Base remista está pronta para servir ao profissional

10/11/2017
João Nasser Neto (Netão)

Após a eliminação da equipe feminina do Clube do Remo no Campeonato Paraense da modalidade, no meio dessa semana, a base azulina é única que se mantem em atividade no futebol remista. A preparação dos jovens jogadores não é à toa. Com a expectativa de realizar uma boa campanha na Copa São Paulo de Futebol Júnior, em janeiro, os atletas do Sub-17 e Sub-20 do Leão, que irão compor o elenco para o certame, têm motivos de sobra para redobrar o esforço nas tarefas.

Conforme o desejo de Ney da Matta, técnico do time profissional para a temporada 2018, a utilização da base é certa e “será uma das áreas mais exigidas na composição de um elenco forte e vitorioso”. Por isso, alguns jogadores aproveitam esse momento de transição no profissional para mostrar serviço. No entanto, como já foi dito por algumas crias do futebol do Leão, a subida para o time profissional virá naturalmente e, no que depender do comandante dos jovens atletas, João Nasser, a base vai servir como um grande alicerce para a próxima temporada.

“Temos jogadores de alto nível e que podem, fácil, fazer parte do profissional. Os treinos continuam e, apesar do foco na Copa São Paulo, estamos criando profissionais para o futuro”, detalhou o treinador.

Diário do Pará, 10/11/2017

2 Comments

  1. Dinâmica representações

    10 de novembro de 2017 at 19:46

    acredito nessa molequeda e o futuro do nosso glorioso clube do remo..parabens

  2. ricardo

    11 de novembro de 2017 at 12:19

    parabens meu clube do remo. aprovo incondicionalmente