Fábio Bentes
Fábio Bentes

Há pouco mais de 10 dias, o Remo apresentou o fruto da sua parceria para esta temporada com a Topper, fornecedora de material azulino, com o lançamento dos uniformes para a temporada 2019. Porém, o clube já estuda a possibilidade de mudança. O motivo é o estádio Baenão, que será o principal beneficiado em caso de troca na empresa responsável pela confecção dos uniformes do Leão.

Entretanto, somente para o próximo ano seria providenciada a nova linha de “mantos”, já que o contrato com a Topper é válido até dezembro. O que pesa na balança é a oferta de um repasse imediato de R$ 450 mil para as obras no estádio do Leão, que está ocioso há quase 5 anos.

Bastante detalhista, o presidente do Remo, Fábio Bentes, abordou o assunto, assim como o atraso na folha salarial dos funcionários e a provável saída de Kevem e de outros atletas do elenco após o Parazão.

Troca de fornecedor

Segunda-feira (25/03), na reunião do Condel, pedi uma reunião extraordinária para tratar desse tema, para analisar a proposta. Não posso divulgar a fornecedora, até porque ainda temos contrato com a Topper. Tem no contrato que, após uma aprovação do clube, a gente teria que enviar para eles uma proposta em até 7 dias, para ver se teriam interesse de cobrir essa proposta ou não. Envolve, sim, antecipação de valores, R$ 450 mil, que seriam suficientes para a gente concluir as obras físicas do Baenão, sem iluminação. Dia 02/04 vai ser essa reunião. Sendo aprovada a proposta, enviamos à Topper para analisar. A prioridade é da Topper, mas eles teriam que antecipar os R$ 450 mil agora, assim como esse outro fornecedor está oferecendo.

Baenão

A gente aceitou um desafio, mas o público (no Re-Pa) não foi o esperado, portanto a gente não direcionou nada para as obras. Queria aproveitar a oportunidade para dizer que, a partir desse jogo, a gente vai fazer diferente. Vamos direcionar um percentual direto. Independentemente de quanto for a renda líquida. Precisamos acelerar a obra, então combinamos que do que ficar (de saldo) líquido, um terço vai ser investido no estádio.

Atraso salarial

Como não é segredo e temos que agir de forma transparente, a gente está com um mês de atraso dos funcionários. Dos jogadores está em dia. Reduzimos em 30% a folha de funcionários, mas ainda não dá para manter em dia. Infelizmente, fizemos 3 jogos ruins de renda. Tenho certeza que com a melhoria da equipe, o torcedor vai chegar mais junto.

Contratações

Estamos tentando um terceiro atleta que a gente define ainda essa semana se consegue inscrever ou não. Se inscrever, fica esses três (os outros são os volantes Yuri e Ramires) que a gente julga ser necessário para a reta final. Se conseguirmos até quinta-feira (28/03), devemos anunciar. Visando Série C, a gente tem outros pré-contratos assinados e, oportunamente, vamos divulgar, mas já está tudo acertado.

Kevem

Fui procurado por times de dentro e fora do Brasil. Kevem tem hoje, oficialmente, três propostas, mas todas estou tratando para após o Parazão. Entendo que é um jovem valor e que qualquer negociação será apenas de uma parte do passe. O Remo não abre mão de ficar com pelo menos 30% do atleta.

Dispensas

Para entrar, tem que sair. A regra de condução do processo é bem clara, o Departamento de Futebol sabe disso. Estávamos reunidos e debatendo sobre isso ainda, para alguns desligamentos acontecerem, se possível, ainda essa semana. Se passar dessa semana, só no final do Campeonato Paraense.

Diário do Pará, 27/03/2019

6 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns por ser sincero, acho que é o presidente mais aberto a diálogos que já vi no Baenão.

  2. A marca Remo é forte e merece ser melhor valorizada, então os fornecedores devem ser aqueles que venham investir mais no clube para valorizar o patrimônio do Remo. A liberação do Baenão e a eliminação da dívida trabalhista devem ser objetivos fundamentais para reerguer o Remo.

    Quando o Remo sair dessa lama certamente irão bater na porta do clube vários fornecedores interessados em fazer contratos devido o Fenômeno Azul.

    Parabéns presidente Fábio Bentes pela visão responsável que vem conduzindo o Remo!

  3. Essa nova fornecedora seria a diadora ? Porque, vejo falar que vai ser uma fornecedora italiana e que já patrocinou o Vasco e a última fornecedora italiana que fez isso foi a Diadora.

  4. As mucuretes fica babando o maior do norte, todo tempo na midia,ainda mais que voltaram pro lugar deles que é a Serie C.

  5. kappa é a fornecedora…..Parabens ao presidente pela visão e transparencia, é disso que precisamos ? Transparencia !!!!

Comments are closed.