“Vamos trabalhar para neutralizar o que eles têm de melhor”, diz Vinícius

12/08/2017
Vinícius

A expectativa de público para o jogo deste sábado (12/08) é grande. Com a chance de chegar aos 27 pontos e garantir matematicamente 90% de chances de classificação, a direção do CSA (AL) colocou faixas de preço especiais em alguns setores e coordenou, com os órgãos de segurança, a liberação de instrumentos musicais e bandeiras nas arquibancadas.

“A pressão é normal e você precisa aprender a utilizar essas coisas, para quando o adversário vier para cima, você encontrar brechas para um contra-ataque e fazer gols”, comentou o goleiro Vinícius.

O camisa 1 azulino é um dos poucos nomes que a torcida não tem receio em aplaudir pela extrema regularidade que vem apresentando na competição, mas Vinícius afirma que os 2 gols do Confiança (SE), sofridos em 2 minutos, deixaram lições amargas para o time azulino que precisam ser assimiladas para pensar em uma vitória em Maceió (AL).

“Quando tiver a oportunidade de sair na frente, o time precisa lembrar que não pode baixar a guarda, o nível de concentração e competitividade, para sair de campo sem sofrer gols, especialmente contra um time forte como o CSA (AL), que é uma equipe muito obediente do ponto de vista tático e muito forte nas bolas aéreas”, explicou.

Derrotar fora de casa um adversário que está na liderança, ainda não perdeu em casa e invicto há 10 rodadas, sempre é um desafio, mas o goleiro garante que isso é bom, porque coloca à prova o poder do time.

“Dependemos só de nossas forças. Estamos no G4 e vamos encarar o líder. É um jogo bom de se jogar, porque a equipe adversária também deve ceder espaços. Então vamos trabalhar para neutralizar o que eles têm de melhor e aproveitar esses espaços”, concluiu.

Diário do Pará, 12/08/2017

Deixe uma resposta