Ferroviário-CE 1×0 Remo (Fredson)
Ferroviário-CE 1×0 Remo (Fredson)

Na Arena Castelão, em Fortaleza (CE), o Remo visitou o Ferroviário (CE) na neste sábado (17/10), pela 11ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Em jogo, a manutenção da sequência invicta do Leão nos últimos jogos, quando venceu 3 e empatou 1. Do lado cearense, a busca por uma vitória que não chega há 3 rodadas.

Os primeiros minutos da partida foram de muito estudo entre as equipes, com as ações ficando travadas no meio de campo. Aos 12 minutos, os donos da casa ensaiaram uma pressão. O lateral-direito Gabriel Cassimiro fez boa jogada e invadiu a área, mas na hora de acionar William Lira, a zaga do Remo chegou cortando.

No minutos seguinte, Tiago Costa fez boa jogada individual e tocou para William Lira. O atacante tentou marcar de letra, mas a zaga do Remo cortou de novo.

Aos 17 minutos, a zaga do Remo saiu jogando errado e a bola caiu no pé de Tiago Costa. Da entrada da área, o lateral-esquerdo mandou no canto e obrigou Vinícius a fazer grande defesa.

A primeira chegada do Remo foi aos 27 minutos. Após erro de passe do Ferroviário (CE) no meio-campo, Wallace tocou de cabeça para Eduardo Ramos. O camisa 10 do Remo disparou em velocidade, invadiu a área e bateu com força, mas a bola foi na rede pelo lado de fora.

A resposta do time da casa veio em seguida. Siloé recebeu na esquerda, invadiu a área, passou por Fredson, mas bateu fraco e facilitou a defesa de Vinícius.

O segundo tempo começou agitado. O Leão voltou om Tcharlles no lugar de Carlos Alberto e chegou perto do gol logo aos 3 minutos. Após bate rebate na área, a bola sobrou limpa para o atacante azulino, que acertou a trave.

Quem não faz, leva. Aos 5 minutos, Diego Lorenzi cobrou escanteio, Olávio desviou e Wesley, “colado” na trave, empurrou para o fundo do gol: 1 a 0.

Aos 12 minutos, por muito pouco o placar não foi ampliado. Siloé recebeu na esquerda, encarou a marcação e bateu cruzado. André Mensalão chegou atrasado e a bola atravessou a frente do gol do Remo.

Aos 21 minutos, foi a vez do goleiro Genivaldo salvar por 2 vezes o empate do Leão. Tcharlles recebeu na esquerda, limpou dois marcadores e bateu no canto. O goleiro do Ferroviário (CE) rebateu a primeira e tirou a segunda com o pé.

Aos 30 minutos, Eduardo Ramos recebeu dentro da área e bateu fraco, em cima de Genivaldo.

As equipes ainda tentaram criar algo, principalmente o Remo, mas a falta de inspiração na hora da finalização impediu que o placar fosse alterado.

Com o resultado, o Ferroviário (CE) pôs fim a série de 4 jogos de invencibilidade do Remo na competição e voltou a vencer no torneio. Agora, o time cearense soma 17 pontos e se mantém na 4ª colocação do Grupo A. O Remo permanece com 19 pontos, sem risco de perder a 3ª colocação.

O Leão volta a campo neste sábado (24/10), às 19h, para enfrentar o Imperatriz (MA), no Mangueirão, em Belém. O jogo é válido pela 12ª rodada da Série C e terá transmissão ao vivo e exclusiva pela DAZN. Clique aqui para fazer sua assinatura agora e ganhe 30 dias grátis.

Roma News, 17/10/2020

16 COMENTÁRIOS

  1. Infelizmente o Remo perdeu esses pontos hoje. O adversário está ladeira abaixo desde a saída do Wellington Rato e visivelmente não é um time que o Remo não pudesse ganhar. Não entendi pq o ER ficou até o final?! Estava sem condições (provavelmente ainda não está totalmente recuperado) e isso acabou prejudicando o time.
    Não podemos perder o ritmo.

