Volta Redonda-RJ 0x0 Remo (Gabriel Cassimiro e Eduardo Ramos)
Volta Redonda-RJ 0x0 Remo (Gabriel Cassimiro e Eduardo Ramos)

O Remo empatou sem gols com o Volta Redonda (RJ), na noite desta sexta-feira (09/08), em um jogo com poucas chances no estádio Raulino de Oliveira.

O Leão teve mais a posse de bola, só que mais uma vez não soube transformar isso em gol. O Volta Redonda (RJ) quase não foi perigoso e não deu muita dificuldade para o goleiro Vinícius, que foi confirmado na posição minutos antes do jogo começar.

A melhor chance do Remo foi aos 7 minutos. Gustavo Ramos apareceu livre na área após cruzamento do atacante Wesley, mas um desvio na zaga foi fatal para atrapalhar a finalização azulina.

O primeiro tempo foi pouco movimentado, mas chamou a atenção por duas expulsões, uma de cada lado. Wesley e Douglas Lima se envolveram em uma confusão e o juiz resolveu mostrar o cartão vermelho direto para a dupla de brigões, logo aos 10 minutos de partida.

Após cobrança de escanteio, o volante Ramires ficou na cara do gol, mas cabeceou para fora, aos 23 minutos.

O Volta Redonda (RJ) foi melhor no segundo tempo, pressionou o Remo e foi tentando achar espaço para marcar.

Aos 14 minutos, Naninho fez boa jogada pela lateral, passou pelo marcador e cruzou na medida para Wandinho dentro da área. O atacante tirou o zagueiro do Remo, mas chutou fraco e a bola ficou fácil com Vinicius.

No meio do segundo tempo, o Remo tentou se acertar com as entradas de Danillo Bala e Zotti, mas ainda não foi suficiente para conseguir produzir igual no primeiro tempo.

A melhor chance de gol só seria aos 38 minutos, quando Zotti encontrou Danillo Bala na direita. O atacante entrou na área e chutou. A bola só não entrou porque o goleiro Douglas Borges conseguiu desviar.

Assim foi o jogo até o final, que terminou com um empate sem gols. O resultado não era o que o Leão queria, mas fez o time somar 1 ponto e voltar, mesmo que temporariamente, para o G4 da competição.

Se quiser sonhar com a classificação para a fase mata-mata, o Remo precisa, mais do que nunca, vencer o jogo em casa na próxima semana e, no mínimo, empatar com o Paysandu, no clássico que vai fechar a fase de grupos da Série C.

O Remo volta a jogar pela Série C na sexta-feira (16/08), às 20h, no Mangueirão, contra o São José (RS).

O Volta Redonda (RJ) se manteve no G4 com o empate, assumindo a vice-liderança do Grupo B, com 24 pontos. O Remo é o 4º colocado, com 23 pontos, mas pode sair do G4 dependendo do resultado dos jogos de Ypiranga (RS) e Paysandu.

Antes de voltar a jogar pela Série C, o Remo tem outra competição. Na terça-feira (13/08), às 15h, o Leão enfrenta o Sobradinho (DF), pelas oitavas-de-final da Copa Verde. A partida será no estádio Abadião, em Ceilândia (DF). Os azulinos devem jogar com um time alternativo.

O Liberal.com, 09/08/2019

3 COMENTÁRIOS

  1. Remo 100%, repasse ao Presidente Fábio Bentes a sugestão de colocar preço único de R$15 reais o ingresso contra o São José. Se empatar pode dar adeus à competição. Uma sexta à noite, precisa da torcida. Ainda assim, com esse valor e considerando um público acima de 25.000 torcedores o clube terá uma bela arrecadação. A hora é de unir todos, sem ganância financeira.

  2. Erich comparando com os anos anteriores podemos dizer que o Público do Leão contra o São José será próximo de 30.000 porque trata-se da primeira decisão dentro do Mangueirão que vai determinar se o Leão continua ou não na Luta para ficar no G4. A 16ª rodada terminou com o Leão em 6º Lugar, esta posição não quer dizer nada apenas o leão precisa vencer os dois Jogos Finais para terminar no G4. Este duelo poderá ser recode de Público nesta série C 2019, porque o leão tem uma Torcida gigante e um Time que tem possibilidades de vencer seus dois últimos duelos e se classificar finalmente dentro do G4 o que a muito tempo não acontecia.

Comentários