unanimidade dos técnicos atuais pelo 4-3-3, sem que isso signifique um futebol vistoso por parte dos times que o praticam, muito pelo contrário, o futebol visto atualmente chega a dar calos nos olhos. Nos anos 90, quanto comecei acompanhar futebol, ninguém jogava com três atacantes, embora a qualidade dos jogadores naquela década fosse muito, mais muito superior à atual, todos os times jogavam de forma simples com dois volantes, dois meias e dois atacantes. Nos anos 2000, surge a moda do 3-5-2 que teve como auge a seleção pentacampeã e o São Paulo tricampeão nacional.
    De repente, em meados da década passada, os times começaram a jogar com três meias e um só atacante, o badalado 4-1-4-1, e este veio desembocar no 4-3-3 insosso que temos visto onde não há espaço para outra forma de jogar. A cegueira é tanta que ninguém pode discordar dos professores da bola, haja vista, o nosso professor Bonamigo. Na minha opinião, os técnicos brasileiros, não têm teoria alguma sobre tática, o que eles fazem é apenas seguir a moda da vez, ou seja a manada.

  18. Os comentários são bem colocados, assim eu fico um pouco agitado porque o Futebol não tem muita lógica, ou seja o Bonamigo pode atuar no esquema 4X3X3 e o Leão sair vitorioso, pode dar ao contrário. No duelo contra o Vitória deu certo realmente eu previa empate ou vitória o Leão e o nosso querido Clube do Remo terminou a rodada no G10, eu não sei avaliar corretamente este duelo contra o Avaí porem eu tenho certeza que se o Leão apresentar boa movimentação o duelo deverá ser empate ou na hipótese de vitória, quem aproveitar melhor as oportunidades vencerá, eu aposto que desta vez o Leão vencerá Avaí 2X3 Leão, a diferença será de um gol poderá ser Avaí 0X1 Leão.

Comments are closed.