Fábio Bentes e Eudes Pedro
Fábio Bentes e Eudes Pedro

Desde a eliminação na Copa Verde, no domingo (06/10), o Remo vem utilizando seu tempo para arrumar a casa pensando na próxima temporada.

Sem jogos oficiais até janeiro, o clube liberou os atletas com contrato para viajarem as suas respectivas cidades, com retorno previsto para dezembro. A diretoria, enquanto isso, tem feito reuniões de avaliação e planejamento.

Muita coisa ainda está em aberto. De certo, neste momento, apenas as permanências de Vinícius, Cesinha, Yuri, Eduardo Ramos e Neto Baiano, cujos contratos são longos, mas terão uma redução salarial durante este período sem jogos.

O vínculo dos demais jogadores encerra agora, em outubro. A prioridade tem sido a quitação dos vencimentos do plantel para, em seguida, falar-se em renovações.

“No momento, agora, a gente está única e exclusivamente tratando da questão do acerto com os atletas. A maioria desse grupo tem contrato até agora, no mês de outubro. Estamos tratando da finalização desses contratos. Alguns deles a gente pretende que continuem para o ano que vem e já estamos iniciando a conversa, mas não é algo tão rápido de ser resolvido, porque envolvem valores, tempo de contrato”, detalhou o presidente Fábio Bentes.

“Existem atletas com contrato continuado com o clube. Com esses já conversei, já tratei e, na maioria dos casos, vão ter uma redução salarial no período que vamos estar sem jogos, eles estão cientes disso. Liberei para viajarem, visitarem a família, ir para os seus Estados de outubro a novembro, com retorno já para o início de dezembro, para começar os trabalhos”, continuou.

A data certa ainda não foi definida pela diretoria, mas é provável que a reapresentação do elenco visando a pré-temporada de 2020 deve acontecer em meados de dezembro.

“Muito provavelmente, o novo contrato desses atletas que vão continuar deve começar a valer a partir da reapresentação, que deve ser no mês de dezembro, após o dia 15/12, mais ou menos. Essa definição vai ser feita quando a comissão técnica estiver montada, o executivo já estiver definido”, concluiu Bentes.

Além da avaliação do elenco, a presidência, em conjunto com a diretoria de futebol vão examinar o desempenho de Eudes Pedro à frente do time profissional. O técnico foi contratado no dia 27/08, após a eliminação na Série C, e comandou o time em 4 partidas, sendo 1 vitória, 1 empate e 2 derrotas.

Fábios Bentes desmentiu rumores de que Eudes tenha sido demitido, mas afirmou que espera se reunir com o treinador ainda esta semana para definir se ele permanecerá ou não no clube na próxima temporada.

“A questão do treinador, que estão especulando na imprensa, não houve demissão. Ainda vamos conversar com o Eudes, fazer uma avaliação do trabalho nesse período, para poder definir pela continuidade ou não, mas ainda não houve a conversa, não foi priorizado isso”, explicou.

“Devo conversar até sexta-feira (11/10) com o treinador para fazer uma avaliação inicial. Não sei se dessa conversa sai uma definição sobre permanência ou não, mas ainda vai ser definido entre as partes. Não há nada acertado nesse sentido”, informou Bentes.

Outro assunto que tem tomado a atenção da diretoria azulina é a contratação de um novo executivo de futebol. Luciano Mancha pediu demissão no final de agosto, mas continuou prestando serviços ao Leão até poucas semanas atrás. Bentes apenas confirmou que tem avaliado nomes e a expectativa é de ter um novo profissional ainda este mês.

“Outras definições, como o executivo que vai ficar no Remo, a gente teve ter ainda em outubro. O momento agora é de acerto de contas com os atletas para que a gente possa terminar o ano como começou, tudo direitinho. É isso que está acontecendo durante essa semana”, finalizou.

Globo Esporte.com, 08/10/2019

14 COMENTÁRIOS

  1. É uma sacanagem querer cobrar do treinador resultados com esse elenco ridículo. O Neto baiano andou insinuando que quando ele e o ER o elenco ficou desconfortável, claro, porque o elenco sabia que eles seriam titulares mesmo em fase ruim e isso desanima os demais. Outra coisa que aconteceu foi o tumor de que o GR sairia pra um time de série B (eu duvidei claro, qual time de série B iria querê-lo) aí o presidente correu e garantiu sua permanência, a troco de quê vc o presidente faz tanta questão da permanência de alguns jogadores? Pra eles sentarem no banco? Ora, não sejamos trouxas, esse e qualquer técnico fez o que todos fariam, colocar esses caras no jogo até porque existe pressão sim. Imaginem, ele tira ER e NB que tem contrato garantido para 2020 e coloca dois garotos no lugar, num clássico, vcs acharam que isso aconteceria mesmo? Por que o ER saiu do Cuiabá? Porque estava no banco e veio ser titular aqui, mesmo assim esse técnico ainda teve a coragem de tirá-lo, um jogador que tá muitos é o “maestro”. Ora, ora, não sejamos idiotas! Se o mandatário do clube faz questão de ter 3 ou 4 jogadores é o técnico que vai tirar? Outra coisa, o Rony só veio a tona por causa dele…ninguem conhecia Rony. Demitindo esse treinador, o presidente tira o foco das cagadas dele por enquanto, e próximo treinador vai ter que ter ovos pra trabalhar de novo com ER, NB, Yuri, Cesinha, fato! Esse treinador mesmo com essas bombas em mãos,ainda fez um bom primeiro tempo contra a mucura, mas torcedor que só olha pra resultado, vai ficar satisfeito se ele for demitido, achando que quem vier dará jeito, e não dará.

