Márcio Fernandes
Márcio Fernandes

A eliminação da Série C custou a Márcio Fernandes o cargo no comando técnico do Remo. O clube anunciou a saída do treinador um dia após a rodada decisiva do Brasileirão, cujos resultados culminaram com a saída do Leão do G4 e consequentemente a não classificação ao mata-mata que vale o acesso à Série B.

Uma coletiva de imprensa foi convocada para esta terça-feira (27/08), às 15h, no Baenão, que terá a presença do presidente Fábio Bentes e de membros da diretoria de futebol.

A demissão de Márcio Fernandes foi confirmada pelo Remo por meio de postagem nos canais oficiais do clube nas redes sociais. Segundo a publicação, a saída se deu em comum acordo entre a diretoria e o treinador.

O substituto será, à princípio, João Nasser Neto, o Netão, antecessor de Fernandes e que vinha atuando como coordenador técnico. Ele assume o time na quarta-feira (28/08) e deve comandar o Leão nas quartas de final da Copa Verde, contra o Atlético (AC).

Márcio Fernandes chegou ao Remo no final de fevereiro em razão do começo oscilante do time no Campeonato Paraense e da eliminação precoce na Copa do Brasil sob o comando de Netão. A estreia aconteceu no dia 07/03, no empate sem gols com o Tapajós.

Ao todo, o treinador somou 28 jogos à frente do Leão, com 10 vitórias, 13 empates e 5 derrotas, além de um título conquistado: o Parazão.

Apesar do bom aproveitamento, pesaram contra Fernandes a não classificação para o mata-mata da Série C, já que o acesso era o principal objetivo do Remo na temporada. O próprio técnico deixou o cargo à disposição depois do Re-Pa deste domingo (25/08).

Outro fator preponderante foi a queda brusca de desempenho na segunda metade da fase de grupos do Brasileirão, mesmo com a equipe tendo se mantido, ao todo, por 15 rodadas no G4.

Para completar, a eliminação se deu diante do maior rival, o Paysandu, em duelo que os azulinos saíram na frente, mas acabaram sofrendo o empate, apresentando uma atuação extremamente defensiva. Fernandes deixa o cargo sem ter conseguido vencer nenhum clássico, de 3 disputados.

Como fator positivo, Márcio Fernandes teve papel importante para atrair jogadores ao clube, provenientes principalmente do interior de São Paulo. O treinador colaborou para as chegadas dos meias Carlos Alberto, Guilherme Garré, Zotti e Douglas Packer, do volante Ramires e do lateral-direito Daniel Vançan.

Ao mesmo tempo, também sofreu com a perda de titulares por lesões, questão constantemente levantada por Fernandes em entrevistas nas últimas semanas.

Globo Esporte.com, 26/08/2019

25 COMENTÁRIOS

  1. Vai na paz Fernandes Deus abençoe sempre seu trabalho por 9 de passar e também seus familiares.

  2. Lateral esquerdo Daniel Vançan…isso é contenção de gastos, já que não se classificou, pra que manter o treinador. O principal objetivo era o acesso que não vem mais. Copa verde é consolo. E não adianta pedir pra ele ficar, porque clube não teria como pagar mais quatro meses até o Parazão. Usaram o bom senso. É usarão ainda com alguns jogadores, por exemplo o tal Marcão Assis e outros que não deram certo.

  3. Simplesmente burrice o único técnico que conseguiu da um padrão de jogo ao remo e mandando embora por quer não conseguiu a classificação futebol tem dessas coisas o remo ficou no g4 quase todo o campeonato e saiu no final paciência o problema não treinador e sim peça de reposição o remo perdeu durante a temporada Carlos Alberto, parck, Jansen garre, jogadores importantes e o clube não trouxe outros jogadores e o técnico vivia citando esse fato acertou em quase todas as suas contratações deu um título paraense e formou um dos melhores elencos do remo em 10 anos e por isso que ficamos pelo meio do caminho em todas as edições do brasileiro pq não se tem PLANEJAMENTO mas infelizmente esse é o modo de fazer futebol no Pará o time tem uma base boa e tinha um técnico de visão e que trouxe bons valores espero que o próximo que venha tenha o mínimo de visão e habilidade nas contratações como Marcio teve nessa temporada OBRIGADO PROFESSOR e seja feliz em seu próximo clube espero que um dia vc volte a comandar o nosso querido clube do REMO e que Deus nos abençoe nesse restante de temporada e na próxima pq já está começando errado.

