André Luis é arma azulina para a hipótese de decisão nos pênaltis

19/04/2017
Remo 2x1 Santos-AP (André Luis)

O Remo precisa vencer o Independente com diferença de 3 gols para se classificar nos 90 minutos. Se ganhar por 2, terá o goleiro André Luis como arma para decisão em tiros livres. Afinal, de 4 pênaltis contra o Remo nesta temporada, ele defendeu 3. Só foi vencido por Thiago, do São Raimundo, em Santarém, no empate em 1 a 1.

O goiano André Luis, 28 anos, 1,89m, é um goleiro com ótima explosão muscular, que favorece o salto para os lados. Foi assim que levou a melhor sobre Élson, do Castanhal, em amistoso; Leandro Cearense, do Paysandu, no Parazão; e Assis, do Brusque (SC), na Copa do Brasil.

O Independente, por sua vez, faz a mesma aposta em Evandro Gigante, goleiro paraense, 31 anos, fruto do Paysandu. Ano passado, no São Raimundo, ele ficou 7 jogos sem tomar gol, entre jogos do Parazão e Série D.

Coluna de Carlos Ferreira, O Liberal, 19/04/2017