  2. Tirou o Marlon que tava cruzando a bola na área e deixou o Eduardo Ramos que tava morto .
    Mas ele pecou na entrada de Gelson Egua do cara ruim lento de mais

  3. vai perder tanto gol na pqp
    Hj não podia perder.
    Não entendi a saída do Carlos Alberto no intervalo e nem a do Wallace que jogou de 9 no início do 2T
    Gelson, ER e charles mataram o time hj
    Aliás esse charles fdp ficou olhando a bola no cruzamento do gol invés de acompanhar o ser marcador até o fim da jogada .
    Não dá pra acreditar que nosso melhor volante de marcação seja o limitadíssimo charles que tudo o que tem é Só um chute forte .

  4. O time do Remo foi apático no primeiro tempo, foi um festival erro de passe e entrega de bola no meio de campo para o adversário. Não saiu perdendo por incompetência dos atacantes do Ferroviário.

    Na virada do intervalo houve a troca equivocada quando saiu Carlos Alberto e entrou o Tcharlles, deveria ter saído o ER e entrado o Eron, pois ER estava visivelmente fora de jogo, muito lento, com dificuldades de dominar a bola e trocar passes, sendo presa fácil para os defensivos do Ferroviário.

    Apesar disso melhorou o jogo do Remo, mas levou um gol besta e não teve competência de empatar a partida.

    Durante o jogo o time do Remo não fez 1 único chute forte no gol adversário que efetivamente pudesse exigir defesa difícil do goleiro adversário, foi só chute fraco ou pra fora. Inaceitável o gol perdido pelo João Diogo, no geral o ataque foi pífio.

    Os volantes foram mal. Os laterais não acertaram sequer 1 lançamento para a área na condução de gol aos atacantes.

    O consolo é que o Remo perdeu para um clube do G4, resta torcer que os clubes que estão atrás e mais próximos ao Remo não vençam seus jogos.

  5. Todas as substituições ofensivas possíveis, foram realizadas pelo Treinador Paulo Bonamigo. Entraram Tcharlles, Eron e, João Diogo.

    As outras duas mudanças foram, Lailson no meio e, Mandai na lateral. Até aí, tudo bem. As alterações foram feitas, mas, pouco produziram.

    Talvez, que o ocorrido, tenha sido a resposta, ou melhor, a não resposta, dos que iniciaram a partida.

    O Gelson não correspodeu às expectativas do Treinador e da torcida.

    O Eduardo Ramos só deu aquele pique ao receber o passe de cabeça do Wallace, mas não teve pernas para entrar na área, equilibrado e, finalizar no gol.

    O miolo de zaga, Fredson e Jansen, parece desmiolado. Não transmite confiança e, perde quase todas pelo alto. Caso do gol adversário.

    Dos laterais, o Luz ficou muito preso atrás, devido ao ataque inimigo constante pelo seu setor. Com isso, não produziu os ataques combinados com o Hélio.

    E o Marlon, até tentou ser ofensivo, conseguiu alguns bons cruzamentos, mas pouco trabalhou com o Wallace, jogada que vinha dando frutos positivos, mas hoje foi inexistente.

    Resumindo, como fizeram falta as presenças do Lucas e do Alemão. Elas provocaram as mudanças na onzena inicial, que desencadearam as alterações no decorrer da partida, resultando no placar final.

  6. Remo tem um time ainda muito fraco no meio de campo, Lucas é o único volante de nível, especialmente para o quadrangular decisivo, Charles tem chute forte mas marca com os olhos, Carlos Alberto ainda se ressente de ritmo de jogo e Gelson não tem a menor condição, por incrível que pareça Júlio Rusch fez falta. Precisa contratar um volante mais pegador pra revezar e mesmo tomar a posição do Charles, além de esperar pra ver esse Eron também pegar ritmo, me parece um atleta promissor, com vontade de aparecer. Tivesse condições financeiras era o caso de cobrir a oferta e trazer o Rafael Grampola para estabilizar o setor ofensivo e dar tempo do Eron, Wallace e Hélio crescerem, pois no quadrangular serão necessários, melhor até ficar em 3o., pois o Brusque, assim como o Santa Cruz, estão um nível acima.

