Márcio Fernandes, Marcinho, Echeverría, Gustavo Ramos e David Batista
Márcio Fernandes, Marcinho, Echeverría, Gustavo Ramos e David Batista

Depois de outra atuação sofrível no Campeonato Estadual, diante do Tapajós, o Remo começou a liberar jogadores cujo rendimento ficou abaixo das expectativas. Apesar de necessário, é um processo que subverte a lógica, pois o correto seria fazer as escolhas e dispensas antes de a competição começar.

Os primeiros afastados são o volante Welton, que foi titular em 5 partidas no Parazão, e o lateral-esquerdo Victor Luiz, que nem chegou a estrear. Outros atletas devem ser liberados nos próximos dias, sendo substituídos por novas aquisições.

A reformulação atende queixas reiteradas da torcida e deverá ser comandada pelo técnico Márcio Fernandes, que já manifestou surpresa – e decepção – com o nível do elenco que encontrou no Remo.

Um ponto que não pode ser menosprezado nesse processo de mudança é a tranquilidade proporcionada pela posição cômoda na tabela de classificação do campeonato. Líder do Grupo A1, com 14 pontos ganhos (13 deles com Netão), o Remo tem 5 pontos de vantagem sobre o 2º colocado.

O time deve passar às semifinais da competição sem maiores sobressaltos, o que permitirá ao Remo iniciar a troca de peças a salvo da possibilidade de exclusão das fases mais importantes do Parazão.

É importante observar que a reformatação do elenco teria que ocorrer a fim de fortalecer o grupo para a disputa da Série C, que se inicia uma semana depois da final do Parazão. A diferença é que as mudanças tiveram que ser antecipadas em face dos problemas que irromperam desde a eliminação na Copa do Brasil, o atropelamento no Re-Pa e os tropeços contra Paragominas e Tapajós, equipes tecnicamente inferiores.

Os cuidados que não foram suficientemente observados no ato de formação do elenco devem ser levados em conta com mais rigor na remontagem da companhia. Algumas posições clamam por vida inteligente. É o caso do meio-campo, onde o Remo não dispõe de nenhum jogador capaz de cumprir as funções de organização do time.

Outras carências são visíveis nas laterais. Na direita, só há Geovane e Djalma improvisado. Na esquerda, onde Ronaell não convenceu, Tiago Félix é solitária opção. A proteção à zaga também exige reforços urgentes. Diogo Sodré é uma temeridade como segundo volante.

O comando do ataque também está órfão da qualidade que o setor exige. David Batista não disse a que veio. Sua mais notória aparição foi a expulsão por jogo violento no Re-Pa. No atual elenco, não há nenhum outro jogador com as características clássicas de um camisa 9.

Trocar peças em pleno voo é sempre arriscado e as situações devem ser bem analisadas, sempre assegurarando que as novas escolhas não resultem em erros difíceis de corrigir na disputa do Brasileirão.

Blog do Gerson Nogueira, 14/03/2019

15 COMENTÁRIOS

  1. O cara está forçando a barra pra trazer os pupilos dele. Diretoria, não vão cair nesse jogo!!
    Jogadores são patrimônio do clube e o treinador é pago para fazer o plantel render o máximo possível.
    Já falei nesse site em outra oportunidades que nem o Guardiola tem carta branca pra trazer quem ele quiser.

    • Perfeito Octavio Silva, o correto é considerar os jogadores como patrimônio do clube, já treinador como contratação temporária e que teria como função exclusiva trabalhar em campo para o time jogar. Jamais treinador deveria interferir em contratação de jogador, no máximo dizer posições carentes de reforço para o gerente de futebol indicar e a diretoria de futebol contratar (com qualidade e a custo razoável), portanto, jamais treinador deveria trazer para o Remo jogador de sua “confiança”.

      As ruindades tem que serem mandado embora imediatamente junto com o Mancha, e jogadores com David Batista e Robson já deviam ter sido dispensados desde a pífia Copa do Brasil.

      Se os estrangeiros atuais do grupo não prestam, então o Mário Fernandes deveria trabalhar mais com os moleques da base, os amadurecer para junto com jogadores de qualidades comprovadas montar um time competitivo para a série C.

  2. Esse Octavio Silva , não tem acompanhado os jogos do Remo e esta falando bobagem, algo tem que ser feito sim.

    • Ovídio, a ponderação do Octavio Silva é oportuna é pertinente, tu não entendestes a profundidade da questão que ele abordou. Pois não dá para conviver mais com essa de treinador chegar e trazer para o clube um monte de seus “preferidos”, aí o cara sai e o próximo treinador trás outros jogadores, assim inchando o plantel e trazendo mais dívidas para o Remo pagar. Não cabe treinador apontar e contratar jogadores, esse papel é do gerente e do diretor de futebol.

