Independente 1x0 Remo (Gustavo Ramos)
Independente 1x0 Remo (Gustavo Ramos)

O Independente venceu o Remo por 1 a 0 na primeira partida da final do Campeonato Paraense. O resultado deu uma vantagem importante para o Galo na partida da semana que vem, que vai decidir o título estadual.

No jogo, de mando do Independente, neste domingo (14/04), no Mangueirão, o único gol da partida foi contra, marcado pelo zagueiro Marcão, aos 5 minutos do primeiro tempo.

A partida começou debaixo de muita chuva. Além de poças d’água, também era visível a má conservação do gramado do Mangueirão, com muita lama e problemas na drenagem.

Mais uma vez, o Independente aproveitou a situação e soube jogar em um palco ruim. Percebendo que ficar tocando a bola seria complicado, investiu no chutão.

Enquanto isso, o Remo demorou para entrar no ritmo. O time azulino só iria acordar após o gol contra do zagueiro Marcão, marcado quando o zagueiro tentou cortar uma bola jogada na área e acabou chutando totalmente torto, contra o próprio gol.

O Leão foi atrás do empate, mas não teve eficiência nas finalizações. O Independente apenas se defendia.

Em um dos lances, Gustavo Ramos cruzou para Emerson Carioca, que escorou de cabeça para Dedeco tentar completar, mas o volante foi travado na hora do chute e perdeu a oportunidade.

A primeira etapa terminou com o Galo em vantagem e sabendo controlar as investidas azulinas.

No seguindo tempo, chance não faltou para o Independente ampliar, mas quando não era a finalização ou a defesa dos azulinos, era a água empoçada que atrapalhava. Em uma das jogadas, Tiago Mandi saiu nas costas da defesa do Remo, invadiu a área e tentou driblar Vinícius, mas foi desarmado pela água.

Para fazer o Remo empatar, o técnico Márcio Fernandes tirou o velocista Gustavo Ramos para colocar mais força em jogadas aéreas no ataque, com a entrada de Edno.

A chuva deu uma trégua e o Leão voltou a apostar em velocidade. O centroavante Emerson Carioca saiu para entrada de Echeverría. Depois, Alex Sandro entrou na vaga de Dedeco, que saiu bastante vaiado. O volante caiu de rendimento de forma brusca em relação ao primeiro tempo.

Na melhor chance remista, Geovane dominou e cruzou para a área. Edno cabeceou com estilo, mas Redson espalmou, evitando o empate.

Para piorar a situação do Remo, que não consegui furar a defesa do Galo, o paraguaio Echeverría foi expulso após dar um tapa no jogador do Independente, fora do lance. O árbitro foi avisado e deu cartão vermelho para o meia do Leão.

Os torcedores do Galo Elétrico comemoraram muito e nem pareciam cansados após mais de 12 horas de viagem.

O Independente está com vantagem na partida final do Campeonato Paraense. Um empate faz o time de Tucuruí conquistar seu 2º título estadual.

O Remo precisa devolver o placar para levar a decisão para os pênaltis ou vencer por 2 gols de diferença para conquistar de forma direta o bicampeonato.

A próxima partida entre Remo e Independente será no domingo (21/04), às 16h, novamente no Mangueirão. Será o duelo decisivo para saber quem será o campeão paraense de 2019.

O Liberal.com, 14/04/2019

13 COMENTÁRIOS

  1. Nao tem condiçoes com esse time. Dedeco no meio campo nao rende…nao marca, nao arma, quando aparece oportunidade p finalizar erra infantilmente. O lateral direito giovani é outro caso q nao vejo fundamento em sua manutençao no time titular. O lateral esquerdo jansen, nao tem o minimo de cacuete p posiçao. E o pior, as pesperctivas de melhora nao sao nada animadoras.

  2. Nossa, estagiário, os jogadores do Independente “nem pareciam cansados após mais de 12 horas de viagem”…pelo amor de Deus, quanta desinformação. O Independente tá hospedado em Belém desde o jogo da semifinal. Viagem? Não teve viagem nenhuma. A nao ser essa sua. PAD.

  3. A diretoria do Remo está demais passiva, tem que ter atitude pois assim que está será rebaixamento.

    Tem que demitir já o Mancha e as 9 ruindades que dariam uma enorme economia na folha: Robson, David Batista, Fredson, Tiago Félix, Ronael, Dedeco, Samuel, Echeverría e Alex Sandro.

    Contratar jogadores qualificados de verdade, como: Nininho, Alex Ruan, Jonnathan, ER, Felipe Marques e Gabriel Lima.

    Do parazão trazer: Dedé, Esquerdinha e Fidelis.

    Um time para série C:
    Vinicius;
    Nininho, Keven, Mimica (ou Dedé) e Alex Ruan;
    Yuri, Jonnathan, Packer e ER;
    Felipe Marques e Gabriel Lima.

    O Rei Artur seria uma excelente opção para gerente de futebol.

    • pra mim concordo também, tem jogador no remo que por causa de esquema de jogo não deram continuidade pra que se encaixa-se no time pra mim o echevéria tem bola o cara ficou desanimado por não darem mais oportunidade pra ele , tem visão de jogo e sabe o que faz com a bola no pê. falei bonito

  4. Contratem o Dedé, Fidelis, Felipe Marques, pimentinha, Lukinha bragantino, dada, esquerdinha e ponham pra jogar o Deivid Batista é o mais brigador de todos q tem no elenco, na minha opinião é o melhor centro avante q o remo tem, ficou manchado pela expulsão no ReXpa, mais ainda sim é o melhor. Edno, vocês tão de brincadeira, muito fraco, n pulava na bola contra o Dedé, E outra pode botar o melhor centro avante do mundo q não vai resolver se a bola não chegar. Pronto falei.

  5. Os jogadores acima citados, tenho certeza que dariam muito mais alegria a nossa torcida, do que os q estão no elenco, raras exceções. Abram os olhos e contratem logo esses jogadores, permanecer no erro é burrice.
    Os que o Garra Azul indicou tbm são boas opções pra contratar, principalmente o Alex Ruan, Jonathan e Gabriel Lima.

  6. Ooooooo presidente Fábio Bentes, vai esperar a mucura contratar esses jogadores? Bora se mexer e contrata logo os caras aí mermão.

  7. Acooooorda presidente Fábio Bentes! A diretoria do Remo está demais passiva, tem que ter atitude pois assim que está será rebaixamento.

    Tem que demitir já o Mancha e as 9 ruindades que dariam uma enorme
    economia na folha: Robson, David Batista, Fredson, Tiago Félix, Ronael, Dedeco, Samuel, Echeverría e Alex Sandro.

    Contratar jogadores qualificados de verdade, como: Nininho, Alex Ruan, Jonnathan, ER, Felipe Marques e Gabriel Lima. Do parazão trazer: Dedé, Esquerdinha e Fidelis.

    Um time para série C: Vinicius; Nininho, Keven, Mimica (ou Dedé) e Alex Ruan; Yuri, Jonnathan, Packer e ER; Felipe Marques e Gabriel Lima.

    O Rei Artur seria uma excelente opção para gerente de futebol.

  8. boa noite . a gora meus amigos um zagueiro afobado , ai não tem condições de serie c pra fazer gol contra dese jeito, e na serie c que o nível é muito mais alto num afobamento daquele de domingo vai fazer gol contra todo jogo.

Comentários