Mimica
Mimica

Nos próximos dias, a conversa da diretoria azulina será sobre os jogadores que poderão fazer parte do elenco do Remo para 2020. Nesse quesito, quem larga na frente são aqueles que se destacaram pelo Leão nesta temporada e que aguardam um sinal de renovação ou não.

Alguns nomes, por exemplo, já estão na mira, como é o caso dos zagueiros Marcão, Fredson e Mimica.

O que pode emperrar as negociações são as pedidas salariais. Alguns jogadores desejam um aumento considerável para seguir no Baenão. Em alguns casos, o reajuste não é inviável, visto que os vencimentos atuais não são altos, mas para outros, a possível insistência pode dificultar a extensão de vínculo.

“É preciso sentar e conversar para decidir o melhor. Alguns tiveram destaque e, naturalmente, estão procurando um reajuste, mas não atingimos nosso objetivo, que era subir (para a Série B). Isso ainda permanece no mesmo patamar. É manter o cuidado e não fazer loucuras”, disse o presidente Fábio Bentes.

Para o zagueiro Mimica, que mesmo não tendo sequência nesta temporada em virtude de uma lesão, fica o desejo de permanecer.

“Passei por um longo tempo no DM, me cuidando e em recuperação. Isso me afastou do campo, mas é continuar trabalhando e focado, com a certeza de que o próximo ano vai ser melhor”, comentou.

Diário do Pará, 05/11/2019

10 COMENTÁRIOS

  1. Eu acho no meu ponto de vista e dos torcedores azulino, que o presidente vai se precipitar renovar com o zagueiro Marcão, ele muito ruim e lento na saída de bola, mandava ir embora e contratada novos zagueiros

  2. Marcão é bom zagueiro,prova disso é que pertence a um clube da europa (Portugal)jogador alto e que impõem respeito na zaga e foi um dos artilheiros do time no ano,sempre perigoso nos escanteios e cruzamentos de bola parada na área adversária,tem de renovar sim e manter até a série c do próximo ano.

  3. Essa zaga que pegou gol em quase todos os jogos da série c e ainda pegando gol de cabeça do Nicolas no rexpa. Fala sério dois zagueiros parece soberano, grande e ruim

Comentários