  4. Como diz a canção dos Titãs: “É cedo ou tarde demais pra dizer adeus, pra dizer jamais”
    Infelizmente, para nós resmistas, o Márcio Fernandes foi tarde demais, mas a diretoria achou que era cedo demais para despedí-lo quando ainda havia tempo para a recuperação que não veio.

  5. Marcio Fernandez errou durante o jogo do paysandu…. mais a cultura do futebol paraense e brasileiro não admite erros…. isso se configura como um problema, pois deve-se aprender com tais tropeços…. e agora? Netao será chamado na esperança de se fazer um bom resto de copa verde… caso não faça outro técnico será chamado novamente… para começar um novo trabalho ano que vem….FUTEBOL É CONTINUIDADE….MARCIO FERNANDEZ DEVERIA TER PERMANECIDO…

  6. Vai tarde, técnico do improviso, parece eu escalando no FIFA, coloco atacante nas laterais, meias na zaga e zagueiro no ataque.

  7. Porra não era melhor ter mandado esse bicho embora depois da primeira derrota do clássico??? Diretoria medíocre e torcedores patetas pq é agora q é para da pressão, não servir de patetas lotando os estádios pq é isso q eles se acostumaram, a enganar os torcedores pq que sabe q a torcida é apaixonada. Mais uma vez vo pedir a vcs não se iludam, agora é hora de da pressão nessa diretoria fraca, pressão, pressão!!!!!!!

  8. Já vai tarde !!! Só espero que o presidente pare de ser mimado e efetue definitivamente o Netão, até pq não é financeiramente viável contratar um treinador para uma competição que pode acabar a qualquer momento, e também use o mesmo critério que usou para manter o Márcio Fernandes no cargo após a primeira derrota para o maior rival, que foi a justificativa de não demiti-lo por não ter ninguém, à época, que conhecesse o plantel tão bem quanto o então treinador. Ignorando totalmente a existência do Netão no plantel que vem acompanhando o trabalho desde o início e conhece esses jogadores até melhor que o Márcio, e não é teimoso.

  9. Tá cheio de viras casacas por aqui. Torcedores sem personalidade e amor pelo clube tá cheio no pedaço. Márcio Fernandes não pode fazer uma fritada sem ovos, milagres ninguém faz, só o todo poderoso.

  10. Tecnico medroso fdp
    Vai e nunca mais volte seu medroso cagao
    Vai treinar time pequeno que é o seu lugar.
    Porra faz gol ao 10 min e se retranca o jogo todo.
    Porra era pro remo ganhar a série C fácil pois os times da chave do remo sao todos horríveis, até a mucura pirenta com esse time podre conseguiu classificar.
    Pelo amor de Deus demitam logo tb ZOTTI, GEOVANE, CASEMIRO, CARLOS ALBERTO, MARCAO, EMERSON PORCA CARIOCA

    • O técnico Márcio Fernandes teve seus méritos, mas fracassou no objetivo maior da temporada. Tem o mérito de ter acertado um time totalmente perdido do Netão, e implantar um padrão de jogo a ponto do Remo ser o”time a ser batido” no 1° turno, mas os times assimilaram o jogo do Remo e ele foi incompetente em criar variações táticas e o resultado foi esse, ficamos de fora por 1 mísero ponto.
      Gostaria de ver um técnico ficar por duas temporadas para não ter que começarmos tudo do zero dando tiro no escuro. Boa sorte ao Leão!

  11. Faltou qualidade ao elenco azulino. Ao Márcio Fernandes faltou apenas coerência em suas escolhas, pois com o que tinha ainda conseguiu extrair algo de bom. O Márcio conseguiu fazer o que o Netão passou longe de conseguir, que foi dar uma estrutura ao time dentro de campo. Faltou sorte! Perdemos o Packer, o Carlos Alberto, o Jansen…
    Entendo a revolta da torcida pois também estou revoltado, mas penso que o trabalho do Márcio deveria continuar no Remo.
    Já que ele não vai continuar, deve-se ao menos manter o que deu certo e não jogar tudo pelo ralo.

  12. Voltando a agir como time pequeno, fazia anos que eu não via o Remo jogar como estava jogando, deveriam manter o treinador e esperar a melhora do time para 2020, mas não a solução é demitir o técnico. Não adianta nada agir assim.