  2. Outra coisa que venho falando já uns três anos, o Remo tem que seguir o EXEMPLO DO ATHLETICO PARANAENSE, usar garotos do sub-23 em alguma competição oficial. O Athetico faz isso no estadual e já é bi-campeão. Depois ele cata alguns jogadores para o brasileiro e libertadores, sim, libertadores, porque eles aproveitam competições mais simples pra chegar mais alto, ficam entre os 10 primeiros da série A pra disputarem a sul-americana. E sabem quem está fazendo isso agora???o Goiás, estão na copa verde com o sub-23, Ney Franco catou uns jogadores de lá pra série A e já fazem a melhor campanha do returno, melhor que o Flamengo. Irão ganhar a série A? Não, mas muito provavelmente ficarão entre os dez, quem sabe entre os seis e se garantirão em um competição nacional ano que vem. Certíssimos!!!

    • Há muita diferença entre cabeça Paranaense e cabeça paraense Nossa mentalidade é Medíocre é pequena pensa pequeno nós futebol espelho da nossa sociedade da nossa economia da nossa política de um estado terra de ninguém largado

  3. Quem fica melindrado cm a chegada de companheiros ou de profissionais q venham competir cm quem já está no elenco, é pq é um atleta sem personalidade e gente sem tal atributo no caráter, ñ serve pra jogar no Remo, tem que ser demitido urgentemente. Essa é a realidade!

    • Vc acha que é pura melindragem? Acha que um elenco fica contente quando chegam dois caras que não estão jogando nada e por isso saíram de suas equipes, chegam ganhando mais e com contrato mais logo, vc achar isso errado é melindragem e tem que ser descartado? Isso é injustiça. Jogador de futebol é “unido”, tem muita fofoca, muito bastidor e torcedor boiando acha que o jogo é só dentro de campo.

  4. Presidente o senhor tem coragem de chamar esses caras ruins de atletas, é brincadeira de mau gosto, eu nem preciso falar o que eles são por que todo mundo sabe o que essas bombas são, o que me impressiona ainda mais é a sua afirmativa de que esses pernas de pau que tem contrato mais longo, quando se encerrarem seus contratos vão renovar novamente para a temporada de 2020, o NB que já está barrigudo pra caramba, que não correr nada, quando retornar vem igualzinho um canguru, para disputar o campeonato paraense, aí vão ser novamente freguês daquela imundice de time que é PSC, e a gente convivendo com a encarnação todos os dias dos adversários pelas eliminação de duas competições no mesmo ano. Mais diretoria e comissão técnica não tem vergonha na cara mesmo, se ano que vem for do mesmo jeito, está tudo bem pra vocês.

  5. O tal de Márcio ficou quase três séculos fazendo um trabalho muito contestado, e já querem tirar o Eudes com esse curto tempo de trabalho.
    Manda a “pá de sujeira que está no Remo embora”, põe jogadores melhores nas mãos do técnico, faz uma avaliação depois de um tempo e, aí sim, manda embora ou não.
    A culpa não é somente do técnico, pois ele não chuta a gol, não cobra pênaltis, enfim, não entra em campo.
    Os “jogadores” não renderam e o técnico anterior, depois de muuuuuito tempo, foi demitido. Os “jogadores” ficaram, continuaram a não render e estão querendo demitir o técnico atual com um curtíssimo tempo de trabalho. Por que o trouxeram então???
    E o pior: ESTÃO QUERENDO MANTER ALGUNS “JOGADORES” QUE NÃO JOGAM NADA!!!

  6. Ao que percebo a Diretoria do Remo está satisfeita com os resultados alcançados em 2019. Não fosse assim, não manteria tantos atletas para o plantel de 2020, inclusive os medalhões que não produzem e são mantidos como titulares. Erro de avaliação ou há algo oculto no reino da Dinamarca?

    • Concordo com vc amigo, é pq nosso presidente não almeja algo maior, se contenta com esse paraense quê não vale nada,o Remo precisa de um presidente quê pense em coisa grande.

  7. treinador não joga deixa ele pois tem pouco tempo no REMO contrate jogadores logo que estão dando sopa no mercado jogadores què seja indicado p treinador ok ele sabe o perfil de jogadores que se deve contratar ok

  8. iai presidente desses 5 jogadores velhos so o vinicios merecia contrato pra proxima temporada yuri eduardo neto cezinha fala serio jogadores velhos baixo nivel cara me lembro do paker no meio o leão tava bem ai o cara vai embora traz eduardo velho ai mano não dar tem que mandar embora se tem projeto novo deixa o tecnico escolher os jogadores pra trabalhar pow

  9. Sr. Fábio Bentes depois de tanta humilhação esse ano com jogadores ruins e velhos, ainda vão querer renovar com a maioria desses jogadores. O Sr só pode tá de brincadeira com a torcida

  10. Nos anos 70, 80 e até 90,os dirigentes optavam pela prata da casa, trazendo no máximo quatro reforços: goleiro, zagueiro central, um meia direito ou esquerda e um goleador. Dava certo porque eles chegavam e somavam com os da casa.
    Agora não, trazem 35 jogadores de fora que sem qualquer qualidade, chegam como se fossem a salvação.
    Eduardo Ramos, você chega, faz um jogo bem, impressiona é quando mais se espera dele, ele decepciona. Você deveria dar muito mais de você para ajudar o clube subir para a série B, pois dessa forma seria a oportunidade dele receber o dinheiro que “disque” o clube lhe deve.
    O clube do Remo é muito grandioso para ficar bajulando jogador em fim de carreira.

Comentários