  3. Traz o Ameixa de Volta.
    Jaime com toda sua ruindade é melhor que Henrique, Emerson Carioca, Mário Sérgio.
    Esquerdinha fez ótimos jogos ano passado
    Fernandes melhor que qualquer um volante que tem aí
    Vacaria não serviu para Fortaleza e Juventude (só sabe bater E dar passe errado)
    Diogo Sodré não joga nem o campeonato de famílias em Marituba.
    Esse presidente tem que gastar uns 200 mil com time titular o restante com jogadores locais de destaque no Paraense e base que nem o Kelvem.
    É difícil ter motivação de sair de casa e deixar de fazer outras coisas para ir ao estádio.
    Desabafo

  4. Verdade amigo Octávio … Que tragam jogadores de qualidade comprovada que está jogando bem ..

  5. Antes da eleição o Fabio tinha solução pra todos os problemas do Remo, agora diz esperar pela torcida para gerar renda e resolver o problema de contratação, depois de trazer um bando de perna de pau, quando forem embora vão colocar o Clube na Justiça, só como exemplo ele contratou os volante Robson, Welton , Diogo Sodré, enquanto o Ameixa disponível no Corinthias, está tendo algo estranho, por que o Ameixa joga muito mais que os três e o salário bem menor.

    • Augusto Barbosa, venho sempre frizando aqui. Fábio é um verdadeiro marketeiro!! Muita garganta e pose, pra pouca ação. Duvido muito que essa gestão conclua esse mandato até o final. Ele não tem competência para estar a frente do REMO. Antes as múmias que tem conhecimento, do que a tal juventude totalmente inesperiente!! Ele não vai aguentar e vai pedir para cagar!

    • Esse Fábio é profissional de publicidade e propaganda, salvo engano. Fez muita propaganda mesmo. Na eleição foi uma “marketagem” enorme. Éramos abordados a altura da esquina da Magalhães Barata com 14 por suas panfleteiras falando de seu programa de gestão, isso é aquilo outro é que tinha a solução para tudo. Parece que foi só propaganda eleitoral mesmo. Nada aconteceu de diferente aconteceu e isso se não tomar o rumo do pior. Muita propaganda e pouca ação e novidade. Continuo torcendo e esperando para que dê certo sua administração. Afinal, se não der, o prejuízo será do Glorioso Clube do Remo, meu Clube de coração.

  6. um volante dois meias armador e um centroavante e um lateral esquerdo já ajudar bastante esse time.

  7. Cara, já joguei futebol em alto nível e já me destaquei no meio de profissionais que jogaram comigo. Já joguei no meio de um monte de ruim e não me diferenciei deles, joguei no mesmo nível. Tudo que acontece, principalmente no futebol, pode ser relacionado à circunstâncias.

    Ser profissional de futebol não quer dizer ser melhor do que os que não seguem carreira. Mas qual a diferença? A resposta é: a preparação física e o aprimoramento técnico com os treinos.
    Como jogadores profissionais conseguem ter um desempenho coletivo técnico e físico no nível que estão jogando os atletas do Leão? A resposta pra isso eu não tenho! Porém eu posso afirmar que a laranja podre contamina as demais se entrar em contato.

    O que eu quis dizer é que, no meio dessa “perebada” toda aí no mais querido deve haver algum(uns) “contaminado(s)”.
    Pelo que pude ver, o David Batista é o principal candidato a isso. Acho que todos estão rotulando-o como os demais jogadores devido as lambanças que ele aprontou no RexPa. Vejo-o como um jogador de força e com muita disposição para brigar pela bola. Pude notar certa inteligência nele para executar jogadas rápidas fazendo o pivô e ele possui uma boa finalização. Como posso afirmar isso? Quando assisto aos jogos do Remo, não fico como um louco fanático querendo apenas que o time balance as redes. Analiso cada jogada, cada erro ou acerto individual. Se o time não tiver qualidade suficiente(nosso caso) ou não jogar bem e não mandar bolas boas pro Cristiano Ronaldo, Messi, Neymar, pra mim, pra você que está lendo, etc. o resultado vai ser igual aos do David Batista: Não vai acontecer nada!
    Jogadores como Mario Sérgio, Emerson Carioca, Henrique, Diogo Sodré, Ronael, Welton, Tiago Félix, Samuel e alguns outros não deixaram R$0,10 de esperança na torcida e já podem arrumar suas malas para tentar a sorte em outros centros. Se no lugar desses, a diretoria trouxer peças de qualidade e completar com promessas da base, aí sim vai dar Rock!

    Tudo o que escrevi é a maneira que vejo o que está acontecendo. Não sou dono da verdade, alguém pode pensar diferente e eu respeito isso, mas na minha opinião, David Batista pode ser nosso artilheiro no ano!

    Boa sorte pra nós!

  8. VOU REPETIR, DIGUINHO PORTUGUESA RJ , ANDRÉZINHO EX VASCO, ABNER E RINCON DO CABOFRIENSE RJ E JEFERSON RECIFE, RESOLVEM OS PROBLEMAS DO TIME!!!

  9. Concordo que faltam jogadores se qualidade.
    Precisamos de.peli.menos três jogadores de referencia para dar segurança e qualidade ao reatant do time.

  10. Tem que ser feita essa peneira sim, mas por quem e direito de fazer o Técnico pode opinar sim, mas quem deve resolver e o Gerente de contratações do Remo.

    Garra Azul falou ai e certo , quando o técnico sai fica as cria , ai papai não dar mas certo. O profissional tem que dar valor no seu emprego e fazer o time render, se não tem no profissional pega os moleques da Base.
    Esse técnico não e bom em destacar os moleques da Base.

  11. Entra ano e sai ano e a penúria continua os mesmos erros continuam a acontecer qm sofre é o maior patrimônio do CLUBE no caso nós torcedores, qndo penso q já o cúmulo da PEREBAGEM me aparecem piores pqp

Comments are closed.