  13. Já foi tarde técnicu retraqueiro burro medroso escala e mexe errado e não coloca o moleques da base melhores que essas perebas que 5rouxe aproveita e leva e chama o cacaio urgente

  14. Muitos estão apostando no Netão, como sempre apostaram, eu como torcedor do Clube do Remo não vejo nada de interessante em apostar em Netão, já foi sua época no Remo, ja passou, tem que trazer técnico e jogador que preste. Junto com o Fernandes, deveriam dar as contas de Marcão e Eduardo Ramos, já estão em fim de carreira.

  15. A trajetória do Leão nesta C foi simplesmente Fantástica e emocionante, o Final foi eletrizante se o Leão vencesse o último duelo seria o Primeiro da chave e se ele empatasse ou perdesse estaria fora do G4, como diz o ditado o Leão oscilou entre oito ou oitenta, realmente o coração estava a mil. O Márcio Fernandez não quis arriscar pois o Leão fez o primeiro gol, tudo indicava que seria Leão 1X0 o primeiro da chave, aconteceu o imponderável no final o Papão empatou e Leão fora do G4, ou seja, aconteceu aquilo que não se pode pesar ou seja cujo peso não se pode revelar. Márcio Fernandez tem competência para levar o atual time do Leão a ser campeão da Copa Verde, o imponderável Já passou já temos conhecimento dos pesos acredito que Márcio Fernandez Já sabe o que vai fazer para ser campeão da Copa verde. Ele pode arriscar em ganhar 100% do que vem ganhando se o Leão for a Final da Copa Verde e 80% se o Leão não for a final. Se o Leão for campeão da Copa Márcio Fernandez deverá continuar em 2020 para levar o Leão ao acesso. Lembrem-se que o professor Giva conseguiu levar o America Mineiro ao acesso no seu segundo ano como treinador do America Mineiro.

  16. Tem gente aqui que é torcedor da mucura ou não entende de futebol achando que não deveria mandar esse técnico embora e ainda dizendo que ele tivesse tirado leite de pedra como os adversários do Remo fossem uns Barcelona da vida. Eram todos os times do mesmo nível, o que o Remo perdeu, foi na formação tática do time, erro de marcação, falta de vontade de alguns jogadores e mal aproveitamento dos jogadores de base do Remo. Concluindo, erro do técnico Márcio Fernandes, não tinha mais clima pra continuar no comando do Remo. Ele não “vestiu” a camisa azulina como , por exemplo, o ex técnico Josué Teixeira, este sim , exaltou a camisa do Remo causando uma certa inveja para os torcedores da mucura que classificou-lhe como uma ‘persona no grata” para os mucurentos, é isso que faltou para o Márcio além de outras coisas que aqui citei.

  17. Nos últimos anos o Remo tem brigado para não cair para serie D. Com o Marcio Fernandes foi diferente, brigamos para subir e se não fosse as ausências de peças importantes tenho certeza que o Remo subiria. Acho que devia dar continuidade ao seu trabalho e contratar novas peças já visando o ano que vem.

  18. Tem torcedor achando que o Remo perdeu a classificação por falta de sorte por ter empatado o RE-PA. Camaradas, o Remo não se classificou por dois pontos, ou seja, por pura incompetência desse arremedo de técnico. Vejamos. O Remo perdeu cinco pontos para o Tombense que brigava pra não cair. Mais dois pontos para o Boa que também lutava contra descenso. E ainda perdeu dois pontos para o rebaixado Luverdense. Aí vem torcedor dizer que o técnico não foi culpado. Se o Remo chegou na última rodada dependendo de uma vitória foi porque o técnico fez um monte de merda e a diretoria não teve aquilo roxo pra mandá-lo embora. Agora que sirva de lição para o ano que vem e tragam um técnico de verdade.

  19. Eu não consigo entender como um torcedor que realmente ama o clube do remo pode apoiar a possibilidade da ficada do Marcio Fernandes a frente do time para um trabalho a longo prazo, é claro que um trabalho a longo prazo deve ocorrer, mas em momentos decisivos esse técnico não mostrou ser capaz, sem energia, e muitas das vezes perdido em suas decisões de mexer no time, comprometendo de forma direta os resultados que precisávamos, o remo foi péssimo no returno, mas havia tempo para recuperação se não tivessem teimado na continuidade do Marcio! diretoria errou feio e tem que assumir essa fatia do bolo podre que foi servido para uma torcida apaixonada e que da resultado nas bilheterias!
    repensar muitas coisas é preciso! Ainda bem que a mucurenta não vai subir e ano que vem podemos dar o troco!

Comments are closed.