Remo 3x0 São Raimundo (João Nasser Neto, Netão)
Remo 3x0 São Raimundo (João Nasser Neto, Netão)

João Neto foi o grande personagem da rodada. Na “berlinda” desde sexta-feira (22/02), com o anúncio da provável saída e especulações sobre o substituto, o técnico teve a postura tranquila de sempre à beira do gramado contra o São Raimundo, neste domingo (24/02). Depois do jogo, vencido por 3 a 0, a diretoria confirmou sua saída do cargo, mas Netão sai por cima – e para cima: passa a ocupar a coordenação técnica.

O já ex-técnico viu o Remo fazer um gol logo aos 2 minutos, com Echeverría, cobrando pênalti sofrido por Gustavo Ramos. Sem criatividade e com a confusão tática de sempre, teve dificuldades durante todo o primeiro tempo, errando muitos passes e perdendo bolas fáceis.

Quase sofreu o empate em tentativas isoladas de ataque do São Raimundo. No geral, foram 45 minutos horrorosos, disputados sob chuva forte e dominados pela imperícia dos jogadores. Ao invés de lances trabalhados, prevaleceu a tática do chutão.

Mesmo diante do lanterna do campeonato, o Remo demonstrava a insegurança gerada pelos maus resultados recentes. Cauteloso, Netão usou pela primeira vez quatro homens no meio (Djalma, Diogo Sodré, Laílson e Echeverría), com Gustavo e Emerson Carioca na frente, mas o time não mostrou evolução em relação aos últimos jogos.

Foi a 6ª apresentação remista no Parazão com a 6ª escalação diferente, o que dá bem a medida das incertezas do técnico, que sai do cargo sem deixar claro qual é a sua linha de ataque titular.

O Remo voltou melhor do intervalo com avanços de Djalma e Geovane pela direita, o que ocasionou situações de perigo na área do São Raimundo. Com toques rápidos, passou a pressionar em busca do segundo gol. Aos 7 minutos, Emerson Carioca quase conseguiu finalizar na pequena área, mas o goleiro Jhones foi mais ágil e agarrou.

Echeverría cansou e foi substituído por Alex Sandro, aos 23 minutos. Logo depois, Emerson Carioca cedeu lugar para Mário Sérgio. Com isso, o Remo ganhou fôlego para atacar, embora os passes errados atrapalhassem as tentativas de construção de jogadas.

Os gols que definiram a partida só aconteceram no final, quando o São Raimundo apenas se defendia em seu próprio campo. Aos 44 minutos, Mário Sérgio desviou para as redes um chute que veio cruzado. No minuto seguinte, Alex Sandro complementou grande assistência de Gustavo Ramos, de calcanhar, dentro da área.

O placar de 3 a 0 é enganoso, pois faz crer em ampla vantagem azulina. Na realidade, o jogo foi muito travado, com certo equilíbrio na primeira etapa e sem muitas emoções, a não ser nos instantes finais.

Conduzido pelos jogadores até a torcida, Netão recebeu aplausos pela vitória que ampliou a vantagem do Remo para 5 pontos sobre o 2º colocado no Grupo A1, o Águia de Marabá. Depois, comentou sua situação, lamentando que o torcedor seja muito exigente e queira que o time faça “10 jogos excelentes”.

Não é bem assim. A torcida cobra muito realmente, mas a queda teve a ver com as atuações pífias nos jogos mais importantes da temporada: contra o Serra (ES), pela Copa do Brasil, além d o primeiro clássico Re-Pa do campeonato.

Blog do Gerson Nogueira, 25/02/2019

5 COMENTÁRIOS

  1. Ainda não é o momento do Netao tem que pegar um pouco mais de experiência pra poder comandar o clube do remo e imprimir um verdadeiro esquema tático onde cada jogador jogue na sua posição

  2. Saiu mais pela teimosia. Insistiu demais com Welton, Diogo Sodré, Ronael entre outros. Quando colocou o Djalma na cabeça de área e o Geovane na lateral, achei que o time se comportou melhor. Melhorou mais ainda com a entrada do Dedeco. Não dar mais pra voltar atrás. Bola pra frente. Mas é um bom profissional!

  3. Melhores jogadores do Remo nos ultimos anos e que nao estao mais (poderiam refoçar para a serie c) …

    G: Andre Luiz

    Z: Max e Henrique

    LD: Nininho

    LE: Saci e Alex Ruan

    V: Dada e Jhonatan

    M: Eduardo Ramos, Rodriguinho e Flamel

    A: Ciro e Edno

    • Puta merda! Ainda bem que vc não é responsável pelas contratações do Leão senão estaríamos na série D. Se o Felipe Vilhena Sênior fosse seu ajudante, acabaria o Remo.
      Haishaushhausuauausha.
      Esses jogadores citados pouco fizeram pelo time e é por isso que o Águia não evolui, todo ano trás as mesmas porcarias que passaram pelo time deles.
      Tem que apostar em jogadores vencedores! Chega de formar time com atletas oriundos de times rebaixados e advindos de fracassos.
      Infelizmente o Remo se apequenou e não é mais reconhecido como grande nos grandes centros. Precisamos recuperar a hegemonia! Porém, não se obtém resultados diferentes fazendo a mesma tragetória. Tá na hora de cair na real!

  4. Jogadores que ja conhecemos.. Muito melhor do que trazer de 6 a 9 jogadores “apostas” para reforçar para a serie c

Comments are closed.