Fábio Bentes
Fábio Bentes

A partir da próxima semana, o Remo vai dividir as atenções em 2 competições. A reta final da Série B vai ganhar a companhia da edição 2021 da Copa Verde, torneio regional que o Leão chegou 2 vezes na final, mas que ainda não conseguiu levantar a taça, sendo a última delas na temporada passada, quando perdeu nos pênaltis para o Brasiliense (DF), em Belém.

Agora, o ponto central da questão em torno da participação azulina no torneio é em relação a utilização do elenco, já que o risco de rebaixamento no Brasileirão ainda não está totalmente eliminado.

O presidente do Remo, Fábio Bentes, garantiu que o plantel azulino foi montado visando disputar todas as competições de forma “competitiva”. Além disso, ele adiantou que na estreia, na terça-feira (19/10), contra o vencedor do duelo entre Galvez (AC) e Ypiranga (AP), o Leão deve entrar com um time mesclado por conta da viagem de retorno de Santa Catarina, onde a equipe vai enfrentar o Brusque (SC) nesta sexta-feira (15/10), pela Série B.

“Na estreia, dentro do nosso planejamento, a gente deve jogar com time ‘misturado’. Claro que nosso time considerado ‘não primeira linha’ é muito forte. Montamos um elenco competitivo para a Série B. Sabemos que vamos ter um time para buscar o resultado. É jogo único em Belém, vamos buscar isso, até porque vamos vir de uma viagem muito cansativa (de Brusque-SC), chegando aqui somente no domingo (17/10). Os jogadores ditos ‘titulares’ não tem condições físicas de jogar na terça-feira (19/10)”, disse.

Com a proximidade do final da Série B, a tendência é haver um intervalo de até uma semana entre os jogos. Fábio Bentes avaliou esse fator como positivo para conciliar as competições dentro do calendário.

“Acho que facilita um pouco. Vamos ter uma semana que vão ter 3 jogos, mas no geral é isso (1 jogo por semana na Série B) e sabemos que dá para fazer”, finalizou.

Roma News, 13/10/2021

12 COMENTÁRIOS

    • Se com o time titular já é uma dificuldade em vencer imagina com time mesclado, Este FB é cara de pau ao dizer que montou um time competitivo se fosse competitivo o Leão Azul estaria no G4 e não se aproximando do Z4.

  1. Não, é sto aí Bentes, nada como uma Copa Verde, um Parazão para lavar a alma, a qui nós somos grandes, é nós. Isto que é ser grande, viva ao nosso passado, presente e futuro glorioso.

  2. Graças a Deus, que o Matheus Oliveira foi dispensado para acompanhar o nascimento de seu filho(a), mas o teimoso Felipe Conceição deve colocar no lugar dele o Rafinha, aí vai ser trocar 6 por meia dúzia. O presidente F. Bentes disse que vai ter o time competitivo na Copa Verde, tomara que esses reservas que vão jogar na primeira partida honre o manto azulino e conquiste a vitória, por que nessa fase da Copa Verde as partidas são eliminatórias, perdeu deu adeus a competição, acredito no meu Leão que desta vez vai ser campeão dessa Copa, vamos que vamos meu Leão, pra cima deles.

  3. Pois é, se o Remo tivesse começado a temporada com a ambição um pouco maior, agora, estaria praticamente garantido na série B e poderia se dedicar a passar o chapéu, e a conquista de grandes títulos.

  4. Verdade amigo, O remo tinha tudo pra subir mas o tecnico todo tempo falando que o objetivo maior era se livrar do Z4 ai nao da ,comeca a da fraqueza e acaba acontecendo isso mesmo.

  5. Para mim, o Remo não está nem um pouco confortável. Estamos apenas a 8 pontos da zona, em função de umaa campanha muito irregular. Tomem cuidado com as decisões, não se pode errar mais. Vamos garantir a série B, depois para retornar……..que diga o Santa Cruz.

  6. Ô Bentes, vc é muito iludido, com esse elenco e com esse tecnico ruim, os jogadores jogam fora de suas posicoes e tu nao faz nada, sao 36 ou 37 jogadores para jogarem errado, dificil, eu nao me iludo.

Comentários