Carlos Kila
Carlos Kila

O Clube do Remo tem anunciado uma série de dispensas do atual elenco. Jackson, Nininho, Cesinha, Lukinha e Wesley são alguns nomes que já não fazem mais parte do grupo atual.

O executivo de futebol do clube, Carlos Kila, revelou a característica dos novos jogadores que vão fazer parte da reformulação do elenco azulino e assumiu que já existem conversas adiantadas com alguns atletas.

“Nosso objetivo sempre foi o acesso. Ainda temos que concluir o Estadual, mas já iniciamos uma reformulação do elenco e estamos em busca de alguns reforços, alguns inclusive com pré-contrato. Na medida do possível, vamos anunciar para torcida. Sabemos que parte deles não estarão na reapresentação, porque ainda tem compromisso com outros clubes nos Estaduais. Então temos que trabalhar. O grupo está treinando em casa diariamente para manter a parte física”, disse.

Com a queda do técnico Rafael Jaques e o novo comando de Mazola Júnior, o executivo disse que essas trocas faziam parte de uma margem de erro dentro do planejamento feito para a temporada de 2020 no Leão.

“Tínhamos um orçamento para o Estadual e precisaríamos fazer apostas para minimizar os custos no início do ano. O investimento maior é para o Brasileirão. Passamos da primeira fase na Copa do Brasil, depois veio o jogo em Brusque (SC). Ali precisava ter uma mudança e tomamos essa decisão. Pensamos em longo prazo, em um técnico experiente dentro de uma linha de competitividade para a equipe e assim veio o Mazola. Ele encaixa bem no trabalho”, comentou.

“Alguns atletas menos experientes teriam que ser remanejados, pensando na Série C. Alguns atletas saíram e estamos em busca de jogadores experientes para agregar qualidade e experiência com acessos que tiveram na carreira”, garantiu.

Sobre o perfil desejado, Kila contou que experiência não é sinônimo de jogador com idade avançada.

“Temos que ter equilíbrio. Temos 5 jogadores da base. Quando falo de jogadores experientes, não significa que tenham idade avançada, mas acostumados a jogar grandes campeonatos, com estádio cheio e pressão. São posições que vamos buscar. No ataque, não só um, mas dois, inicialmente. Precisamos de um volante pelo lado esquerdo e um lateral-esquerdo e outro direito. Buscamos essas funções”, explicou.

Comentando sobre a saída de Jackson, artilheiro do time na temporada, Kila falou que o jogador tinha a vontade de deixar o Baenão.

“Jackson foi uma aposta. Ele é um jogador que tem facilidade para fazer gols, mas tem dificuldades técnicas. Avaliamos a possibilidade da saída dele. Ele manifestou o interesse da sair do Remo e tomamos uma decisão. Temos condição de trazer jogadores com qualidade maior”, finalizou.

Roma News, 22/05/2020

9 COMENTÁRIOS

  1. Esse gerente Kila e o diretor Dirson já deveriam estar fora do Remo, são muito incompetentes.

    O Remo devia dar oportunidade ao Rei Arthur como Gerente de Futebol e ao Luciano Viana com Diretor de Futebol, os dois são remistas de coração, juntos tem competência e visibilidade no mercado local, nacional e no exterior, inclusive de realizar parceria para o Remo com clubes europeus.

  2. Segundo o Kila, o Jackson “tem facilidade de fazer gol, mas tem dificuldades técnicas”. Ele dispensou os dois atacantes que mais faziam gols. Cara, não importa se o atacante tem dificuldades técnicas, o importante é que faça gols, ele está ali para isso, para fazer gols e não para jogar bonito. Esse Kila é muito burro e já deveria ter vazado do leão faz tempo.

    • É isso aí, tenho falado isso. Até parece que ele vai atrás de um Lewandowski, porra, na nossa realidade se até o peladeiro da esquina fizer gol, tá bom. Agora contratar jogadores e 37, sinceramente.

  3. Costa larga, erra demais!!! Esta fazendo hora extra no Remo. Nomes para executivo de futebol: Arthur Oliveira ou Agnaldo. Conhecem o futebol da região e sabem indicar jogadores.

  4. As pérolas velhas são apostas como o velho volante Xaves que não cria vergonha e não pede para ir embora. As grandes revelações foram os meninos da base: Ronald, Wallace, Lailson, somados ao maestro Eduardo Ramos..
    Fora as nossas jóias da base, quem deu certo desses refugos trazidos pelo Kila? Ninguém.
    Tantos jovens do futebol pelada e do Nordestão sonhando em jogar nesse Clube, mas os dirigentes escolhem o Vovô Neto Baiano, Vovô Zé Carlos, o velho Marlon, Xaves e outros ex-jogadores.
    O Remo virou um asilo de ex-jogadores.

Comentários