  7. O Jacuipense vai vencer o Imperatriz pra encostar no Ferroviário. O Treze perdeu em casa para o Santa que disparou. O Manaus se não vencer os próximos dois jogos em casa vai ser rebaixado. A mucura vai empatar com o Vila amanhã.

  8. Realmente o Leão jogou com pouca garra, é compreensível porque estava garantida a terceira posição no qrupo A. A pontuação seria importante para avançar mais rápido para a classificação ao quadrangular. É lógico que teremos um Leão mais aguerrido contra o Imperatriz, também o Bonamigo deve começar com o Eron, seria um boa oportunidade para este jovem centroavante marcar vários gols. Daqui pra frente não pode existir falta de garra a não ser que aconteça três vitórias seguidas novamente, neste caso o Leão deverá vencer a 12ª a 13ª e a 14ª rodada e poderá encarar a 15ª a 16ª a 17ª e a 18ª como jogo treino e arrebentar no quadrangular tornando-se campeão da C 2020. Não sei qual será a estratégia do Bonamigo entretanto o Fenômeno não vai aceitar duelos sem garra. Vencer sem garrar é pouco significativo, e não vencer com muita garra é muito significativo porque poderemos corrigir os erros dentro da realidade do Maior do Norte.

  9. Realmente o que eu vejo é como alguns também veem, mas uma coisa eu vou dizer se o bonamigo não chamar esses time do remo todos e dalhe uma bronca segura para eles serem capaz de finalizar com perfeição, o remo não vai subir para serie b , porque como é que um professional que treina a semana toda , bate numa bola uma peteca daquela aquela do João Diogo se não tô enganado e pra dá-lhe uma porrada segura na bola com força o cara da uma peteca daquela, pois bem se continuar assim com esa péssima finalização não tem como um time dese subir para serie b.

  10. Ontem o remo demonstrou um futebol preocupante, perdendo p um time q vinha em queda livre de rendimento. Acho que o Bonamigo errou em insistir com o Eduardo Ramos, q não conseguia acertar nada ontem. Era pra ter tirado ele ainda no intervalo ou nem ter iniciado a partida, comecando com Um time mais leve .
    Gelson p mim nunca devia ter sido profissionalizado! Cara n sabe executar os fundamentos mais básicos do futebol, n sei pq insistem c esse cara! É querer matar o torcedor de infarto qdo falta entregar gol pros cara, pqp!!
    Primeiro tempo horrível, n consegui identificar qual era a proposta de jogo do remo, trocava 3 passes no meio e qdo não erravam, recuavam a bola pro goleiro. O Bonamigo por ser bom Entendedor do futebol , podia ter proposto uma outra estratégia p essa partida, oferecendo a bola pro adversario e partindo pros contra ataques explorando a velocidade dos garotos. Ao inves de querer ter posse de bola , sem jogador com qualidade pra envolver o adversário.
    Agora o Bonamigo vai entender nossos problemas e espero q ele trabalhe em cima desses erros e das pecas que temos pra cada posicao, pq as nossas vitorias foram todas em casa e nao pode passar a falsa impressao de q o time tá bom pra subir, é sabemos q o nível de alguns adversários tá bem elevado e ontem perdemos pra um time em queda na tabela é q pouco acredito ser candidato forte pra acesso!

  11. Vi um jogo enquilibrado e com o Remo novamente jogando sonolento no primeiro tempo e jogando mais no segundo ,Gelson erra muitos passes, Charles é fraco na marcação e Eduardo Ramos errou muito ,Eron parece promissor e merece mais tempo em campo ,pareceu que o Remo entrou para empatar,faltou vontade de vencer no primeiro tempo.

Comentários