Diogo Sodré, Fredson, Kevem e Tiago Félix
Diogo Sodré, Fredson, Kevem e Tiago Félix

Vinícius, Geovane, Djalma, Mimica, Rafael Jensen, Kevem, Ronaell, Tiago Félix, Echeverría, Dedeco, Robson, Diogo Sodré, Welton, Vacaria, Laílson, Wallacer, Mário Sérgio, Alex Sandro, David Batista, Emerson Carioca, Gustavo Ramos, Henrique e Samuel.

Um total excessivo de 23 jogadores que entraram em campo pelo Leão, este ano, em 7 jogos do Parazão e 1 da Copa do Brasil, escalados por 2 técnicos: João Neto e Márcio Fernandes.

Em transição do modelo de jogo reativo para o propositivo, o time azulino provoca questionamentos sobre estágio físico, qualidade técnica e organização tática. Ao mesmo tempo, investe em treinamento mental para sair da instabilidade emocional.

Tudo isso estará à prova neste sábado (16/03), no difícil jogo contra o Independente, no Mangueirão, com a obrigação de vencer para reagir e a necessidade de reagir para vencer.

Coluna de Carlos Ferreira, O Liberal, 15/03/2019

1 COMENTÁRIO

Comentários