Leão quer arrancada no início da Série C

19/05/2017
Henrique e Josué Teixeira

Em 2016, o Clube do Remo teve um início complicado no Campeonato Brasileiro da Série C, principalmente dentro de casa. O Leão perdeu muitos pontos nas primeiras rodadas, que fizeram bastante falta na fase derradeira da competição.

Neste ano, os azulinos estrearam com vitória em Belém e, agora, querem também conquistar os 3 pontos fora de casa, para ter um início de competição muito melhor do que foi no ano passado.

O zagueiro Henrique é um dos remanescentes da última temporada. O defensor, que é o atual capitão da equipe, relembra daquela campanha. Para ele, houve um começo de competição muito ruim, o que acabou atrapalhando o desenrolar da equipe no restante do certame.

“Nosso início não foi bom. Nas primeiras rodadas não somamos muitos pontos, o que custou muito caro depois. No segundo turno, ganhamos quase todos os jogos em casa e buscamos pontos fora”, relembrou o jogador.

Um dos adversários que mais atrapalhou os remistas e, inclusive, foi quem ficou com uma das vagas na 2ª fase foi o ASA (AL), o adversário deste sábado (20/05). Nos dois confrontos na competição, o Remo não venceu – derrota em Belém e empate em Arapiraca (AL). Por isso, este ano é preciso fazer diferente para alcançar o mata-mata e disputar o acesso.

“Graças a Deus, já tivemos um bom início e conseguimos a primeira vitória. Vamos jogar fora de casa. Respeitamos o adversário, mas vamos buscar uma vitória, se não der, um empate. Não podemos perder”, afirmou.

“Temos sempre que somar pontos, porque assim fazemos com que o adversário não some. Acho que o início da competição é fundamental para te dar tranquilidade durante o meio e o final”, concluiu o defensor.

Diário do Pará, 19/05/2017