Vacaria
Vacaria

Depois do goleiro Vinícius, que teve contrato renovado por 2 anos, com reajuste salarial e inclusão de um “auxílio-moradia”, a diretoria de futebol do Remo parte para acertar com o volante Vacaria, com o atacante Elielton e também com o polivalente Fernandes, volante e lateral-esquerdo.

Uma conversa inicial com o diretor Rafael Dahas deixou tudo encaminhado para o retorno desses jogadores, todos titulares na reta final da Série C.

“Conversamos por telefone e, a princípio, estão apalavrados com o Remo. Assimilei que eles têm o interesse em voltar para cá”, comentou o dirigente, que vem comandando o Departamento de Futebol após a saída de Milton Campos e Miléo Junior.

“O presidente Manoel Ribeiro me passou essa responsabilidade de dirigir o futebol até o dia da eleição e assim venho tratando dos assuntos com a ajuda do Milton Campos, que não está desligado totalmente”, informou Dahas.

O atacante Elielton vai disputar a Segunda Divisão pelo São Francisco, de Santarém, time que o revelou para o futebol paraense. Pelo Remo, neste ano, Elielton marcou 5 gols, sendo 4 no Parazão e 1 na Série C. Destacou-se no Estadual, atuando ao lado de Felipe Marques, principalmente nos clássicos contra o Paysandu.

Fernandes começou por baixo. Foi reserva de Esquerdinha, quando o titular esteve lesionado, mas apareceu bem no meio-campo com o técnico João Neto que está dando seu aval para o retorno do polivalente jogador.

Vacaria foi uma aposta que deu certo, embora tenha chegado um pouco tarde ao elenco. Como gaúcho, teve problemas de adaptação ao clima paraense, além de problemas virais, típicos da mudança climática. Porém, quando engrenou, virou titular absoluto do meio-campo. Vinculado ao Juventude (RS), o jogador garante que vai deixar o time gaúcho Pampas para voltar ao Baenão por ter gostado do Remo e da sua torcida.

Vacaria foi suspenso pelo STJD por 3 jogos em competições da CBF, mas o Remo, por meio do advogado Osvaldo Sestário, conseguiu reduzir a pena do jogador para 2 jogos, sendo 1 já cumprido e o outro ficando para 2019. Vacaria foi expulso no jogo contra o Santa Cruz (PE), disputado no dia 08/07, pela 13ª rodada da Série C.

O Leão perdeu por 2 a 0, no Arruda. Vacaria estava no banco de reservas, reclamou da arbitragem após o segundo gol pernambucano e acabou expulso. Nesse mesmo jogo, o volante Geandro também recebeu cartão vermelho, mas como disse Rafael Dahas, o jogador não deve voltar ao Remo para a temporada do próximo ano.

O dirigente ressaltou que o atacante Jayme emprestado para a Tuna, vai retornar ao Baenão para o Parazão em 2019. Dahas informou ainda sobre o lateral-direito Levy, cujo contrato segue até o fim do mês e será renovado por interesse do Remo. Além do salário, Levy recebe parte do acordo feito sobre antigos débitos não pagos pelas diretorias passadas.

O Liberal, 09/09/2018

12 COMENTÁRIOS

    • Concordo, Rodriguinho deve ser prioridade. Há tempos não temos um cobrador de falta tão bom quanto ele e hoje em dia um jogador assim com essa qualidade pode fazer toda a diferença.

  1. Eu tive a oportunidade de comentar primeiro. Não comentei porque resolvi não ser influenciador… Mas agora que já tem o comentário do João Armando, Bruno Rocha e Gilmessi77, vou falar o que penso: esse Levy só pode ser enviado por algum patrocinador do Paysandu, porque pode até jogar muito, mas no Remo esse não emplaca nunca.

Comentários