Protesto no Baenão
Protesto no Baenão

Apesar da 1ª posição do Grupo A1 do Campeonato Paraense, o Remo não vive a melhor relação com o torcedor. Na tarde desta terça-feira (12/03), membros de uma torcida organizada do clube invadiram o estádio Baenão no momento que a equipe treinava visando o jogo de domingo (17/03), contra o Independente, no Mangueirão.

Os torcedores ocuparam o espaço onde ficam as cadeiras e de lá protestaram. Foram levadas também algumas faixas mostrando o descontentamento com o desempenho do time no Parazão. Mesmo com o protesto, o treino seguiu normalmente. O técnico Márcio Fernandes priorizou a parte física, principalmente depois de declarações feitas pelo próprio treinador ao final do jogo da última quinta-feira (07/03), contra o Tapajós, em Santarém.

Quem falou sobre esse protesto foi o presidente Fábio Bentes, que considerou como “normal” a insatisfação dos torcedores.

“Os jogadores já estavam cientes que esse tipo de situação poderia acontecer mais cedo ou mais tarde. Concordo que o torcedor tem total razão de protestar e dialogar com todos, desde que seja um ato pacífico. Eles (torcedores) precisam também saber que estamos em um processo de conhecimento do elenco, mas também sabemos que todos esses jogadores poderiam estar rendendo mais, basta avaliar o desempenho de todos nas últimas temporadas”, definiu.

Globo Esporte.com, 12/03/2019

Comentários