Livro sobre Alcino será lançado na Sede Social do Clube do Remo

17/06/2017
Alcino Negão Motora, a história do Gigante do Baenão

A trajetória do maior ídolo da história do Clube do Remo ganha um novo capítulo. “Alcino Negão Motora: A História do Gigante do Baenão” é um livro feito pelo jornalista Mauro Tavernard, que relata a vida de Alcino quando defendeu as cores do Leão, além de contar um pouco dos causos do camisa 9.

Um dos ícones do futebol paraense e eleito o atleta do século, Alcino era amado e odiado por muitos. Folclórico e amante da noite, o carioca que se tornou ídolo de uma nação teve uma vida conturbada, cheia de histórias. Umas felizes, outras nem tanto, mas histórias.

Para homenageá-lo, o autor decidiu colocar em mais de 500 páginas, um pouco do que era o “Negão Motora”, que arrebatou os corações dos azulinos com confusões, gols e títulos.

“Tentei reunir neste livro tudo o que foi vivido pelo Alcino. É um material para quem gostava e quem odiava o Negão Motora, tanto remista quanto torcedores do rival Paysandu. Nele, mostro um pouco daquele atleta que ao mesmo tempo que era responsável, também era farrista, da noite, amado e odiado, além de goleador”, comentou Mauro.

O livro contém muitas fotos, depoimentos de jornalistas, ex-jogadores e pessoas que conviveram com o Alcino. Mauro dedicou mais de 1 ano coletando informações e pesquisando em jornais, revistas, vídeos e borderôs para finalizar o livro, que foi dividido em 5 capítulos: Nascimento, Clube do Remo, Grêmio (RS) e Portuguesa (SP), Restante da Carreira e Final da vida.

A obra também possui “causos” da vida de Alcino, que nasceu no Rio de Janeiro (RJ), começou a carreira no Madureira (RJ) e chegou ao Remo em 1970. Conquistou o título da Copa Norte e, em seguida, a Copa Norte-Nordeste, em 1971. O atacante também foi tricampeão invicto defendendo as cores azulinas (1973-74-75), marcando 177 gols pelo Leão, sendo 17 só em Re-Pa.

Alcino também jogou no Grêmio (RS) e na Portuguesa (SP), ainda nos anos 70. Na década seguinte, sua carreira entrou em colapso e não emplacou boas passagens em outros clubes, incluindo Santa Cruz (PE), Pinheirense e o maior rival, Paysandu.

O lançamento do livro acontece na terça-feira (27/06), às 19h, na Sede Social do Leão, na Avenida Nazaré, em Belém. Será uma noite de autógrafos com as presenças de ex-jogadores azulinos, além de jornalistas da época. A reserva do livro em um valor promocional pode ser feita pelo número (91) 98057-1784. A entrada no evento é gratuita.

Site Oficial do Clube do Remo, 17/06/2017