Remo e Vitória (BA) empatam em 1 a 1 na estreia na Copa do Brasil Sub-20

05/09/2013
Remo 1x1 Vitória-BA

O Clube do Remo bem que tentou, mas não conseguiu superar o Vitória (BA) na estreia da Copa do Brasil Sub-20. Em um Mangueirão cheio, as equipes fizeram um jogo aberto e de muitas chances criadas, mas os baianos conseguiram segurar o time paraense mesmo com um jogador a menos desde os 16 minutos do primeiro tempo. Os gols da noite foram marcados por Marcone (Vitória-BA) e Jayme (Remo). O empate em 1 a 1 força a realização do jogo de volta, que será dia 17/09, no estádio Manoel Barradas, em Salvador.

O primeiro tempo começou quente. Embalados pelos cerca de 10 mil torcedores que foram até o Mangueirão, os azulinos foram com tudo ao ataque. O atacante Jayme, acostumado a também jogar pelo time profissional do Remo, teve duas chances ainda nos três primeiros minutos de jogo. Em outro lance, aos 4 minutos, tocou para o meia Guilherme, que arriscou e obrigou o goleiro Luan a fazer difícil defesa.

Ainda na etapa inicial, o primeiro lance capital da partida: aos 16 minutos, o zagueiro Josué, do Vitória (BA), deu carrinho perigoso em Jayme e recebeu o cartão vermelho direto, deixando o rubro-negro baiano com um jogador a menos.

O Leão paraense ainda criou boas oportunidades, mas abusou em desperdiçar as chances de gol e acabou punido aos 24 minutos de jogo. O atacante Marcone foi mais esperto que os defensores do Remo, saiu de cara com o goleiro Jader e chutou no canto, abrindo o placar: 1 a 0 para o Vitória (BA).

Na frente do placar, apesar de estar com 10 jogadores em campo, o time baiano equilibrou o jogo. As duas equipes ainda criaram boas chances, mas o placar se manteve favorável aos visitantes.

No intervalo, os técnicos Valter Lima e Carlos Amadeu mexeram em suas equipes. No time paraense, entrou Rodrigão no lugar de Edicléber, e no rubro-negro saiu Magal para a entrada de Darlan, para reforçar o setor defensivo.

Entretanto, a superioridade numérica azulina começou a desequilibrar no retorno para o segundo tempo. O Vitória (BA) se encolheu e, se aproveitando da situação, o Remo foi para cima dos visitantes. A equipe paraense pressionou até que, aos 14 minutos, Jayme recebeu na entrada da área e bateu forte, sem chances para Luan defender: 1 a 1.

Melhores em campo, os remistas continuaram a pressionar o Vitória (BA), mas não conseguiram chegar a um placar mais favorável. O resultado deixa o confronto de voltam em aberto, com leve vantagem para o time baiano. Em caso de empate em 0 a 0 em Salvador (BA), o Leão rubro-negro avança de fase. Para os paraenses é necessária uma vitória ou o empate com 2 ou mais gols. Caso a partida de volta termine 1 a 1, a classificação será definida nos pênaltis.

O jogo de volta acontece no dia 17/09, uma terça-feira, no estádio Manoel Barradas, o Barradão, em Salvador (BA). O confronto também será às 20h30.

Globo Esporte.com, 04/09/2013